Furacão Sandy Perde Força e Wall Street Pode Abrir Amanhã

Furacão Sandy Perde Força e Wall Street Pode Abrir Amanhã

Haramoto  | 30.10.2012 08:00

ÁSIA:

A maioria das bolsas asiáticas fechou sem direção nesta quarta-feira, com o Banco do Japão expandindo seu programa de compra de ativos pela segunda vez em dois meses e oferecer empréstimos ilimitados à bancos para aumentar a demanda de crédito, mas o movimento não conseguiu animar os investidores e o Nikkey do Japão caiu 0,98%, com a valorização do iene frente ao dólar e euro, após o anúncio do BOJ e dados econômicos que mostrou uma queda maior que o estimado na produção industrial, em meio a evidências de que a economia japonesa se contraiu no último trimestre.

Hang Seng de Hong Kong perdeu 0,5%. S & P / ASX 200 da Austrália e Xangai Composite fecharam com alta de 0,20% cada. Índice de Taiwan TAIEX subiu 1,3%, com investidores aguardando os dados do PIB que será divulgado amanhã.

No Japão, Toyota Motor perdeu 0,5% e a montadora chinesa BYD caiu 7% em Hong Kong após previsão de que o lucro da empresa pode até 98% neste ano. Sharp subiu 6,2% em Tóquio, em meio a boatos de que a fabricante de telas de cristal líquido está em negociações de parceria com a Apple e Google.

O furacão Sandy, que perdeu a classificação de furacão, para tempestade extra tropical, com ventos de 120 km/h, ainda vai manter os mercados de ações fechadas pelo segundo dia consecutivo em Wall Street, devido ao mau tempo.

A NYSE Euronext e Nasdaq OMX Group, disseram que pretendem reabrir quarta-feira.

EUROPA:

As bolsas europeias sobem, com resultado de empresas do continente superando expectativas. Stoxx Europe 600 Index sobe 0,6% em Londres. BP, segunda maior empresa de petróleo da Europa e Deutsche Bank AG, o maior banco da Alemanha, relataram resultados melhor do que o previsto, com o UBS elevando sua meta de rentabilidade.

Em Londres, bancos sem direção definida. Barclays sobe 0,97% e Lloyds Banking avança 0,84%. HSBC Holdings recua 0,39%, Royal Bank of Scotland perde 0,14% e Standard Chartered cai 2,17%.

As mineradoras BHP Billiton sobe 0,96% e Rio Tinto avança 1,59%. BP dispara 4,59%, BG Group sobe 1,29% e Royal Dutch Shell sobe 0,57%, seguindo a valorização do futuro do petróleo, sustentando o índice FTSE 100. Em Paris, CAC 40 sobe, com destaque para Veolia Environnement, que sobe 1,50%.

A empresa de material elétrico Legrand perde 0,27%. Em Frankfurt, DAX 30 também avança. Destaque positivo para Deutsche Bank que sobe 3,60% e na ponta oposta, Deutsche Post recua 0,70%.

AGENDA DE HOJE :

EUA:
11h00 - S&P/Case-Shiller Home Price (mostra a trajetória dos preços das casas nos EUA por meio de uma média móvel trimestral);
12h00 - Consumer Confidence de outubro (mede a confiança dos consumidores em cerca de 5.000 lares norte-americanos e é dividido em duas categorias: situação econômica atual do país e expectativa para o futuro).

AGENDA DO PRÓXIMO PREGÃO

EUROPA:
Consumer Price Index (CPI) de Outubro (indicador mensal da inflação ao consumidor europeu);
Unemployment Rate
de Setembro (taxa de desemprego na União Europeia).

ALEMANHA
:
Unemployment Rate de Outubro (taxa de desemprego na Alemanha).
REINO UNIDO: GFK Consumer Confidence de Outubro (mede o nível de confiança do consumidor britânico sobre o futuro da economia local).

EUA
:
10h15 - DP Employment de outubro (número de postos de trabalho no setor privado dos EUA);
10h30 -Employment Cost Index (mede o custo da mão-de-obra, sendo muito utilizado pelo mercado como um indicador de inflação);
11h45 - Chicago PMI de outubro (mede o nível de atividade industrial na região);
12h30 - Relatório de Estoques de Petróleo norte-americano.

ÍNDICES MUNDIAIS (7h55):

ÁSIA
Austrália: +0,20%
Nikkei: -0,98%
Hong Kong: -0,49%
Xangai Composite: +0,17%

EUROPA
London - FTSE: +0,56%
Paris Cac 40: +0,58%
Frankfurt - Dax: +0,73%
Madrid IBEX: +0,48%
Milão MIB 40: +0,75%

COMMODITIES
BRENT: +0,31%
WTI: +0,46%
OURO: +0,19%
COBRE: +0,21%
NÍQUEL: +0,56%
SOJA FUTURO: +0,51%
ALGODÃO FUTURO: +0,47%

INDICES FUTUROS
Dow: -0,28%
SP500: -0,17%
NASDAQ: -0,44%

RESULTADOS CORPORATIVOS:

EUA: Pfizer, Ford Motor, ADP Automatic Data Processing, Allergan, Williams Companies, Ecolab, HCP, ADM - Archer Daniels Midland, Johnson Controls, Valero Energy, Waste Management, Cardinal Health, Entergy, Seagate, Western Union, DaVita, Fiserv, ONEOK, NiSource, L-3 Communications, CBRE, QEP Resources, TripAdvisor, Pentair, MetroPCS Communications, Electronic Arts, United States Steel, Pitney Bowes, Genworth Financial, JDS Uniphase.

BRASIL: Aliansce, Banco ABC Brasil, Lojas Renner, Marisa, TIM Participações.

Observação: Este material é um trabalho voluntário e gratuíto, resultado da compilação de dados divulgados em diversos sites da internet que são aqui resumidos de maneira didática para facilitar e agilizar a compreensão do leitor. Atenção para o horário da disponibilização dos dados desse relatório.

Haramoto

Artigos Relacionados

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 中文 香港 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+