Bolsas Europeias Avançam Mesmo Após PIB da Zona do Euro Decepcionar

Bolsas Europeias Avançam Mesmo Após PIB da Zona do Euro Decepcionar

Haramoto  | 14.08.2014 07:59

ÁSIA: As bolsas asiáticas fecharam sem direção nesta quinta-feira, após recuperação em Wall Strret.

Na China, o Hang Seng Index perdeu 0,4% e Shanghai Composite Index caiu 0,74%, com os investidores realizando lucro depois de um forte rally que começou no início de julho, após uma série de dados econômicos chineses decepcionantes na quarta-feira, incluindo a queda do crescimento do crédito em julho, alimentando esperanças de mais estímulo econômico por parte de Pequim.

A fabricante de computadores Lenovo recuou 1,4%, apesar de relatar o crescimento de 23% no lucros do segundo trimestre com forte vendas de computadores pessoais e smartphones.

Enquanto isso, o Nikkei subiu 0.66%, superando um relatório mais fraco do que o esperado nas vendas de varejo da maior economia do mundo. As negociações em Tóquio também foram prejudicados por conta de muitos investidores ausentes devido feriado.

Na Austrália, o S&P/ASX 200 registrou alta, depois de queda no pregão anterior, reflexo dos decepcionantes dados da China.

Na Coreia do Sul, o Kospi fechou com ligeira alta de 0,04% e Straits Time Index de Cingapura recuou 0,20%.

EUROPA: As bolsas europeias avançam, revertendo perdas anteriores, puxadas por dados corporativos.

O PIB dos 18 países da zona do euro estagnou no 2 º trimestre, abaixo dos 0,2% do 1 º trimestre e pior do que o 0,1% esperado pelos economistas.

No início deste mês, a Itália surpreendeu os mercados informando que seu PIB caiu inesperadamente 0,2% no 2 º trimestre , aquém das expectativas de crescimento de 0,1%. Alemanha já havia publicado uma piora do sentimento econômico, da produção industrial e pedido de suas fábricas, no entanto, os dados de hoje também ficou aquém das expectativas, já rebaixadas dos economistas.

O PIB alemão contraiu 0,2% no segundo trimestre e abaixo da expectativa dos economistas consultados pelo The Wall Street Journal, que previa uma contração de 0,1% no trimestre e expansão de 1,4% em termos anuais.

A economia francesa, a segunda maior da zona do euro, não registrou nenhum crescimento, ficando aquém das expectativas de expansão de 0,1% no segundo trimestre em relação ao primeiro. O PIB subiu 0,1% no mesmo período do ano passado.

O Stoxx Europe 600 apresenta bastante volatilidade, assim como DAX 30 da Alemanha e CAC 40 França.

O rendimento dos títulos de 10 anos da Alemanha cai 1%, menor patamar já registrado e bem abaixo das fundos anteriores atingidos em Julho de 2012, quando a crise da dívida da zona do euro ameaça perder o controle, de acordo com a Dow Jones Newswires. Os rendimentos caem quando os preços sobem.

O euro sobe 0,15% em relação ao dólar, para 1,3358 dólares, ante 1,3365 na quarta-feira.

Destaque para as ações da RWE que recuam 3,63% após lucro operacional do primeiro semestre cair mais de 40%, para 2.27 bilhões de euros, abaixo das expectativas. ThyssenKrupp sobe 1,78% após a produtora de aço da Alemanha elevar sua projeção de lucro em 2014 e registrar lucro no terceiro trimestre.

Em Londres, FTSE 100 do Reino Unido sobe, após o Banco da Inglaterra negar possibilidade de aumentar as taxas de juros mais cedo e sobe com ações de bancos e petrolíferas postando ganhos, enquanto mineradoras recuam. Royal Bank of Scotland sobe 0,2% e HSBC avança 1,24%. Rio Tinto cai 1,94%, Glencore perde 1,25% e BHP Billiton recua 0,86%.

AGENDA DE HOJE :
EUA:
9h30 - Unemployment Claims (número de pedidos de auxílio-desemprego);
9h30 - Import Prices (preços de bens importados, excluindo petróleo);
14h01 - 30-y Bond Auction (leilão de títulos de 30 anos do governo dos EUA);

ÍNDICES MUNDIAIS (7h50):

ÁSIA
Nikkei: +0,66%
Austrália: +0,61%
Hong Kong: -0,36%
Xangai Composite: -0,74%

EUROPA
Frankfurt - Dax: +0,58%
London - FTSE: +0,50%
Paris CAC 40: +0,47%
Madrid IBEX: +0,17%
FTSE MIB: +0,67%

COMMODITIES
BRENT: -0,40%
WTI: +0,05%
OURO: -0,02%
COBRE: -0,26%
NIQUEL: -0,26%
SOJA: +0,97%
ALGODÃO: +0,45%

ÍNDICES FUTUROS
Dow: +0,13%
SP500: +0,14%
NASDAQ: +0,15%

BALANÇOS CORPORATIVOS:
EUA: Advance Auto, Briggs & Stratton, CYREN, Dangdang, G&K, K12, Kohl's, Penn West Energy, Perrigo , Plug Power, Red Robin Gourmet, RSP Permian, SFX Entertainment, Wal-Mar, Autodesk, Dillard's, Eagle Bulk Shipping, EveryWare, Extreme Networks, J. C. Penney, Nordstrom, Paylocity, SINA, Weibo, ZipRealty

BRASIL: Anhanguera Educacional, Banco do Brasil, Banco Sofisa, Biosev, Brookfield, CESP, Contax, CR2 Empreendimentos, Direcional, Eletrobras, Ez Tec, Forjas Taurus, General Shopping, GP Invest, IdeiasNet, JBS Friboi, Kepler Weber, KROTON, LPS Brasil, Lupatech, Mangels, MRV Engenharia, OGX Petróleo, Rossi Residencial, Sao Carlos, Saraiva Livraria, Ser Educacional, Suzano Papel, Taesa,
Triunfo Participação, Viver, Wilson Sons

Observação: Este material é um trabalho voluntário e gratuíto, resultado da compilação de dados divulgados em diversos sites da internet que são aqui resumidos de maneira didática para facilitar e agilizar a compreensão do leitor. Atenção para o horário da disponibilização dos dados desse relatório.

Haramoto

Artigos Relacionados

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 简体中文 繁體中文 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+

Baixe o aplicativo do Investing.com

Receba gratuitamente cotações, gráficos e alertas em tempo real sobre ações, índices, moedas, commodities e títulos. Acesse gratuitamente as melhores análises e previsões técnicas.

Investing.com é melhor no App!

Mais conteúdo, cotações e gráficos mais rápidos e uma experiência melhor estão disponíveis apenas no aplicativo.