Intervenção do Fed Pressiona Rendimento dos Títulos Públicos e Impulsiona Ações

Intervenção do Fed Pressiona Rendimento dos Títulos Públicos e Impulsiona Ações

Investing.com  | 25.08.2020 08:17

Publicado originalmente em 25/08/2020

Está ficando cada vez mais difícil conciliar os rendimentos dos títulos do tesouro americano nas mínimas históricas com os preços recordes das ações nos índices mais amplos. A corrida para os treasuries em meio à incerteza causada pela covid-19 e a rápida expansão do mercado acionário parecem estar em desacordo.

O S&P 500 estabeleceu seu terceiro recorde em cinco pregões, fechando a 3.431,28 na segunda-feira, com a aprovação do uso de plasma convalescente pela Administração de Alimentos e Medicamentos (FDA) para tratar a covid-19.

COMPQ Semanal (12 meses)

O Nasdaq também registrou nova máxima recorde na segunda-feira, fechando a 11.379,72.

A nota de 10 anos do tesouro americano, enquanto isso, está rendendo cerca de 0,65%, uma queda de 1% em relação ao patamar de fevereiro.

Com isso, uma corrente cada vez maior de pensamento defende que as duas tendências estão relacionadas e que as ações estão registrando novas máximas históricas justamente porque os títulos governamentais estão rendendo muito pouco.

Treasuries a 10 anos -Semanal (12 meses)

A participação do Federal Reserve (Fed) na criação dessa confusão é central. O compromisso do banco central americano de manter as taxas de juros de curto prazo perto de zero por tempo indeterminado e suas constantes compras de ativos estão se conjugando para suprimir a rentabilidade dos treasuries.

Fed induziu a inversão já que ambos os mercados sobem em paralelo

A intervenção do Fed está desarticulando a tendência história em que os investidores se desfazem dos títulos públicos – impulsionando seus rendimentos, pois estes se movem de maneira oposta aos preços – e acumulam ações quando estão em alta. Em vez disso, os preços estão agora subindo em ambos os mercados, já que o Fed dá suporte aos títulos com suas ações.

Em suma, os investidores não devem encarar o declínio da rentabilidade dos treasuries como um sinal de que as ações estão prestes a corrigir, como afirmou Mark Haefele, diretor-geral de investimentos da UBS Global Wealth Management.

A métrica-chave em tudo isso é o prêmio de risco na renda variável, que mede a diferença entre a taxa sem risco dos treasuries e o retorno das ações. Essa métrica subiu quase 1%, para 6,3%, nos últimos seis meses, de acordo com um cálculo, sendo mais um indicador altista para as ações.

Mesmo com a queda nominal dos rendimentos, a medida das expectativas de preços derivada os ativos do tesouro americano protegidos contra a inflação – a diferença entre o rendimento dos TIPS e a rentabilidade nominal dos treasuries – subiu.

O declínio no rendimento dos TIPS de 10 anos de -0,2% para -1,00% em março restaurou as expectativas de inflação para o nível pré-pandemia a 1,7%. Isso contribui para a alta das ações, haja vista que os investidores esperam que os dividendos cresçam com a inflação, ao mesmo tempo em que os preços dos títulos caiam.

Essa inversão induzida pelo Fed em tendências de mercados tradicionais pode durar algum tempo, desde que o banco central americano mantenha sua política de juros baixos.

Haefele recomenda que os investidores que compartilham dessa visão prestem atenção ao que o Fed diz e se preparem para mudar devidamente sua visão sobre os preços dos ativos.

O papel dominante do Fed na condução dos mercados dessa maneira tem aumentando o interesse no pronunciamento de Jerome Powell, presidente do Fed, previsto para esta semana sobre a revisão da estratégia da política monetária.

Durante o simpósio virtual de Jackson Hole, a expectativa é que Powell anuncie uma mudança na estratégia do Fed no sentido de deixar os preços ultrapassarem a meta de inflação de 2%, uma promessa que garantiria dinheiro fácil por algum tempo, na medida em que tenta estimular a economia.

Investing.com

Artigos Relacionados

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Athanase Patseas
Athanase Patseas

VAI CUSSTAR CARO ESSE TRILHOES IMPRESSOS QUE FORAM PARAR NAS MAOS DE GATES ,BEZOS ,ETC...  ... (Leia Mais)

25.08.2020 13:11 GMT· Responder
Athanase Patseas
Athanase Patseas

FED DANDO TIRO NA PONTA DO PÉ DO MUNDO.  ... (Leia Mais)

25.08.2020 13:10 GMT· 2 · Responder
Remela Gadoso
Remela Gadoso

FED trabalhando para aumentar a inflação... , rsrsO fim do mundo está próximo...   ... (Leia Mais)

25.08.2020 12:21 GMT· Responder
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 简体中文 繁體中文 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+

Baixe o aplicativo do Investing.com

Receba gratuitamente cotações, gráficos e alertas em tempo real sobre ações, índices, moedas, commodities e títulos. Acesse gratuitamente as melhores análises e previsões técnicas.

Investing.com é melhor no App!

Mais conteúdo, cotações e gráficos mais rápidos e uma experiência melhor estão disponíveis apenas no aplicativo.