Aberturas Negativas e Foco Novamente em Vacinas e Estímulos

Aberturas Negativas e Foco Novamente em Vacinas e Estímulos

Jason Vieira  | 02.12.2020 07:54

Nada de novo no Reino da Dinamarca 5.0. 

Assim como foi em grande parte do mês de novembro, tanto a perspectiva renovada por estímulos nos EUA, agora representada pela figura da dovish Yellen, como os avanços com a vacina representaram uma parcela significativa do apetite pelo prêmio de maior risco observado na primeira sessão do mercado financeiro em dezembro. 

O intenso fluxo de capitais que observamos em nossa bolsa, o qual sempre citamos como essencial para a liquidez deste mercado, não vem necessariamente de uma aposta direta dos investidores globais no ‘pacote Brasil’, afinal o mesmo continua permeado por dúvidas quanto à questão fiscal, problemas políticos e falta de avanço concreto nas reformas estacionadas no congresso nacional. 

Recebemos o benefício do cenário global de juros deprimidos, apetite do estrangeiro por mercados emergentes, porém este melhor representado pela demanda considerável por ETFs, os quais tem Brasil na sua composição. 

Ainda pode levar um tempo para observarmos o capital estrangeiro entrando em grande volume por decisões individuais dos gestores globais e a cada sinal de que a discussão política se limita ao futuro da presidência das casas, ao apoio de candidato X ou Y e não efetivamente à pauta de reformas, seremos beneficiados somente de maneira indireta. 

No exterior, o governo americano trouxe a proposta de um auxílio de aproximadamente US$ 900 bi, o qual não conta com o “cheque na mão da população” como gostariam os democratas, porém a resistência a novos pacotes após as eleições é razoavelmente menor por parte dos republicanos. 

Une-se a este contexto em que novos estímulos devem continuar a alimentar a liquidez mundial e ao adicto mercado financeiro global, está preparado o cenário com perspectivas mais positivas para 2021, ainda mais com empresas como Pfizer indicando que pode enviar já no próximo dia 15 o primeiro lote de vacinas contra o COVID-19. 

Na agenda macroeconômica, as atenções se voltam à inflação em São Paulo, a qual registrou alta de 1,03%, à produção industrial no Brasil, a qual deve preservar os resultados positivos tanto na observação mensal, quanto anual e nos EUA, além do livro Bege, a criação de postos de trabalho no setor privado

ABERTURA DE MERCADOS 

A abertura na Europa é negativa e os futuros NY abrem em baixa, após as fortes altas na primeira sessão do mês. 

Em Ásia-Pacífico, mercados positivos, com exceção das bolsas chinesas, com quedas nas ações da Xiaomi (HK:1810). 

O dólar opera em alta contra a maioria das divisas centrais, enquanto os Treasuries operam negativos em todos os vencimentos. 

Entre as commodities metálicas, altas, destaque ao minério de ferro

O petróleo abriu em queda em Londres e Nova York, após a OPEP+ adiar as conversas sobre cortes de produção e maiores estoques. 

O índice VIX de volatilidade abre em alta de 0,82%. 

CÂMBIO

Dólar à vista : R$ 5,2184 / -2,61 %

Euro / Dólar : US$ 1,21 / -0,083%

Dólar / Yen : ¥ 104,69 / 0,316%

Libra / Dólar : US$ 1,33 / -0,469%

Dólar Fut. (1 m) : 5228,14 / -2,43 %

 

JUROS FUTUROS (DI)

DI - Julho 22: 4,04 % aa (-3,35%)

DI - Janeiro 23: 4,81 % aa (-3,80%)

DI - Janeiro 25: 6,57 % aa (-2,95%)

DI - Janeiro 27: 7,36 % aa (-2,52%)

 

BOLSAS DE VALORES

FECHAMENTO

Ibovespa: 2,3019% /  111.400 pontos

Dow Jones: 0,6251% /  29.824 pontos

Nasdaq: 1,2818% /  12.355 pontos

 

Nikkei: 0,05% /  26.801 pontos

Hang Seng: -0,13%  /  26.533 pontos

ASX 200: 0,03% /  6.590 pontos

ABERTURA

DAX: -0,270% / 13346,21 pontos

CAC 40: -0,191% / 5571,00 pontos

FTSE: 0,199% / 6397,44 pontos

Ibov. Fut.: 2,11% / 111499,00 pontos

S&P Fut.: 1,029% / 3660,50 pontos

Nasdaq Fut.: -0,070% / 12443,00 pontos

COMMODITIES

Índice Bloomberg: -0,06% / 74,51 ptos

Petróleo WTI: 0,36% /  $44,51

Petróleo Brent: 0,36% /  $47,34

Ouro: 0,43% /  $1.824,76

Minério de Ferro: 2,05% / ‎¥‎ $130,81

Soja: -0,84% / $1.151,25

Milho: -0,24% /  $413,75

Café: -4,18% /  $115,65

Açúcar: -0,14% /  $14,43

Jason Vieira

Artigos Relacionados

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Roger nascimento
Roger nascimento

Bom dia Mercado!  ... (Leia Mais)

02.12.2020 11:49 GMT· Responder
Roger nascimento
Roger nascimento

Bom dia Mercado!  ... (Leia Mais)

02.12.2020 11:49 GMT· Responder
Gabriel R Santos
Gabriel R Santos

ótimo resumo, como sempre.  ... (Leia Mais)

02.12.2020 11:43 GMT· Responder
Antonio Salviano
Antonio Salviano

Bom dia Jenson Vieira. Bom dia mercado.   ... (Leia Mais)

02.12.2020 11:24 GMT· Responder
Ricardo Paraguassu
Ricardo Paraguassu

Basicamente estamos , para variar , dependendo de resposta política para destravar o corner fiscal.Ação,que se houver, equaciona inclusive o ajuste fiscal e traz um pouco de confiança na classe política como a parcela da sociedade que cumpre seu dever , que faz a sua parte   ... (Leia Mais)

02.12.2020 11:09 GMT· Responder
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 简体中文 繁體中文 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+

Baixe o aplicativo do Investing.com

Receba gratuitamente cotações, gráficos e alertas em tempo real sobre ações, índices, moedas, commodities e títulos. Acesse gratuitamente as melhores análises e previsões técnicas.

Investing.com é melhor no App!

Mais conteúdo, cotações e gráficos mais rápidos e uma experiência melhor estão disponíveis apenas no aplicativo.