Deus Abençoe os Especuladores e os Investidores

Deus Abençoe os Especuladores e os Investidores

William Alves  | 25.04.2017 10:05

Antes de fazer uns updates em alguns papéis (resultado de alguns calls com as empresas).

Me deu na telha defender o tão famigerado especulador!!

Sim aquele cara “ganancioso” que só que ter um lucro fácil comprando e vendendo um papel no curto prazo. Aquele que para muitos é um personagem de um livro do Buckowski ou se deleita em arremessos de anões diariamente. Esses caras um dia vão receber uma estátua. Um dia nacional! Sim esse cara tem uma função social! Que me desculpem é MTTOOO maior do que a do socialista Nutella que posta testão no face!

É tipo o conceito “homão da porra” que andaram vendendo por aí. O “especulador da porra!!”

É um cara que toma riscos quando muitos não querem! É aquele cara que te dá dinheiro em troca de uma ação que está caindo ou subindo. Faça chuva, faça sol ele tá lá.

É tipo a música do Roberto Carlos. Um cara que pensa em você toda hora, que conta os segundos quando você demora (pra tomar a ordem no book), que no meio da noite te chama (pra operar forex ou juros na Austrália), um cara que toma Sanepar e Copasa (SA:CSMG3) quando o governo faz cagada. Um cara que vende SANB quando ninguém mais tem coragem, que compra JBS (SA:JBSS3) com todos os riscos inerentes, que se posiciona em Rossi (SA:RSID3) e não tá nem aí pra distrato!

Esse cara não sou eu, porque tenho a teimosia de querer ser investidor, mas o especulador da porra. Ahhh esse merece meu respeito e por vezes admiração!

Para estes, deixo aqui algumas sugestões rápidas, 3, 2, 1 podem criticar:

  • (SA:CSMG3): a cagada do governo deve ser corrigida e esse papel tem tudo pra voltar. Não sei se amanhã ou em 6 meses, mas anotem!
  • (SA:GGBR4): a 12 e 13/ação tudo justificava para pagar mais caro. Quem comprou está com o vergalhão na mão segurando a ronca. Mas abaixo de 10/ação e negociando a 5,8x EV/Ebitda muita gente não quer. Vai entender. Acho que vale o risco.
  • Me impressiona a resiliência das construtoras. Mercado realiza e o seu beta maior não tem se mostrado presente. É relevante, quem tem estômago pode se arriscar em EVEN, DIRR ou TEND. Quem não tem vai em CYRE ou EZTC mesmo que são as melhores.
  • Gostaria de falar de algum short, mas me faltam ideias.

Ok.

Indo agora aos investidores. Aquele cara que se apaixona e casa, que busca a mulher da vida. Buffet seu oráculo mor definiu que temos que comprar ações como um católico se casa. Vale (SA:VALE5) lembrar que o véio teve 2 mulher e é ateu, kkk. Bela ironia meu oráculo. Mas enfim, acho que me enquadro mais nesse grupo. Abaixo algumas ideias em papeis que acompanho.

HERMES PARDINI (SA:PARD3)

Fiz um call com a empresa e tô muito positivo para o resultado do 1T17. Pra quem não lembra falei dela em alguns posts aqui:

PARD3 – STOP CRYING YOUR HEART OUT

PARD3 – SUPERSONIC…YIELD

Volumes do 1T17. Aparentemente volumes serão fortes em ambos segmentos, mas com clara evolução para Lab-to-lab. Nesse segmento dá pra acreditar num crescimento forte acima de 20%, perto dos 30%. Já PSC cresce menos em volume e com desempenho diferenciado por praças – SP mais fraco, BH e Goiânia compensaram. Em geral janeiro foi fraco, mas março compensou com recorde histórico de exames (7,5MM ante 6,8MM de último recorde).

Guanabara. Nesse trimestre tem ainda a consolidação do Guanabara que adiciona ~110MM de receita bruta ~10% do total e uns 25% do PSC. E com o destaque ao fato do Guanabara ter uma margem Ebitda melhor que a média do Pardini (20% alto). Ainda em relação a este, tem observado que Rio tem apresentado demanda muito forte e que foco deles lá tem sido na otimização das formas de atendimento, definindo processos, fazendo melhorias com o objetivo de evitar filas e/ou mau atendimento. Mas devem conseguir (próximos trimestres) levar exames para minas, pois hoje ainda enviam para terceiros analisarem…com isso dá pra imaginar que margem do Guanabara pode melhorar.

Caixa. Por fim, com os recursos da oferta, devem encerrar o trimestre caixa líquido.

A meu ver vem crescimento forte de lucro e geração de caixa aí!

CIELO (SA:CIEL3) E VAREJO

Saiu o indicador da CIELO sobre o varejo a “picture” não foi lá essas coisas não. Queda de 1,9% ante mar/16 descontado a inflação. Mas é notória a evolução como mostra o gráfico, ainda que se deva muito mais pela queda dos preços na verdade.

“A retração de março de 2017 é a menor desde julho de 2015”, observa Gabriel Mariotto, gerente da área de inteligência da Cielo (SA:CIEL3). “O que ocorreu foi principalmente uma queda forte nos preços de 2016 para o primeiro trimestre de 2017, portanto o varejista ainda não viu sua receita recuperar o crescimento de anos anteriores”

Varejo ampliado tem retração de 1,9% em março

Em termos setoriais, boas notícias para algumas empresas de bolsa. Os setores que não mostraram retração foram: Turismo e Transportes, Drogarias e Farmácias e Vestuário. Dá pra listar algumas: (SA:CVCB3), (SA:RADL3), (SA:PFRM3), (SA:HGTX3), (SA:GUAR3), (SA:LREN3), (SA:LLIS3), (SA:AMAR3), (SA:CGRA4).

Setores negativamente afetados foi o de Bens Não Duráveis, impactado principalmente pela retração dos setores de Supermercados e Hipermercados e Postos de Combustível. Ruim para (SA:PCAR4), (SA:UGPA3) e (SA:CSAN3), mas lembro que tem que ver o balanço de market share pra dizer pra quem foi realmente ruim, dado que um player pode roubar mercado de outro.

All in All também não foi bom pra CIEL3. 1T17 deve trazer crescimento nominal baixo e queda no real em termos de receita. E ainda tem a entrada de novos players no setor, então complica. Apesar de gostar da empresa e ela ser realmente muiiittoo rentável, cenário não tá lá essas coisas mesmo para ela isso pode seguir segurando o papel.

ECORODOVIAS (SA:ECOR3)

Fiz um call com uma empresa acerca das expectativas de resultados para o 1T17. A ECORODOVIAS. Vou destacar aqui alguns tópicos:

Fluxo de veículos nas rodovias. Melhora de tráfego na Ecosul, Ecovia e Ecocataratas por conta do momento bom do agronegócio. Já nas rodovias que são mais influenciadas pela atividade industrial o fluxo foi mais fraco, ainda que melhor do que o ano passado. ECO101 foi um problema e afetou negativamente por conta da greve de policiais no Espírito Santo. No consolidado do trimestre, acredito que apresente um fluxo de tráfego de flat a levemente positivo em 2% a 5%.

Oportunidades de crescimento. Em alguns slides da última apresentação da empresa, ela cita algumas oportunidades de crescimento. Por exemplo em SP:Oportunidade de crescimento em SP

Penso que eles podem “bidar” a chamada Rodovias dos Calçados em São Paulo ligando Itaporanga a Franca, agora pelo dia 25 de abril (terça). O projeto prevê uma outorga 225MM+ágio e um Capex estimado de 5BI com uma TIR de 9,8% desalavancada. Se alavancar chegaria uma TIR bem porrada. Certamente não vai sair nessa TIR, devendo ser menor, mas acho mega interessante para ela caso tenha uma comprometimento e disciplina de não “bidar” a qualquer preço. Vale a pena monitorar porque é trigger de curto prazo

1 Motivo pelo qual a ECOR é muito impactada pelo corte de juros. Agora vale destacar o montante de dívida da empresa de 4,4 BI sendo 90% atrelado a CDI ou IPCA. Ou seja, considerando 300 bps a menos de ipca (7% em 2016 para 4%) e 300 bps a menos de CDI (12,25 para 9,25%) teríamos 135MM a menos de despesa financeira e consequentemente mais lucro pra empresa.

Dívida bruta por indexador

Sigo achando que o papel vale seus R$ 11 a R$ 12/ação. No preço atual negocia a um P/L 2017E = 16,3x e um EV/Ebitda 2017E = 5,6x. Pra mim é baiiiiii!! Rs

(SA:LOGN3)

Privatização porto vitória pode ajudar:

http://br.reuters.com/article/domesticNews/idBRKBN17J1RV-OBRDN

Produção industrial fraca, mas veem algum sinal tímido de melhora. Conseguindo algum reajuste de preço. Março foi um mês bom. Algum movimento favorável de preço que pode beneficiar a empresa

EISA à nenhuma info a respeito. Vai ser definido esse ano, ainda esse 1S17. Decisão do conselho.

Divida 120%-130% do CDI. Com redução de Selic para 8,5% haveria uma economia de 27% do valor de mercado da empresa só em economia de juros sobre o custo do capital de giro. Ou seja, a empresa é muito alavancada na queda de juros. É algo MTO porrada para ela. Cada 100 bps a menos de juro representa 5,8MM de economia de juros (7% do Market cap da empresa).Endividamento da LOGN3

William Alves

Artigos Relacionados

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Fabio Luiz Honda
Fabio Luiz Honda

Vvar11 segue a mesma trajetória de PCAR4 , a menos que definam algo sobre a venda dela   ... (Leia Mais)

26.04.2017 01:44 GMT· Responder
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 简体中文 繁體中文 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+

Baixe o aplicativo do Investing.com

Receba gratuitamente cotações, gráficos e alertas em tempo real sobre ações, índices, moedas, commodities e títulos. Acesse gratuitamente as melhores análises e previsões técnicas.

Investing.com é melhor no App!

Mais conteúdo, cotações e gráficos mais rápidos e uma experiência melhor estão disponíveis apenas no aplicativo.

';