Entenda Por Que os Investidores Estão Nervosos Antes do FOMC

Entenda Por Que os Investidores Estão Nervosos Antes do FOMC

Investing.com  | 17.09.2019 12:54

Nesta semana, quatro bancos centrais farão anúncios de política monetária, mas o do Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA) é de longe o mais importante. Em artigos passados, tratamos exaustivamente do que se pode esperar do Comitê Federal de Mercado Aberto (FOMC, na sigla em inglês) e falaremos sobre isso novamente depois. Agora, gostaríamos de discutir o amplo rali no dólar estadunidense. A moeda americana se valorizou novamente contra todas as principais divisas, exceto o iene japonês. A queda no USD/JPY é consistente com o forte declínio nos rendimentos do tesouro e no mercado acionário. Os investidores estão nervosos antes da reunião do Fed por diversas razões. Primeiro, o mais recente dado econômico nos EUA, o Índice Industrial Empire State foi decepcionante. Em segundo lugar, os últimos relatórios econômicos na China ficaram aquém das expectativas e, por fim, os ataques a instalações petrolíferas na Arábia Saudita deixaram os investidores preocupados com um possível ataque dos EUA contra o Irã.

Acredita-se que os ataques tenham partido do território iraniano e, logo após o atentado, o presidente dos EUA, Donald Trump, afirmou que as forças armadas norte-americanas estavam "a postos”, apenas aguardando a Arábia Saudita dizer “quem ela acreditava que realizou esse ataque e quais seriam os termos da ação”. O Irã classificou as acusações norte-americanas como “inaceitáveis" e “infundadas”, ameaçando retaliar bases dos EUA. Os preços do petróleo saltaram bem acima de 10% na esteira dos ataques, forçando a decisão de Trump de liberar petróleo da reserva estratégica dos EUA. Embora os transtornos causados aos mercados petrolíferos tenham sido limitados, o temor maior de um conflito armado pode fazer com que os preços do petróleo e o dólar canadense continuem elevados. Esperamos que o USD/CAD caia para 1,3150.

Os dólares australiano e neozelandês estão em foco, já que dados de produção industrial e de vendas no varejo pressionam a China a aumentar o estímulo fiscal. O dólar neozelandês foi o que mais sofreu, desvalorizando-se pelo quarto dia consecutivo, enquanto dados mais amenos na China impulsionaram a alta no A$. Parte dessa divergência pode ser atribuída ao otimismo com o Reserve Bank (RBA, banco central da Austrália). As atas da reunião do RBA foram divulgadas ontem à noite, e a força geral do dólar australiano antes da divulgação refletia esse otimismo. Quando se reuniu pela última vez em setembro, o RBA reconheceu a incerteza mundial, mas também disse que esperava que o crescimento se fortalecesse gradativamente até definir uma tendência. A instituição também observou uma pressão para elevar salários e sinais de uma recuperação no mercado de imóveis residenciais, o que deve respaldar os gastos. Se o mercado encarar com otimismo as atas, o AUD/NZD pode registrar novas máximas de 5 meses. Se derem alguma razão para os investidores acreditarem que a flexibilização ainda é uma possibilidade neste ano, o A$ ampliará sua queda, ultrapassando em muito o declínio no NZ$.

O euro e a libra esterlina caíram forte na segunda-feira. O euro foi afetado pelos comentários de Philip Lane, membro do Banco Central Europeu (BCE), que declarou que a convergência da inflação para a meta desacelerou recentemente e pode inclusive ter revertido parcialmente. A divulgação da pesquisa do ZEW está marcada para hoje e, ainda que os investidores fiquem satisfeitos com o enorme pacote de estímulo esperado do banco central, a economia alemã ainda está bastante fraca. A libra esterlina, por outro lado, continua sendo pressionada pelos riscos do Brexit. Johnson e Juncker concordam que tratativas mais intensas ainda são necessárias, mas a possibilidade de um atraso no prazo de 31 de outubro para o Brexit tem sido questionada pelo líder de Luxemburgo, Bettel, que declarou que só atrasaria a saída do Reino Unido se o prazo tiver alguma finalidade. O Reino Unido e a UE precisam de Luxemburgo, pois a decisão precisa ser unânime.

Investing.com

Artigos Relacionados

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Daniel Biot
Daniel Biot

Resumo fundamental. Ótimo artigo.  ... (Leia Mais)

17.09.2019 17:10 GMT· Responder
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 中文 香港 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+