Alta do Ouro É Ainda Mais Forte em Outras Moedas

Alta do Ouro É Ainda Mais Forte em Outras Moedas

Andy Hecht  | 15.07.2020 08:13

Este artigo foi escrito exclusivamente para o Investing.com

  • Novas máximas no ouro em todas as principais moedas, exceto o dólar;
  • O franco suíço é a última moeda a sucumbir;
  • Ouro está prestes a testar as máximas de 2011 em dólares;
  • Possibilidade de uma alta muito maior no horizonte.

O mercado do ouro atingiu mais um marco histórico na semana passada, ao alcançar a máxima de US$ 1.829,80 no contrato futuro de agosto na COMEX, o mais negociado. Do ponto de vista técnico, o ouro registrou sua maior valorização desde 2011, acima de todos os níveis de resistência inferiores à máxima histórica a US$ 1920,70 por onça.

No pico da semana passada, o ouro estava a menos de US$ 100 do nível recorde cravado há nove anos. Ao final da semana passada, o preço estava um pouco acima do patamar de US$ 1.800 e, no momento em que escrevo, estava cotado a US$ 1.803,75.

Um dos sinais de que o mercado de alta do ouro iniciado no início dos anos 2000 continuará em ascensão é o desempenho do metal precioso em todas as moedas. O ouro é parte integrante das reservas internacionais mantidas pelos bancos centrais ao redor do mundo, ao lado do dólar, do euro e de outros importantes instrumentos de câmbio internacional.

Os bancos centrais têm sido compradores líquidos de ouro nos últimos anos. O dólar é a última moeda que ainda não registrou uma nova mínima em relação ao ouro, mas isso deve acontecer no futuro próximo.

Novas máximas no ouro em todas as principais moedas, exceto o dólar

Em 2019, quando o ouro rompeu a máxima de 2016 a US$ 1.377,50, a cotação do metal amarelo cravou um novo pico recorde em diversas outras moedas.

Gold/Euro Monthly 1997-2020

Fonte de todos os gráficos: CQG

Como mostra o gráfico mensal acima, o ouro em euros superou a máxima de 2012 a € 1377 em agosto de 2019 e não parou de subir. A última máxima foi um pouco abaixo do patamar de 1600 euros por onça.  

Gold:GBP Monthly

O ouro em libras esterlinas superou seu pico de 2011 a £ 1124 em julho de 2019 e subiu para o patamar de quase £ 1450 libras por onça recentemente.

Gold/CAD Monthly 1997-2020

Em dólares canadenses, a máxima anterior a CAD$ 1786 de 2011 foi rompida em junho de 2019 e encontrava-se ao nível de CAD$ 2450 na semana passada. 

Gold/AUD Monthly 1997-2020

Em dólares australianos, o ouro vem registrando topos e fundos ascendentes ao longo de todo este século, cravando o último pico acima de AUD$ 2590.  

Gold/Yen Monthly 1997-2020

Em ienes japoneses, o ouro superou a máxima de 2013 a ¥ 152,457 por onça em agosto de 2019 e custava mais de ¥ 192,500 na semana passada. O ouro também disparou na maior parte das outras moedas em 2019, incluindo o iuane chinês, o rublo russo, entre outras.

As moedas registraram novas mínimas em relação ao ouro, contra as quais o metal amarelo vem cravando novas máximas. A ação dos preços no ouro é um sinal de deterioração do valor das moedas fiduciárias.

O franco suíço é a última moeda a sucumbir

Foi somente em 2020 que o ouro conseguiu registrar uma nova máxima contra o franco suíço.

Gold/CHF Monthly 1997-2020

O gráfico acima mostra que o ouro em francos registrou pico a 1662,50 em 2012. Em maio de 2020, a cotação do metal precioso superou esse patamar e girava em torno de 1700 até recentemente.

Ouro está prestes a testar as máximas de 2011 em dólares

O USD é a última moeda a resistir à desvalorização frente ao ouro. Embora o dólar seja a moeda de reserva mundial, a ação dos preços mostra que é apenas uma questão de tempo para que a moeda americana registre uma nova mínima contra o metal precioso, que também é um dos meios de pagamento mais antigos do mundo.    

Gold/USD Quarterly

O gráfico trimestral do ouro em dólares acima destaca que o metal amarelo superou todos os níveis de resistência técnica, abrindo espaço para um teste da máxima de 2011 a US$ 1920,70 por onça. O pico mais recente, um pouco abaixo de US$ 1830, foi cravado na semana passada.

As posições em aberto em contratos futuros na COMEX vêm aumentando juntamente com o preço. No mercado futuro, a alta dos preços com um aumento das posições em aberto tende a ser uma validação técnica da tendência de alta.

Embora os indicadores de momentum de preço e força relativa estejam em território sobrecomprado no gráfico trimestral desde 2019, podem permanecer nessa condição ainda por um longo período. De 2003 a 2012 as métricas indicam níveis de sobrecompra.

O ouro se valorizou nos últimos oito trimestres até 10 de julho, de 2008 a 2011; os futuros do ouro registram ganhos há onze trimestres consecutivos.

Por fim, a volatilidade trimestral histórica a 12,19% até o fim da semana passada é reflexo de um mercado em ascensão sem quaisquer movimentos parabólicos por enquanto.

Possibilidade de uma alta muito maior no horizonte

Quando o ouro superar sua máxima de 2011 a US$ 1920.70, a possibilidade de acontecer uma corrida para comprá-lo a mercado aumentará. Os analistas do Citigroup preveem que o ouro se valorizará até US$ 2000 por onça antes do fim da pandemia mundial e do tsunami de liquidez dos bancos centrais e governos. O Bank of America projetou que sua cotação poderia alcançar US$ 3000 por onça.

É muito difícil prever um topo em qualquer mercado.

O fator mais importante no mercado de ouro à medida que o preço se aproxima de um novo recorde em USD é que ele está se valorizando contra todas as moedas. A ascensão do ouro tem a ver com o valor das moedas fiduciárias, que estão respaldadas na fé pública e no crédito dos países que a emitem.

A movimentação do ouro está nos dizendo, portanto, que essa fé pública está caindo, e o crédito, se deteriorando. A movimentação do ouro tem sido impulsionada pelos níveis sem precedentes de estímulo monetário. O espaço para a alta pode ser muito maior do que a maioria dos analistas e participantes do mercado acredita ser possível.

Andy Hecht

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
GHORCO
GHORCO

Ouro vai disparar em função da emissão de trilhões de dólares. Melhor garantia hoje de investimento.  ... (Leia Mais)

15.07.2020 15:50 GMT· Responder
Carlos Otavio Veiga Lima
Carlos Otavio Veiga Lima

excelente análise!!!!  ... (Leia Mais)

15.07.2020 13:24 GMT· Responder
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 简体中文 繁體中文 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+

Baixe o aplicativo do Investing.com

Receba gratuitamente cotações, gráficos e alertas em tempo real sobre ações, índices, moedas, commodities e títulos. Acesse gratuitamente as melhores análises e previsões técnicas.

Investing.com é melhor no App!

Mais conteúdo, cotações e gráficos mais rápidos e uma experiência melhor estão disponíveis apenas no aplicativo.