A Paz Após as Tormentas. Até Quando?

A Paz Após as Tormentas. Até Quando?

Jason Vieira  | 04.11.2019 08:25

A semana pesada de indicadores econômicos e eventos (geo)política passou e deixou um saldo positivo ao prêmio de maior risco, com o dado do mercado de trabalho americano acima das expectativas.

Na política monetária, as decisões do COPOM e do FOMC se assemelharam, ainda que para períodos diferentes, pela sinalização de uma possível pausa no ciclo de afrouxamento monetário.

Nem mesmo isso foi suficiente para reajustar os movimentos das curvas de juros nos seus diversos vértices, contaminadas também pelo otimismo dos pretensos avanços no âmbito (geo)político, como a guerra comercial EUA-China e aumento maciço de empréstimos e investimentos para infraestrutura do Banco Popular da China.

Agora, a agenda econômica limitada na semana transfere o foco principalmente nas inflações no Brasil e aos eventos de ordem geopolítica internacional.

O secretário de Comércio dos EUA, Wilbur Ross, disse no domingo que as empresas americanas receberiam licenças para vender à Huawei "muito em breve".

A empresa estava entre uma lista de empresas chinesas na lista negra do Departamento de Comércio por supostas ameaças à segurança nacional.

Citou-se também que os EUA podem não precisar impor as tarifas planejadas de 5% a 15% aos carros europeus e asiáticos, após discussões positivas, melhorando a perspectiva para o setor na abertura dos negócios na semana.

Localmente, além da alteração do horário de negócios nas bolsas de valores, seguindo o fim do horário de verão nos EUA, as atenções se voltam ao leilão da cessão onerosa na quarta-feira (6/nov.), na votação na CCJ do Senado a PEC paralela da Previdência.

Ela asseguraria a estados e municípios o acesso a recursos da União, ainda que em descumprimento das regras do RPPS. Tudo isso se une ao pacote de Guedes, com cortes de incentivos tributários, reforma administrativa, entre outras medidas pós-previdência.

Isso assegura um cenário positivo de mercados, ao menos no curto prazo.

Atenção hoje aos resultados de Uber (NYSE:UBER), Mariott, Groupon, Toyota, Modelez, Tesla (NASDAQ:TSLA), Prudential (LON:PRU), Ferrari, Kyocera, Ryanair, CBOE e Isuzu.

Localmente, destacam-se os resultados de Itaú Unibanco (SA:ITUB4), Pan, BB Seguridade (SA:BBSE3), Marcopolo (SA:POMO4), Porto Seguro (SA:PSSA3) e Telefônica Brasil (SA:VIVT4).

ABERTURA DE MERCADOS

A abertura na Europa é positiva na sua maioria e os futuros NY abrem em alta, com avanços na guerra comercial.

Na Ásia, o fechamento foi positivos também pelos avanços na guerra comercial.

O dólar opera em alta contra a maioria das divisas, enquanto os Treasuries operam positivos em todos os vencimentos.

Entre as commodities metálicas, altas, exceção ao min. de ferro.

O petróleo abre em alta, com o contexto econômico mais positivo.

O índice VIX de volatilidade abre em alta de 2,44%

CÂMBIO

Dólar à vista : R$ 3,9909 / -0,72 %

Euro / Dólar : US$ 1,12 / 0,000%

Dólar / Yen : ¥ 108,41 / -0,157%

Libra / Dólar : US$ 1,29 / -0,116%

Dólar Fut. (1 m) : 4000,10 / -0,71 %

JUROS FUTUROS (DI)

DI - Julho 20: 4,40 % aa (-0,12%)

DI - Janeiro 21: 4,47 % aa (-0,45%)

DI - Janeiro 23: 5,37 % aa (-0,74%)

DI - Janeiro 25: 5,98 % aa (-0,83%)

BOLSAS DE VALORES

FECHAMENTO

Ibovespa: 0,9101% / 108.196 pontos

Dow Jones: 1,1134% / 27.347 pontos

Nasdaq: 1,1340% / 8.386 pontos

Nikkei: -0,33% / 22.851 pontos

Hang Seng: 1,65% / 27.547 pontos

ASX 200: 0,27% / 6.687 pontos

ABERTURA

DAX: 1,147% / 13109,65 pontos

CAC 40: 0,986% / 5818,72 pontos

FTSE: 0,787% / 7359,92 pontos

Ibov. Fut.: 0,83% / 108782,00 pontos

S&P Fut.: 0,437% / 3076,70 pontos

Nasdaq Fut.: 0,481% / 8209,00 pontos

COMMODITIES

Índice Bloomberg: 0,48% / 80,64 ptos

Petróleo WTI: 0,12% / $56,61

Petróleo Brent:-0,05% / $62,06

Ouro: -0,22% / $1.509,89

Minério de Ferro: 0,97% / $83,55

Soja: 0,41% / $15,79

Milho: -0,71% / $386,00

Café: -0,29% / $103,95

Açúcar: -0,16% / $12,46

Jason Vieira

Artigos Relacionados

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 简体中文 繁體中文 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+

Baixe o aplicativo do Investing.com

Receba gratuitamente cotações, gráficos e alertas em tempo real sobre ações, índices, moedas, commodities e títulos. Acesse gratuitamente as melhores análises e previsões técnicas.

Investing.com é melhor no App!

Mais conteúdo, cotações e gráficos mais rápidos e uma experiência melhor estão disponíveis apenas no aplicativo.

';