Bolsas Europeias Tentam Manter o Ânimo do Pregão Anterior

Bolsas Europeias Tentam Manter o Ânimo do Pregão Anterior

Haramoto  | 26.08.2014 07:37

ÁSIA: As principais bolsas asiáticas recuaram nesta terça-feira, após três dias de alta, quando subiu para o nível mais alto neste ano, com a diminuição dos conflitos no Iraque, Israel e Ucrânia.

O MSCI Asia Pacific Index deslizou 0,2%, após o índice Standard & Poor 500 subir 0,5% ontem, cravando um novo recorde ao tocar o nível de 2000 pontos pela primeira vez, mas não conseguindo segurar esse patamar, alta impulsionada principalmente pelo setor financeiro, com expectativas de que a Europa deverá implementar medidas de estímulo monetário mais agressivos.

As ações na China fecharam em baixa. O índice Hang Seng de Hong Kong caiu 0,37%, para 25,074.50. O índice subiu 0,2% na segunda-feira, para 25,166.91, o seu maior patamar de fechamento em mais de seis anos. O Shanghai Composite Index da China continental perdeu 0,99%. Gigantes estatais de energia como PetroChina e CNOOC contrariaram a tendência do mercado mais fraco, com os investidores olhando para as prévias de seus resultados que devem ser divulgados na quinta-feira. PetroChina avançou 2,4%, e CNOOC subiu 0,7%.

Em outros mercados asiáticos, Nikkei do Japão encerrou em queda de 0,59%, enquanto o iene recuou 0,18%, sendo negociado a ¥ 103,889, ante ¥ 104,094 no dia anterior.

Em outras partes da Ásia, Kospi Composite Index da Coréia do Sul subiu 0,35% e o índice S&P/ASX 200 da Austrália avançou ligeiros 0,05%, com o dólar australiano subindo para 93,01 centavos de dólar, ante 92,77 centavos de dólar na sessão anterior.

EUROPA: A maioria das principais bolsas europeias abriu em baixa, seguindo a tendência asiática, mas buscam recuperação. O índice pan-europeu Stoxx 600 recua 0.04%, sem o otimismo de ontem, quando o benchmark subiu 1,1%, com investidores apostando que uma desaceleração industrial na zona do euro iria aumentar a pressão sobre o Banco Central Europeu à introduzir medidas de compras de ativos conhecido como afrouxamento quantitativo, depois de comentários inesperados do presidente do BCE, Mario Draghi em Jackson Hole, Wyoming na sexta-feira.

Bancos lideram a alta no FTSE 100 do Reino Unido, que contraria a tendência regional e sobe na abertura do pregão desta terça-feira na tentativa de buscar o melhor fechamento desde o final de julho, após permanecer fechado ontem devido a um feriado bancário.

Em Londres, Barclays sobe 1,08%, HSBC Holdings avança 0,45% e Royal Bank of Scotland adiciona 0,53%. Contrariando a tendência positiva, Antofagasta despenca 3,77% após a mineradora afirmar que o lucro caiu no primeiro semestre do ano, devido à menor produção de cobre e preços mais fracos. Entre as demais mineradoras, Anglo American cai 0.55%, Antofagasta recua 3,59%, BHP Billiton perde 0.10% e Rio Tinto desvaloriza 1,1%. Petrofac recua 2,37%, após a empresa de serviços petrolíferos reportar uma queda no lucro do primeiro semestre, mas disse que continua no caminho para atingir as metas para o ano.

As siderúrgicas também postam os maiores ganhos na Europa após UBS avaliar positivamente o setor, argumentando que agora é o momento certo para os stocks de aço europeus. ArcelorMittal que sobe 2,4%, Salzgitter Salzburgo avança 3,68% e Voestalpine adiciona 1,72%.

As ações da Veolia Environnement sobem 2,52% após Exane BNP Paribas atualizar a empresa de gestão de resíduos e água de "neutro" para "outperform".

AGENDA DE HOJE :
EUA:
9h30 - Durable Goods Orders e Core Durable Goods Orders (números mensais de pedidos de bens duráveis para a indústria nos Estados Unidos, além de destacar o indicador se excluídos as encomendas no setor de transportes);
10h00 - S&P/CS Composite-20 HPI (examina as mudanças no valor (preço de venda) do mercado imobiliário em 20 regiões nos EUA no ano anterior. Este relatório ajuda a analisar a força do mercado imobiliário dos EUA, o que contribui para a análise da economia como um todo);
11h00 - CB Consumer Confidence (mede o nível de confiança dos consumidores na atividade econômica. É um indicador importante, pois pode prever os gastos do consumidor, que é uma parte importante da atividade econômica);
12h00 - Richmond Manufacturing Index (consiste numa pesquisa com cerca de 100 fabricantes, determinando a saúde econômica do setor manufatureiro no distrito de Richmond).

ÍNDICES MUNDIAIS (7h20):

ÁSIA
Nikkei: -0,59%
Austrália: +0,05%
Hong Kong: -0,37%
Xangai Composite: -0,99%

EUROPA
Frankfurt - Dax: -0,38%
London - FTSE: +0,23%
Paris CAC 40: +0,03%
Madrid IBEX: +0,31%
FTSE MIB: -0,12%

COMMODITIES
BRENT: +0,14%
WTI: +0,20%
OURO: +0,91%
COBRE: -0,30%
NIQUEL: +0,91%
SOJA: -0,90%
ALGODÃO: -0,19%

ÍNDICES FUTUROS
Dow: +0,09%
SP500: +0,10%
NASDAQ: +0,13%

Observação: Este material é um trabalho voluntário e gratuíto, resultado da compilação de dados divulgados em diversos sites da internet que são aqui resumidos de maneira didática para facilitar e agilizar a compreensão do leitor. Atenção para o horário da disponibilização dos dados desse relatório.

Haramoto

Artigos Relacionados

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Polski Português (Portugal) Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 中文 香港 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+