Alemanha Estreia no Mercado de Títulos Verdes e se Torna Referência Imediata

Alemanha Estreia no Mercado de Títulos Verdes e se Torna Referência Imediata

Investing.com  | 09.09.2020 10:38

Publicado originalmente em inglês em 08/09/2020

A Alemanha causou grande alvoroço com sua entrada no mercado de títulos verdes soberanos na semana passada, vendendo € 6,5 bilhões em papéis de 10 anos, bem acima do seu alvo mínimo de € 4 bilhões. Os títulos verdes são geralmente usados para levantar fundos para projetos de sustentabilidade climática executados pelo governo. A oferta inicial da Alemanha atraiu € 33 bilhões em ordens.

A emissão representou cerca de 10% dos títulos verdes soberanos mundiais em circulação, permitindo que o país atingisse seu objetivo de estabelecer uma referência mundial quase imediatamente. Berlim planeja uma segunda emissão de títulos verdes no quarto trimestre, capaz de fazer o total do ano alcançar € 11 bilhões, de acordo com o vice-ministro de finanças Jörg Kukies.

Títulos de 10 anos da Alemanha - Gráfico Semanal

O governo alemão está equiparando seus títulos verdes aos papéis convencionais de mesmo vencimento, buscando melhorar a liquidez. A emissão de títulos verdes na semana passada coincide com uma emissão de 10 anos realizada em junho. Se o preço dos títulos verdes cair abaixo dos títulos convencionais, os investidores podem trocar os papéis.

Berlim também planeja variar os vencimentos, de cinco para doze anos, por exemplo, a fim de estabelecer uma curva de taxa de juros verde. Isso pode ser interessante principalmente para bancos centrais, que estão tentando montar uma carteira de ativos verdes.

Kukies, ex-banqueiro do Goldman Sachs, afirmou:

“A entrada extremamente bem-sucedida do governo alemão no segmento de mercado de títulos verdes mostra que a abordagem inovadora foi bem recebida por muitos grupos de investidores e sugere que o desenvolvimento de uma referência verde é de grande importância para o mercado de capitais”.

A expectativa de muitos analistas é que o sucesso da emissão alemã provoque uma abertura do mercado, já que Espanha, Itália, Áustria e outros países europeus devem seguir o exemplo de Berlim. A expectativa é que outros tomadores de empréstimo da Alemanha, como a fabricante de automóveis Daimler (DE:DAIGn), também recorram ao mercado de títulos verdes.

A Suécia estreou no mercado de títulos verdes soberanos na semana passada, vencendo SEK 20 bilhões, ou cerca de US$ 2,3 bilhões, na emissão de 10 anos. A Polônia foi pioneira no mercado em 2016, seguida da França, em 2017, com uma venda inicial de € 7 bilhões, além de outras emissões sucessivas, tornando-se a maior emissora de títulos soberanos verdes, com €27 bilhões.

O leilão mais recente de títulos franceses, com vencimento em 2039, foi de € 2,1 bilhões em julho, quando os papéis foram precificados com um rendimento de 0,31%, em comparação com 1,74% na emissão inicial de 2017.

Mas a Alemanha tem uma classificação de crédito de triplo A e, com a emissão pendente de títulos europeus para financiar o pacote de recuperação frente ao coronavírus de € 750 bilhões, os títulos alemães são o que há de mais próximo a um investimento sem risco, como os títulos do tesouro americano.

A emissão alemã tem um cupom de zero e foi precificada com um rendimento de -0,46%, um ponto-base mais ajustado do seu título convencional correspondente. Os participantes do mercado disseram que também diversificaram os investidores nos bunds, como são conhecidos os títulos do governo alemão, atraindo muitos players verdes pela primeira vez.

Houve certa objeção quanto ao uso das receitas provenientes dos títulos verdes, que não estariam completamente alinhadas à taxonomia de títulos verdes da União Europeia, mas o governo afirmou que seguiu os padrões internacionais, como os Princípios de Títulos Verdes da Associação de Mercados de Capitais Internacionais.

Berlim identificou € 12,7 bilhões em despesas verdes e prometeu manter um alto nível de transparência em relação à forma como as receitas serão gastas.

Investing.com

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 简体中文 繁體中文 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+

Baixe o aplicativo do Investing.com

Receba gratuitamente cotações, gráficos e alertas em tempo real sobre ações, índices, moedas, commodities e títulos. Acesse gratuitamente as melhores análises e previsões técnicas.

Investing.com é melhor no App!

Mais conteúdo, cotações e gráficos mais rápidos e uma experiência melhor estão disponíveis apenas no aplicativo.