COPOM, Payroll, IPCA, China e Muito Mais

COPOM, Payroll, IPCA, China e Muito Mais

Jason Vieira  | 03.02.2020 07:54

A reabertura do mercado chinês trouxe a esperada reação dos investidores, com o governo já se prevenindo dos principais efeitos, ao proibir operações de vendas a descoberto e dando liquidez ao sistema.

As preocupações continuam focadas nos efeitos econômicos dos dias paralisados pós-feriado na China, com uma tendência de graves efeitos no PIB chinês do primeiro trimestre.

Ao menos 24 províncias, municípios e outras regiões disseram às empresas para não retomarem o trabalho antes de 10 de fevereiro e tais regiões representam mais de 80% do PIB chinês e 90% das exportações.

Os temores se estendem ao ponto da OPEP se reunir extraordinariamente para discutir o efeito da redução da demanda chinesa.

Um exemplo próximo à nossa realidade foi a greve dos caminhoneiros no Brasil, a qual retirou ao menos 20 bp do PIB do trimestre num espaço de somente 9 dias e dissolveu o ímpeto dos indicadores de atividade para o restante do ano.

O problema da grande desinformação continua e fontes na China citam que a situação, ainda que grave, tem tido uma reação enérgica do governo em todas as frontes, além de uma idade média de mortalidade relativamente elevada, ou seja, a doença é um risco fatal a pessoas com algum tipo de debilidade ou fragilidade de saúde.

Os dias atuais lembram um sell-off muito recente, entre agosto e setembro do ano passado e a reação dos investidores pode buscar parâmetros de reação semelhantes, a depender da piora ou não do problema chinês.

Portanto, é a busca inglória pelo “fundo do poço”.

Para a semana, a agenda é pesada de indicadores, com o mercado de trabalho americano, balança comercial no Brasil e nos EUA, produção industrial, diversas inflações, com destaque para o IPCA e sua contração considerável, ante os eventos de dezembro e a decisão do COPOM nesta quarta-feira.

Ainda que mantenhamos nossa projeção de manutenção da SELIC, entendemos que a pressão exercida pelo mercado, agora em duas frontes tem sido grande e um não-corte trará uma reação exacerbada dos ativos.

A forte pressão contra o Real e nos vértices mais longos da curva demonstram isso e ainda que a inflação de claros sinais de controle, nada indica que as sazonalidades de fim de ano retiraram o ímpeto da atividade econômica, onde sequer possam ter surtido os efeitos das decisões de política monetária, ou seja, seria a economia reagindo sob a égide dos 6,5%.

Neste caso, as ações mais recentes do BC podem pesar e muito, em especial a agenda BC#.

Atenção hoje aos balanços de Alphabet (NASDAQ:GOOGL), Siemens, Mitsubishi, Panasonic e Ryanair. Localmente, Porto Seguro (SA:PSSA3) e Banco Inter (SA:BIDI4).

ABERTURA DE MERCADOS
A abertura na Europa é positiva e os futuros NY abrem em alta, com o mercado reagindo às ações do governo chinês contra o vírus.

Na Ásia, dia negativo, com o retorno do mercado continental chinês, porém com Hong Kong positivo.

O dólar opera em alta contra a maioria das divisas, enquanto os Treasuries operam negativos em todos os vencimentos.

Entre as commodities metálicas, quedas generalizadas, exceção ao cobre.

O petróleo abre em queda, com a OPEP discutindo o problema chinês.

O índice VIX de volatilidade abre em baixa de -0,27%.

CÂMBIO
Dólar à vista : R$ 4,2828 / 0,82 %
Euro / Dólar : US$ 1,11 / -0,234%
Dólar / Yen : ¥ 108,55 / -0,175%
Libra / Dólar : US$ 1,31 / -0,803%
Dólar Fut. (1 m) : 4288,87 / 0,45 %

JUROS FUTUROS (DI)
DI - Janeiro 22: 5,00 % aa (-0,12%)
DI - Janeiro 23: 5,52 % aa (0,36%)
DI - Janeiro 25: 6,21 % aa (0,16%)
DI - Janeiro 27: 6,60 % aa (0,15%)

BOLSAS DE VALORES
FECHAMENTO
Ibovespa: -1,5298% / 113.761 pontos
Dow Jones: -2,0909% / 28.256 pontos
Nasdaq: -1,5916% / 9.151 pontos

Nikkei: -1,01% / 22.972 pontos
Hang Seng: 0,17% / 26.357 pontos
ASX 200: -1,34% / 6.923 pontos

ABERTURA
DAX: 0,239% / 13013,03 pontos
CAC 40: 0,116% / 5813,09 pontos
FTSE: 0,383% / 7313,91 pontos

Ibov. Fut.: -1,48% / 113931,00 pontos
S&P Fut.: 0,537% / 3241,30 pontos
Nasdaq Fut.: 0,445% / 9040,50 pontos

COMMODITIES
Índice Bloomberg: -0,22% / 74,67 ptos

Petróleo WTI: -0,19% / $51,49
Petróleo Brent: -0,58% / $56,30

Ouro: -0,71% / $1.577,85
Minério de Ferro: -0,56% / $81,35

Soja: -0,29% /$ 870
Milho: -0,52% / $379,50
Café: -1,17% / $101,60
Açúcar: -0,89% / $14,48

Jason Vieira

Artigos Relacionados

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 中文 香港 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+

Baixe o App

Mais informações sobre o mercado, mais alertas, mais opções de personalizar seus ativos em sua carteira, apenas pelo App

Baixe o App

Mais informações sobre o mercado, mais alertas, mais opções de personalizar seus ativos em sua carteira, apenas pelo App