Estímulos Renovam Ímpeto do Mercado; Banco do Brasil Preocupa Mercado Local

Estímulos Renovam Ímpeto do Mercado; Banco do Brasil Preocupa Mercado Local

Jason Vieira  | 14.01.2021 08:00

O cenário de intensa volatilidade ganha força tanto aqui, quanto no exterior e com o mesmo pano de fundo, num misto entre pandemia, política, estímulos, indicadores econômicos e imunização.

A maioria bipartidária aprovou dois pedidos de impeachment do presidente Trump ontem na câmara dos deputados americana, abrindo espaço para o processo avançar no senado, algo que provavelmente não deva acontecer antes do fim do mandato, daqui a seis dias, se depender do líder da maioria no senado, Mitch McConnell.

O senador já avisou que a casa somente retorna do recesso no dia 19 de janeiro, um dia antes da posse de Joe Biden.

Mitch quer evitar também dar ainda mais palanque político à Nancy Pelosi, articuladora do processo, a qual os interesses ultrapassam a mera assunção de crime de Trump na questão do Capitólio.

Tudo isso teria piores impactos, se não fosse o anúncio de Joe Biden de um possível pacote de estímulo de $ 2 trilhões, que incluirá pagamentos diretos consideráveis ​​a famílias americanas, financiamento estadual e local significativo - incluindo para distribuição de vacina contra o COVID-19 e outras medidas de gastos de emergência.

Com o mercado financeiro totalmente adicto a tais estímulos, para muitos não poderia haver notícia melhor, suplantando os impactos políticos dos eventos derradeiros do turbulento mandato de Trump.

Localmente, a questão política também traz efeitos no mercado financeiro e algumas desesperanças crônicas no amanhã do processo de privatizações, com rumores de demissão do presidente do Banco do Brasil (SA:BBAS3), André Brandão, devido aos recentes PDV e fechamento de agências.

LEIA MAIS: BB aprova reorganização que prevê fechar 112 agências e desligamento de 5 mil

Bolsonaro tem dado reiterados sinais que são mais compatíveis com sua persona deputado do que com o candidato a presidência com um ministro da economia liberal, ao defender por exemplo o CEASA, criar duas estatais, elogiar efusivamente a Caixa e próprio Banco do Brasil e não gerar absolutamente nenhum esforço político pelas privatizações.

Com isso, cresce não só o temor de privatizações estagnadas, como poucos avanços em termos político para a questão fiscal e inclusive, esforços para rompimento do teto dos gastos.

O apoio do mercado já está escasso e pode se tornar nulo, caso tal expediente continue.

No restante, o mercado financeiro continua atento à corrida entre a imunização global e o avanço da segunda onda pandêmica, com lockdowns renovados em diversas localidades e temores por novas cepas do vírus.

ABERTURA DE MERCADOS

A abertura na Europa é positiva e os futuros NY abrem em alta, na esperança pelos estímulos anunciados pela equipe de Biden.

Em Ásia-Pacífico, mercados positivos, com o resultado do comercio exterior chinês superando as expectativas.

O dólar opera em queda contra a maioria das divisas centrais, enquanto os Treasuries operam positivos em todos os vencimentos.

Entre as commodities metálicas, quedas, com exceção ao cobre.

O petróleo abriu em queda em Londres e Nova York, com temores de novos lockdowns.

O índice VIX de volatilidade abre em baixa de -0,41%.

CÂMBIO

Dólar à vista : R$ 5,3075 / -0,25 %

Euro / Dólar : US$ 1,22 / -0,041%

Dólar / Yen : ¥ 104,01 / 0,125%

Libra / Dólar : US$ 1,37 / 0,000%

Dólar Fut. (1 m) : 5306,10 / -1,00 %

JUROS FUTUROS (DI)

DI - Julho 22: 4,24 % aa (2,17%)

DI - Janeiro 23: 5,04 % aa (4,68%)

DI - Janeiro 25: 6,60 % aa (3,61%)

DI - Janeiro 27: 7,28 % aa (2,39%)

BOLSAS DE VALORES

FECHAMENTO

Ibovespa: -1,6653% / 121.933 pontos

Dow Jones: -0,0265% / 31.060 pontos

Nasdaq: 0,4324% / 13.129 pontos

Nikkei: 0,85% / 28.698 pontos

Hang Seng: 0,93% / 28.497 pontos

ASX 200: 0,43% / 6.715 pontos

ABERTURA

DAX: 0,523% / 14012,57 pontos

CAC 40: 0,333% / 5681,54 pontos

FTSE: 0,627% / 6787,84 pontos

Ibov. Fut.: -1,91% / 121959,00 pontos

S&P Fut.: 0,210% / 3811,80 pontos

Nasdaq Fut.: -0,031% / 12949,75 pontos

COMMODITIES

Índice Bloomberg: 0,02% / 80,63 ptos

Petróleo WTI: -0,42% / $52,87

Petróleo Brent: -0,46% / $55,94

Ouro: -0,29% / $1.840,54

Minério de Ferro: 0,00% / ‎¥‎ $169,51

Soja: -0,77% / $1.411,00

Milho: 0,38% / $526,00

Café: 0,24% / $125,30

Açúcar: 1,83% / $16,17

Jason Vieira

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Antonio Salviano
Antonio Salviano

Bom dia Jenson Vieira. Bom dia mercado de trabalho   ... (Leia Mais)

14.01.2021 11:38 GMT· Responder
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 简体中文 繁體中文 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+

Baixe o aplicativo do Investing.com

Receba gratuitamente cotações, gráficos e alertas em tempo real sobre ações, índices, moedas, commodities e títulos. Acesse gratuitamente as melhores análises e previsões técnicas.

Investing.com é melhor no App!

Mais conteúdo, cotações e gráficos mais rápidos e uma experiência melhor estão disponíveis apenas no aplicativo.