Açúcar: Mesmo em Período de Safra 2019/20, Preços se Mantêm Firmes

Açúcar: Mesmo em Período de Safra 2019/20, Preços se Mantêm Firmes

Cepea  | 13.08.2019 11:38

Neste início de agosto, mesmo em pleno período de safra 2019/20, os preços do açúcar cristal, Icumsa até 180, mantiveram-se firmes no mercado spot do estado de São Paulo, de acordo com levantamento do Cepea. O patamar médio voltou à casa dos 59 reais por saca de 50 kg, resultado da resistência das usinas em baixar os valores. A liquidez seguiu estável, com casos esporádicos de negociações envolvendo maiores quantidades. A média do Indicador CEPEA/ESALQ, cor Icumsa de 130 a 180, mercado paulista, foi de R$ 59,55/saca de 50 kg no período de 5 a 9 de agosto, alta de 1,78% em relação à da semana anterior (de R$ 58,51/sc). Negociações envolvendo maiores quantidades do cristal também foram observadas para os tipos mais escuros (Icumsa de 200 a 300). Nestes casos, o preço médio foi aproximadamente 4 Reais/saca mais baixo se comparado ao Indicador.

ETANOL: COTAÇÃO DO HIDRATADO SOBE PELA 6ª SEMANA CONSECUTIVA

De acordo com pesquisas do Cepea, o preço do etanol hidratado subiu em São Paulo pela sexta semana consecutiva. O suporte segue vindo da demanda aquecida e do posicionamento firme por parte de muitas usinas – algumas unidades estão fora das vendas. Entre 5 e 9 de agosto, o Indicador CEPEA/ESALQ do etanol hidratado fechou a R$ 1,7441/litro (sem ICMS e sem PIS/Cofins), alta de 1,09% em relação à semana anterior. No caso do etanol anidro, o Indicador CEPEA/ESALQ foi de R$ 1,9454/litro (sem PIS/Cofins), aumento de 2,43% no mesmo período. Dados da Unica (União da Indústria de Cana-de-Açúcar) divulgados na sexta-feira, 9, mostram que a demanda por etanol segue bem aquecida. Em julho, o volume de hidratado vendido no mercado interno por usinas do Centro-Sul somou 1,94 bilhão de litros, quase 13% acima da quantidade de junho. Quanto ao anidro, foram 755 milhões de litros vendidos por usinas em julho.

TRIGO: CUSTO DE TRIGO IMPORTADO CAI, MAS AINDA SUPERA PREÇO INTERNO

As cotações mais baixas do trigo na Argentina e a desvalorização do dólar frente ao Real em julho resultaram em novas oportunidades de fixação de preços para os moinhos nacionais, que, tradicionalmente, dependem das importações. As aquisições do trigo no mercado externo seguem crescentes e os volumes que chegaram aos portos brasileiros em julho foram realizados nos menores preços dos últimos cinco meses. Mesmo assim, levantamento do Cepea aponta que o valor do produto importado ainda ficou acima do registrado no mercado disponível brasileiro. Em dólar, o preço médio do importado foi de US$ 228,93/tonelada e, em moeda nacional de R$ 865,36/t (FOB, Free on Board origem), considerando-se o câmbio a R$ 3,78 em julho. Ao adicionar os custos logísticos e despesas portuárias, a média do trigo importado supera a nacional, fator de sustentação aos preços internos.

MANGA: MERCADO VOLTA A SE AQUECER E PREÇOS SOBEM COM FORÇA

Os preços da manga registraram aumento expressivo na Ceagesp entre 5 e 9 de agosto. De acordo com colaboradores do Cepea, após semanas de baixas temperaturas, que reduziram o consumo, o mercado voltou a se aquecer, beneficiando o escoamento da fruta. A palmer teve média de R$ 4,00/kg e a tommy, de R$ 4,22/kg, altas de 27% e 16%, respectivamente, frente ao período anterior. Além da recuperação da demanda, a oferta ainda não é elevada nas roças, sustentando os preços – vale lembrar que a tendência é de aumento gradual e moderado das colheitas ao longo deste semestre, tanto no Nordeste quanto no Norte de Minas Gerais. Mesmo nesse cenário, atacadistas consultados pelo Cepea apontam que a grande diversidade de calibre e de qualidade das mangas recebidas nos boxes fez com que os preços oscilassem: a palmer teve valores mínimos de R$ 3,17/kg e máximos de R$ 4,67/kg, enquanto o menor preço da tommy foi de R$ 3,33/kg e o maior, de R$ 5,00/kg.

Cepea

Artigos Relacionados

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 中文 香港 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+