Guerra Comercial 2.0 e Alívio Político Local. Fim de Semana Pesado

Guerra Comercial 2.0 e Alívio Político Local. Fim de Semana Pesado

Jason Vieira  | 22.05.2020 07:55

O fator positivo: ao menos ontem, o governo mostrou coordenação política e sobriedade suficiente para gerar um acordo crível com duas casas e todos os governadores, satisfazendo a ala econômica do planalto e a ala política em geral.

Nisso foi baseada a melhora expressiva do mercado, o que denota que o risco político embutido em ativos como o Real, os vértices mais longos da curva de juros e até mesmo o iBovespa tem um peso ainda maior do que se imaginava antes.

Como se trata de Brasil, nada pode ser comemorado por completo, afinal foi somente um primeiro passo e as características da classe política como um todo evitam uma celebração completa.

O fator negativo: EUA e China, no limiar da doença no hemisfério norte e na sua retração na Ásia, começam a trocar farpas e acusações tanto sobre o vírus, quanto sobre a questão comercial, em especial o caso ainda em aberto da Huawei.

China promete avançar com o acordo comercial da "Fase-1" com os EUA, mesmo em meio a renovadas tensões.

Em um relatório entregue ao Congresso Nacional do Povo (NPC), o primeiro-ministro chinês Li Keqiang prometeu que Pequim trabalhará em prol da liberalização do comércio e investimento globais.

Dizem: “A China continuará aumentando a cooperação econômica e comercial com outros países para oferecer benefícios mútuos”.

Em meio a isso, a tensão cresce e a China deve introduzir uma nova lei de segurança para Hong Kong, levando ao fortalecimento do domínio sobre a cidade.

Cidadãos, políticos de oposição, empresas estão temerosas com o futuro da cidade em meio a tal mudança.

O aumento da tensão já influencia os ativos de mercado financeiro e os investidores começam a pesar o cenário de piora da guerra comercial antecedendo a eleição americana, onde Trump perde força constantemente contra seu principal rival, Joe Biden.

Localmente, as atenções se voltam ao vídeo da reunião ministerial e o quanto isso pode atrapalhar os esforços recentes do governo em melhorar o alinhamento político durante a crise, caso Celso de Mello decida por sua publicidade total.

No âmbito corporativo, destaque aos resultados de Ferbasa (SA:FESA4)e Usiminas (SA:USIM5). No exterior, Footlocker, Deere e Burberry (LON:BRBY),

ABERTURA DE MERCADOS
A abertura na Europa é negativa e os futuros NY abrem em baixa, com o aumento da tensão comercial entre EUA e China.

Em Ásia-Pacífico, quedas, com os temores da instalação da lei de segurança em Hong Kong.

O dólar opera em alta contra a maioria das divisas centrais, enquanto os Treasuries operam negativos em todos os vencimentos.

Entre as commodities metálicas, altas no geral, exceção ao cobre.

O petróleo abriu em queda em Londres e em Nova York, com a China abandonando a meta de PIB por conta do COVID.

O índice VIX de volatilidade abre em alta de 2,78%.

CÂMBIO
Dólar à vista : R$ 5,5521 / -2,47 %
Euro / Dólar : US$ 1,09 / -0,521%
Dólar / Yen : ¥ 107,48 / -0,112%
Libra / Dólar : US$ 1,22 / -0,335%
Dólar Fut. (1 m) : 5569,87 / -2,07 %

JUROS FUTUROS (DI)
DI - Janeiro 22: 3,36 % aa (-0,12%)
DI - Janeiro 23: 4,51 % aa (-1,31%)
DI - Janeiro 25: 6,40 % aa (-2,14%)
DI - Janeiro 27: 7,43 % aa (-2,37%)

BOLSAS DE VALORES
FECHAMENTO
Ibovespa: 2,0999% / 83.027 pontos
Dow Jones: -0,4141% / 24.474 pontos
Nasdaq: -0,9695% / 9.285 pontos

Nikkei: -0,80% / 20.388 pontos
Hang Seng: -5,56% / 22.930 pontos
ASX 200: -0,96% / 5.497 pontos

ABERTURA
DAX: -0,387% / 11023,10 pontos
CAC 40: -0,153% / 4438,65 pontos
FTSE: -0,949% / 5958,17 pontos

Ibov. Fut.: 2,25% / 83104,00 pontos
S&P Fut.: -0,967% / 2908,50 pontos
Nasdaq Fut.: -0,663% / 9308,75 pontos

COMMODITIES
Índice Bloomberg: -1,16% / 62,28 ptos

Petróleo WTI: -5,57% / $31,87
Petróleo Brent: -4,44% / $34,35

Ouro: 0,50% / $1.735,06
Minério de Ferro: 0,08% / $91,20

Soja: -0,45% / $831,00
Milho: -0,31% / $316,50 $316,50
Café: -0,14% / $104,60
Açúcar: -1,82% / $10,80


Jason Vieira

Artigos Relacionados

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
joao camargo
joao camargo

Vamos ter um pregão interno.  ... (Leia Mais)

22.05.2020 12:06 GMT· Responder
Alex_OpalaAzul
Alex_OpalaAzul

bom dia hoje vou nas industrias acho que bancos caiem e petr também, varejo quem sabe?  ... (Leia Mais)

22.05.2020 11:57 GMT· Responder
Antonio Salviano
Antonio Salviano

Localmente, as atenções se voltam ao vídeo da reunião ministerial e o quanto isso pode atrapalhar os esforços recentes do governo em melhorar o alinhamento político durante a crise, caso Celso de Mello decisa por sua publicidade total.  ... (Leia Mais)

22.05.2020 11:02 GMT· Responder
Antonio Salviano
Antonio Salviano

Bom dia Jenson Vieira. Bom dia mercado.   ... (Leia Mais)

22.05.2020 11:01 GMT· Responder
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 简体中文 繁體中文 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+

Baixe o aplicativo do Investing.com

Receba gratuitamente cotações, gráficos e alertas em tempo real sobre ações, índices, moedas, commodities e títulos. Acesse gratuitamente as melhores análises e previsões técnicas.

Investing.com é melhor no App!

Mais conteúdo, cotações e gráficos mais rápidos e uma experiência melhor estão disponíveis apenas no aplicativo.