Buggpedia: O Que é a ANATEL?

Buggpedia: O Que é a ANATEL?

Breno Bonani  | 20.07.2019 09:05

ANATEL – Agência Nacional de Telecomunicações

O que é a ANATEL? Qual a sua importância?

Resumidamente.

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), que tem como missão

regular o setor de telecomunicações para contribuir com o desenvolvimento do Brasil”.

A Agência é uma autarquia administrativamente independente, financeiramente autônoma, não subordinada hierarquicamente a nenhum órgão de governo.

HISTÓRIA

Criada pela Lei 9.472, de 16 de julho de 1997. A criação da Anatel fez parte do processo de reformulação das telecomunicações brasileiras iniciado com a promulgação da Emenda Constitucional 8/1995, que eliminou a exclusividade na exploração dos serviços públicos a empresas sob controle acionário estatal, permitindo a privatização e introduzindo o regime de competição. O Estado passava da função de provedor para a de regulador dos serviços.

PARA ANÁLISE DE QUAIS EMPRESAS USO SEUS DADOS?

Esses dados podem ser usados para analisar companhias como Vivo (VIVT4 (SA:VIVT4)), Tim (TIMP3 (SA:TIMP3)) e OI (OIBR3 (SA:OIBR3)).

Para quem tem posições nesses papeis ou pretende começar a olhar o setor. O site da ANATEL é de extrema importância e possui dados necessários que podem até ser cruzados, por exemplo, com o e-commerce do varejo.

O QUE ELA ME OFERECE?

Para os investidores, uma base de dados bem ampla. Abrangendo indicadores de qualidade, pesquisas de satisfações e reclamações das companhias. Além disso, informa sobre acessos em telefonia móvel, telefonia fixa, banda larga fixa, TV por Assinatura (esses dados são a base de receitas das companhias do setor de telecomunicações). Por fim, oferece informações sobre a competição no segmento de telefonia móvel (Market Share) e dados sobre infraestrutura (mapeamento de redes, radio fusão, PERT, dentre outras).

Vamos ao que é mais importante?

Vejamos:

  • Indicadores de Qualidade: Dados sobre ranking de metas, para identificar quem está entregando ou pelo menos tentando entregar melhor um serviço. Seja ele, de banda larga, telefonia fixa ou móvel e Tv. Esses dados são atualizados anualmente.
  • Ranking de cumprimento de metas de banda larga fixa:

Fonte: Anatel

  • Ranking de cumprimento de metas de telefonia móvel:

Fonte: ANATEL

  • Assim como sua atuação por estado:

Fonte: ANATEL

  • Indicadores de Acessos: São dados sobre o número de acessos de cada segmento, juntamente com a evolução e da penetração em cada estado brasileiro (para mim, o indicador mais importante no site).

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) informa mensalmente a quantidade de acessos existentes no Brasil relativos aos principais serviços de telecomunicações. Vou mostrar só dois (para não alongar tanto o texto), mas sugiro entrar no site e olhar dos outros.

Acessos de telefonia móvel:

Fonte: ANATEL

Evolução do número de acessos no tempo:

Fonte: ANATEL

Densidade dos serviços móveis:

Fonte: ANATEL

Podemos até questionar, segundo o gráfico de densidade de serviços móveis e o aumento do uso de redes 3G/4G, o porquê de o e-commerce ser apenas 5% do varejo ano após ano (segundo uma consultoria do E-CONSULTING). Poderia ser mais, já que a cobertura em serviço de móveis é bem grande e pode melhorar ainda mais.

Infelizmente, quando olhamos banda larga fixa, notamos que a mesma precisa melhorar bastante. O que pode ser um ponto forte para as companhias explorarem.

Densidade do serviço de comunicação multimídia:

Fonte: ANATEL

A ANATEL informa dados para o consumidor também, mostrando seus direitos, canais de atendimento/reclamação, novidades no setor. Somando-se a isso, informações sobre a regulação do setor (uma vez que ela é a reguladora né? rs). Esse último, é importante também para quem acompanha ou investe no setor. As mudanças nas regulações dessas companhias podem afetar diretamente em suas receitas ou custos. O que pode ocasionar em uma mudança nos seus fundamentos ou não. Sendo assim, não é preciso enfatizar a importância de se acompanhar os comunicados regulatórios deste setor.

Por fim, vale ressaltar que os dados sobre “Market Share” (fatia de mercado) das companhias é um pouco complicado de se encontrar. Ele não é postado normalmente como os outros dados anteriores. Infelizmente, para aqueles que desejam acompanhar (e eu recomendo), será preciso entrar na parte institucional do site da ANATEL e procurar por “últimas notícias”. Após isso, procure por alguma notícia sobre evolução de dados de banda larga fixa, telefonia móvel ou fixa. No início ou fim de cada uma delas, deve conter as informações sobre o “Market Share”, como na imagem abaixo:

Fonte: Anatel

ONDE ENCONTRO ESSES DADOS?

Diretamente no site da ANATEL. Mas vou deixar organizado os “links” de cada área importante, seguem eles:

Site oficial: http://www.anatel.gov.br/institucional/

Dados (indicadores de qualidade, acesso, infra): http://www.anatel.gov.br/dados/

Regulação: http://www.anatel.gov.br/setorregulado/

Competição: Fatia de Mercado Telefonia Móvel

Espero ter ajudado no entendimento sobre a agência e o que podemos tirar de proveito dos seus dados.

Era isso, valeu!

Breno Bonani

Artigos Relacionados

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Christhopher Souza
Christhopher Souza

Valeu Breno!!!  ... (Leia Mais)

15.08.2019 19:46 GMT· Responder
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 中文 香港 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+