Bolsas Mundiais Operam Sob Pressão

Bolsas Mundiais Operam Sob Pressão

Haramoto  | 23.06.2017 09:09

ÁSIA: Os mercados na Ásia tiveram um dia de movimento lateral nesta sexta-feira, balizados com a notícia de que o regulador bancário da China inquiriu bancos a respeito de empréstimos para compras de ativos no exterior, enquanto o petróleo obteve ganhos moderados, após os preços avançarem em direção às mínimas de 10 anos.

O Nikkei do Japão subiu 0,11% e fechou em 20.142.67, enquanto o índice Kospi da Coreia do Sul ganhou 0,35%.

O S&P/ASX 200 da Austrália subiu 0,17%, impulsionado pelos ganhos em seus subíndices de cuidados de saúde e materiais. O setor financeiro australiano ficou novamente sobre pressão, após o governo da Austrália do Sul anunciar um novo imposto sobre a ANZ, Commonwealth Bank, Westpac, National Australia Bank e Macquarie. A mudança ocorre depois que o governo federal anunciou um imposto sobre os maiores bancos do país no mês passado. Entre as mineradoras australianas, BHP Billiton subiu 1%, Rio Tinto (LON:RIO) avançou 0,7%, enquanto Fortescue recuou 0,8%.

O índice Hang Seng de Hong Kong avançou 0,05%, enquanto no continente, o Shanghai Composite adicionou 0,32% e o Shenzhen Composite foi fechou em alta de 0,45%. Os investidores observaram os desenvolvimentos nos mercados da China continental depois que o câmbio de Shenzhen caiu 1,29%. Relatos da mídia disseram que os reguladores pediram aos bancos que revisem sua exposição às empresas chinesas envolvidas em grandes aquisições nos últimos anos. As ações da Fosun International aumentaram 1,19% em Hong Kong. Wanda Film, uma unidade do Grupo Dalian Wanda, avançou 3,6%. As ações da empresa foram suspensas na quinta-feira, depois de cair em 10%.

EUROPA: As bolsas europeias operam sobre pressão no meio da manhã desta sexta-feira, com investidores monitorando os preços do petróleo e se concentrando na evolução da reunião da cúpula da UE em Bruxelas e analisando os sinais mistos da economia da zona do euro. O Stoxx Europa 600 caiu 0,37%, liderados por petróleo e gás, bens de consumo e ações de cuidados de saúde. O benchmark pan-europeu segue em curso para uma retração semanal de 0,2%, e isso marcaria a terceira semana consecutiva de queda.

Pesa sobre as ações, a primeira leitura do índice PMI no setor fabril e de serviços da zona do euro que chegou a 55,7 em junho, uma baixa de cinco meses, abaixo de 56,8 em maio, embora a região esteja passando por seu melhor trimestre de crescimento em seis anos. Segundo analistas, apesar da queda ser ligeiramente mais forte do que o esperado, isso não é um dado ruim, pois em termos trimestrais, o PIB aponta para um crescimento anualizado de mais de 2,5%, que é o ritmo mais rápido em seis anos.

O setor de fabricação e serviços da Alemanha que representa mais de dois terços de sua economia mergulhou em uma baixa de quatro meses em junho. O índice PMI flash da Markit caiu para 56,1, ante 57,4 em maio, enquanto a atividade comercial na França também diminuiu mais do que o previsto em junho, à medida que o crescimento enfraqueceu no setor de serviços do país. O PMI da França da IHS Markit caiu para 55,3, abaixo de 56,9 em maio.

O euro avança 0,1345% sobre o dólar, comprando US$ 1,1171 em comparação com US$ 1,1153 no final de quinta-feira em Nova York.

Como foi durante toda a semana, produtores de petróleo recuam. A espanhola Repsol (MC:REP) cai 0,99%, mas Subsea 7 da Noruega sobe 1,7%, comparando o potencial declínio semanal para 2,4%. O Índice de óleo e gás do Stoxx Europe 600 cai 0,46%, alinhando com uma queda de 2,1% na semana. Os preços do petróleo operam ligeiramente mais altos, nesta sexta-feira, mas permaneceram presos em um mercado “urso”, com investidores preocupados com o excesso de oferta no mercado global, apesar dos principais produtores de petróleo concordarem em reduzir a produção no primeiro trimestre do próximo ano.

Na frente política, os líderes europeus se preparam para o segundo dia de negociações na reunião do Conselho Europeu em Bruxelas. Terrorismo, Brexit e globalização são temas que serão discutidos. A sexta-feira também marca o aniversário de um ano do referendo do Reino Unido que decidiu a separação da UE.

Na quinta-feira, a primeira-ministra britânica, Thereza May, definiu o que ela chamou de "acordo justo" para os cidadãos da UE que vivem no Reino Unido por pelo menos cinco anos, anunciando que não queria dividir as famílias ou que as pessoas tivessem que sair devido ao Brexit. A chanceler alemã, Angela Merkel, saudou a notícia afirmando que foi um bom começo, mas acrescentou que várias questões relacionadas ao Brexit ainda serão negociados.

O FTSE 100 do Reino Unido cai com ações de petróleo liderando a quarta sessão consecutiva de baixa. Para a semana, o índice de Londres segue a caminho para uma queda de 0,7%, que marcaria o quarto declínio semanal seguindo do FTSE 100. O mercado de petróleo continua em território de urso é definido como uma queda de pelo menos 20% do pico recente. Shell e BP caem 1% na sexta-feira. Na semana, as ações seguem no rumo para perder 3,8% e 3,1%, respectivamente. Entre as mineradoras, Anglo American (LON:AAL) cai 0,3%, Antofagasta (LON:ANTO) recua 0,9%, BHP Billiton perde 0,8% e Rio Tinto opera em baixa de 0,1%.

EUA: Os futuros de ações dos EUA lutam para encontrar uma direção clara nesta sexta-feira. A sexta-feira deverá ser um dia de negociações bem movimentadas, à medida que os fundos ajustam suas carteiras de ações em resposta ao reequilíbrio anual dos índices da FTSE Russell.

Ações do banco devem estar em foco depois que a Reserva Federal divulgou os resultados dos testes de estresse. Os 34 bancos têm níveis "fortes" de capital e poderiam manter empréstimos mesmo durante uma recessão severa, disse o Fed.

Uma leitura preliminar sobre o índice PMI de fabricação de junho deve ser divulgada às 10h45 (horário de Brasília), assim como PMI Flash de serviços do mesmo mês, chegando ao mesmo tempo. As 11h00 é esperado um relatório sobre as vendas de casas novas de maio e é esperado que mostre um aumento de 569 mil em abril para 590 mil.

Entre as autoridades do Fed, espera-se que o presidente do St. Louis, Fed James Bullard, fale sobre a economia e a política monetária na Associação de bancários de Illinois às 12h15. Em seguida, às 12h40, a presidente do Fed, Cleveland Loretta Mester, fará um discurso sobre o desenvolvimento da comunidade em uma cúpula econômica sobre habitação, capital humano e desigualdades patrocinadas pelo Fed de Cleveland, Fed de Filadélfia e Fed de Minneapolis. Mais tarde, as 15h15, o governador do Fed, Jerome Powell falará em um simpósio promovido pelo Fed de Chicago.

ÍNDICES FUTUROS - 9h00:
Dow: -0,17%
SP500: +0,02%
NASDAQ: -0,13%

OBSERVAÇÃO:
Este material é um trabalho voluntário, resultado da compilação de dados divulgados em diversos sites da internet que são aqui resumidos de maneira didática para facilitar e agilizar a compreensão do leitor. O texto da sessão asiática está no tempo passado e a europeia no presente devido ao horário em que este relatório é redigido. Atentem-se para o horário de disponibilização dos dados.

Haramoto

Artigos Relacionados

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 简体中文 繁體中文 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+

Baixe o App

Mais informações sobre o mercado, mais alertas, mais opções de personalizar seus ativos em sua carteira, apenas pelo App

Investing.com é melhor no App!

Mais conteúdo, cotações e gráficos mais rápidos e uma experiência melhor estão disponíveis apenas no aplicativo.