Aberturas Negativas a Espera de Washington e a Instabilidade do Real

Aberturas Negativas a Espera de Washington e a Instabilidade do Real

Jason Vieira  | 13.01.2021 07:59

A abertura dos mercados ontem já prometia uma recuperação das perdas dos ativos na sessão anterior, em especial com o dólar novamente perdendo força contra a maioria das divisas internacionais, em especial de mercados emergentes. 

Um dos fatores locais mais importantes na sessão foi o IPCA aos 1,35%, superando o topo das projeções de mercado, abrindo a perspectiva de normalização das taxas de juros já no primeiro trimestre e estabilidade da Selic na reunião da próxima semana. 

Mesmo que em valorização, a movimentação do Real ontem mostrou uma faceta da qual estamos alertando há algum tempo, principalmente o quão nocivo isto pode ser para o setor produtivo: a forte volatilidade e instabilidade cambial. 

Assim como opera não raramente como a pior moeda entre seus pares emergentes, o Real ontem operou como a melhor moeda disparado, com valorização de 3,5%, mais do que o dobro do Rand Sul-Africano

A valorização foi tão forte que nem o mercado de juros futuros, o qual deveria em tese reagir ao IPCA mais forte e o cenário de ajustes de juros registrou um achatamento da curva, em especial nos vértices mais longos. 

Este é o resultado da instabilidade do Real como moeda e tal inconstância tem no seu cerne a taxa de juros nominal abaixo do limite mínimo efetivo (ELB). 

Os problemas advindos da pandemia trazem dificuldade em mensurar se a taxa de juros estrutural realmente caiu ou se a política monetária perdeu eficiência, porém na comparação com seus pares internacionais, o Real deixou claramente de ser uma opção viável. 

Para o setor produtivo, dependendo do objetivo empresarial e comercial, é mais importante uma divisa estável do que uma divisa valorizada ou desvalorizada e é exatamente o que o Brasil não está entregando, dificultando inclusive a formatação de operações de hedge. 

Para piorar, não existem intervenções do Banco Central suficientes para reverter tal cenário, somente a normalização de juros no médio prazo. 

Na agenda de hoje, atenção ao volume do setor de serviços no Brasil, produção industrial na Zona do Euro, preços ao atacado na Alemanha e ao varejo nos EUA. 

ABERTURA DE MERCADOS 

A abertura na Europa é negativa e os futuros NY abrem em baixa, com vacinação em andamento e na espera pelos próximos movimentos em Washington. 

Em Ásia-Pacífico, mercados mistos, com alta consistente no Japão e Coreia. 

O dólar opera em alta contra a maioria das divisas centrais, enquanto os Treasuries operam positivos até os 5 anos. 

Entre as commodities metálicas, altas generalizadas, destaque ao ouro. 

O petróleo abriu em alta em Londres e Nova York, após queda nos estoques americanos. 

O índice VIX de volatilidade abre em alta de 1,37%. 

CÂMBIO

Dólar à vista : R$ 5,3208 / -3,34 %

Euro / Dólar : US$ 1,22 / -0,213%

Dólar / Yen : ¥ 103,92 / 0,125%

Libra / Dólar : US$ 1,37 / 0,176%

Dólar Fut. (1 m) : 5359,56 / -2,24 %

JUROS FUTUROS (DI)

DI - Julho 22: 4,09 % aa (2,25%)

DI - Janeiro 23: 4,81 % aa (-1,64%)

DI - Janeiro 25: 6,37 % aa (-2,15%)

DI - Janeiro 27: 7,11 % aa (-1,93%)

BOLSAS DE VALORES

FECHAMENTO

Ibovespa: 0,6027% /  123.998 pontos

Dow Jones: 0,1935% /  31.069 pontos

Nasdaq: 0,2762% /  13.072 pontos

Nikkei: 1,04% /  28.457 pontos

Hang Seng: -0,15%  /  28.236 pontos

ASX 200: 0,11% /  6.687 pontos

ABERTURA

DAX: -0,214% / 13895,21 pontos

CAC 40: 0,070% / 5654,92 pontos

FTSE: 0,211% / 6768,34 pontos

Ibov. Fut.: 0,99% / 124336,00 pontos

S&P Fut.: 0,066% / 3794,50 pontos

Nasdaq Fut.: 0,250% / 12892,00 pontos

COMMODITIES

Índice Bloomberg: 0,40% / 80,95 ptos

Petróleo WTI: 0,26% /  $53,26

Petróleo Brent: 0,11% /  $56,58

Ouro: 0,08% /  $1.852,58

Minério de Ferro: 0,44% / ‎¥‎ $169,33

Soja: 0,97% / $1.435,75

Milho: 2,95% /  $533,50

Café: 1,28% /  $123,40

Açúcar: 0,91% /  $15,59

Jason Vieira

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
marcos chaves
marcos chaves

Devido a alta de vários papéis ontem acho q hoje haverá baixa na abertura devido a realização de lucros.  ... (Leia Mais)

15.01.2021 12:36 GMT· Responder
josepalmas992994
josepalmas992994

bom dia investidores nacional internacional  mercado volátil  ... (Leia Mais)

13.01.2021 12:27 GMT· Responder
Carlos Barbosa
Carlos Barbosa

Artigo preciso!  O problema não é o qual valorizado/desvalorizado a moeda está, mas sim sua ABSURDA instabilidade! É muito difícil ter coragem para investir a médio prazo sem viés especulativo  num lugar que a moeda valoriza/desvaloriza mais de 1% em praticamente 30% , 40% dos pregões.......  ... (Leia Mais)

13.01.2021 12:17 GMT· Responder
Antonio Salviano
Antonio Salviano

É um prazer seguir você Jeson.  ... (Leia Mais)

13.01.2021 11:29 GMT· Responder
Antonio Salviano
Antonio Salviano

Bom dia Jenson Vieira. Bom dia mercado.   ... (Leia Mais)

13.01.2021 11:27 GMT· Responder
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 简体中文 繁體中文 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+

Baixe o aplicativo do Investing.com

Receba gratuitamente cotações, gráficos e alertas em tempo real sobre ações, índices, moedas, commodities e títulos. Acesse gratuitamente as melhores análises e previsões técnicas.

Investing.com é melhor no App!

Mais conteúdo, cotações e gráficos mais rápidos e uma experiência melhor estão disponíveis apenas no aplicativo.