A Volatilidade das Ações da Maconha Pode Estar Seguindo a Trajetória das Criptos?

A Volatilidade das Ações da Maconha Pode Estar Seguindo a Trajetória das Criptos?

Investing.com  | 03.07.2019 15:17

Bem-vindos ao mês de julho. Os investidores do setor da maconha sem dúvida ficaram mais do que felizes de virar a página do calendário e começar um novo mês, entrando no segundo semestre do ano, enquanto tentam deixar para trás o último trimestre.

As chamadas “ações da erva”, que chegaram a disparar no início do ano, ficaram entre as que tiveram o pior desempenho no último trimestre nas bolsas dos EUA e do Canadá, na medida em que o setor tenta lidar, aos trancos e barrancos, com resultados abaixo do esperado e contínuos problemas de fornecimento. Mas será que essa tendência nada mais é do que as dores inevitáveis do crescimento de um setor emergente prestes a desbancar indústrias bem estabelecidas?

Os investidores que recorreram ao setor da cannabis em busca de crescimento rápido podem comparar essa experiência à daqueles que entraram com tudo no embalo da montanha-russa das criptomoedas. Essa classe de ativos, que está experimentando uma nova onda de interesse ultimamente depois que os preços retomaram a tendência de alta, também está enfrentando alta volatilidade.

Mercado estabelecido e em crescimento

Mas existe uma grande diferença entre esses dois setores: a linha do tempo final. O mercado de cannabis já possui uma base de clientes estabelecida, que está a ponto de se expandir – e possivelmente explodir – com a próxima fase de legalização de comestíveis no Canadá e eventual legalização do uso recreativo nos EUA.

Apesar das quedas nos últimos três meses, a maioria das ações da maconha continua apresentando bom desempenho no acumulado do ano. Para quem está acompanhando tudo de fora, essa correção pode ser exatamente a oportunidade de entrada que estavam esperando.

Ações com pior desempenho no 2T

Entre as maiores empresas do setor da cannabis, a que teve o pior desempenho durante o segundo trimestre de 2019 foi a CannTrust Holdings Inc (TSX:TRST), (NYSE:CTST), que se desvalorizou mais de 36,5% nos EUA e mais de 37,5% no Canadá no período de três meses finalizado em 30 de junho.

Na Bolsa de Valores de Nova York, a produtora de marijuana medicinal sediada em Ontário perdeu quase US$ 3 por ação nos últimos três meses, encerrando o pregão de segunda-feira a US$ 5,12, enquanto, na Bolsa de Valore de Toronto, a ação encerrou a C$ 6,56 na última sexta-feira, antes do fim de semana do Dia do Canadá, uma queda de C$ 4 desde o início de abril, quando era cotada a C$ 10,54.

Gráfico Preço CannTrust Holdings

Outras ações da maconha que tomaram um tombo no último trimestre foram a Aphria Inc (TSX:APHA), (NYSE:APHA), que caiu cerca de 30% em ambos os lados da fronteira, e a Tilray Inc (NASDAQ:TLRY), de Toronto, que é negociada apenas na Nasdaq e se desvalorizou quase 24,5%.

Completando o espectro das empresas que tiveram baixo desempenho, temos a Hexo Corp (TSX:HEXO), (NYSE:HEXO), a Aurora Cannabis Inc (TSX:ACB), (NYSE:ACB), o Cronos Group Inc (TSX:CRON), (NASDAQ:CRON) e a Canopy Growth Corp (TSX:WEED), (NYSE:CGC).

A Hexo Corp., de Quebec, se desvalorizou 20,5% nos EUA e cerca de 22,5% no Canadá, enquanto a Aurora Cannabis perdeu quase 15% na bolsa americana e um pouco menos de 16% no S&P/TSX Composto de abril a junho. O Cronos Group viu o preço das suas ações despencar mais de 14% em Nova York e quase 16% em Toronto nos últimos três meses.

Canopy é a mais resiliente

Em vista de todo esse cenário de baixa, a Canopy Growth se saiu relativamente melhor. A maior empresa de cannabis do mundo viu suas ações caírem cerca de 4% nos EUA e um pouco mais de 6,5% no Canadá entre abril e o final de junho, apesar de a empresa de Ontário ter registrado prejuízos expressivos, que foram mais de quatro vezes piores do que os analistas estavam esperando.

Gráfico Preço Canopy Growth

Analisando o contexto maior

Apesar desse baixo desempenho no último trimestre, ninguém deve perder de vista o contexto mais amplo. Praticamente todas as ações da maconha tiveram bom desempenho no primeiro semestre de 2019, com retornos espetaculares em sua maioria, tirando duas exceções. Estas são as variações percentuais de cada uma nos primeiros seis meses deste ano:

Aurora Cannabis: +49,2% nos EUA, +44,7% no Canadá;

Cronos Group: +40,9% nos EUA, +36,4% no Canadá;

Canopy Growth: +40,8% nos EUA, +34,6% no Canadá;

Hexo Corp.: +40,36 nos EUA, +34,16% no Canadá;

Aphria: +15,6% nos EUA, +13% no Canadá;

CannTrust Holdings: -2,18% nos EUA, -7,3 no Canadá;

Tilray: -32,4% nos EUA.

Investing.com

Artigos Relacionados

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Rubens Acyole
Rubens Acyole

Creio que a forma mais inteligente de investir nesse setor e por ETF e claro com pequena parte do patrimônio.  ... (Leia Mais)

05.07.2019 14:30 GMT· 1 · Responder
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 中文 香港 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+

Baixe o App

Mais informações sobre o mercado, mais alertas, mais opções de personalizar seus ativos em sua carteira, apenas pelo App