Ibovespa Pode Tentar Alcançar Novos Recordes

Ibovespa Pode Tentar Alcançar Novos Recordes

Albino Oliveira  | 29.09.2017 14:24

Principais conclusões da análise técnica desta semana:

  • S&P500 - Observamos vários sinais que poderão justificar uma atitude cautelosa, reduzindo a relação risco/retorno subjacente ao índice. O intervalo de suporte 2480 pontos/2491 pontos foi já testado no dia 25 de setembro. Abaixo deste patamar, a nossa atenção estaria no intervalo 2467 pontos/2475 pontos;
  • Euro Stoxx 50 - Os indicadores técnicos do gráfico diário, apesar de estendidos, não se encontram ainda num ponto extremo, o que poderá justificar a realização de novas tentativas para prolongar o movimento no curto-prazo. Com uma subida de 5,7% desde o mínimo de agosto, continuamos atentos a sinais que levem o índice a um período de consolidação;
  • PSI20 - O índice encontra-se já próximo dos seus máximos do ano (5359 pontos). Depois de uma subida de 6,50% desde os mínimos de setembro, este patamar poderá revelar-se uma resistência relevante. Enviesamento positivo de médio prazo mantido inalterado;
  • BOVESPA - Correção do índice originou já uma retração significativa nos indicadores técnicos do gráfico diário. Vemos espaço para a realização de novas tentativas em direção aos máximos recentes e ao ponto de atração definido nos 76529 pontos. Forte subida desde os mínimos de junho sugere que o período de consolidação poderá ser mais significativo;
  • WTI - Mantemos uma opinião favorável. Continuamos a ver o petróleo a deslocar-se para os máximos do ano junto dos $54,94/$55,24. No curto-prazo, após ter sido atingindo os $52,13, e tendo em conta a condição de overbought em alguns indicadores do gráfico diário, estaremos atentos a um período de consolidação;
  • Ouro - No momento em que escrevemos, o ouro aproxima-se do limite inferior do intervalo de retração definido ($1281/$1296). Estaremos atentos aos sinais fornecidos pelo ouro após ter testado o intervalo de retração mencionado anteriormente. De qualquer forma, e tendo em conta os indicadores técnicos observados, vemos riscos de uma maior aproximação aos $1263;
  • Eurodólar - O mais próximo ponto de retração situa-se nos 1,1662$/€, tal como tinha sido mencionado na análise de 13 de setembro. Abaixo deste patamar, a nossa atenção estará nos 1,1616$/€. Posicionamento dos indicadores técnicos sugerem que o euro poderá ter dificuldade em estabilizar, mantendo-se pressionado no curto-prazo;
  • Gráficos em destaque esta semana - Desde o início do ano tem sido observada uma tendência favorável aos mercados emergentes de ações quando comparado com os mercados desenvolvidos. A evolução da inflação nos EUA permanece no centro das atenções. O abrandamento observado ao longo dos últimos meses continua a criar dúvidas dentro do Comité de Política Monetária da Reserva Federal dos EUA.

Albino Oliveira

Artigos Relacionados

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 简体中文 繁體中文 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+

Baixe o App

Mais informações sobre o mercado, mais alertas, mais opções de personalizar seus ativos em sua carteira, apenas pelo App

Investing.com é melhor no App!

Mais conteúdo, cotações e gráficos mais rápidos e uma experiência melhor estão disponíveis apenas no aplicativo.