Impaciência dos Investidores Pressiona o Setor da Maconha nos EUA

Impaciência dos Investidores Pressiona o Setor da Maconha nos EUA

Investing.com  | 16.08.2019 18:57

Os investidores do setor de maconha nos EUA estão ficando cada vez mais impacientes? Será que isso pode intensificar a pressão por lucratividade?

Há evidências que dão suporte a essa teoria. Ontem mesmo, algumas das principais ações do setor, como Canopy Growth (NYSE:CGC), (TSX:WEED), Cronos Group (NASDAQ:CRON), (TSX:CRON) e Tilray (NASDAQ:TLRY), cederam terreno e aumentaram suas perdas em relação à semana passada.

Aspectos como maiores vendas, redes em expansão e parcerias estratégicas, responsáveis por fazer essas ações dispararem no passado, estão sendo ignorados à medida que a lucratividade ganha cada vez mais importância, embora a indústria ainda esteja em sua infância.

Para piorar a impaciência, manchetes devastadoras envolvendo a CannTrustHoldings (NYSE:CTST), (TSX:TRST) continuam sendo publicadas em ritmo alucinante. A última notícia a atingir a problemática cultivadora de cannabis, sediada no Canadá, saiu ontem, quando a empresa foi oficialmente informada de que sua operação de cultivo em Vaughan, Ontário, não estava de acordo com as normas do governo federal do Canadá, o que fez as ações despencarem mais de 27,5% no fechamento.

Gráfico Semanal CannTrust Holdings

Desde o início do mês passado, quando reconheceu publicamente que vinha cultivando marijuana em espaços não licenciados em suas estufas localizadas em Pelham, Ontário, a CannTrust já perdeu cerca de 55% da sua capitalização de mercado. A fornecedora de maconha medicinal tem estado em modo de crise desde então. A empresa interrompeu as vendas do produto e as exportações, demitiu um CEO e perdeu o presidente do seu Conselho. A CannTrust abriu uma investigação interna e prometeu cooperar com os órgãos reguladores enquanto luta para retomar sua posição.

Outros sinais específicos da impaciência dos investidores no setor da maconha foram vistos na semana passada, quando dois grandes players divulgaram seus últimos balanços. No início do mês, a Aphria (NYSE: APHA), (TSX: APHA) e o Cronos Group divulgaram resultados acima das expectativas, mas nenhuma delas teve um salto sustentado em suas ações.

De fato, em 8 de agosto, a Cronos divulgou que havia triplicado sua receita em comparação com o mesmo período do ano passado. Mas os crescentes custos operacionais corroeram seus sólidos números de faturamento, fazendo com que seu prejuízo geral atingisse US$ 13,44 milhões (C$ 17,8M) no trimestre. Resultado: a ação subiu inicialmente com a notícia, mas não parou de cair desde então. O papel abriu o pregão de 8 de agosto na NASDAQ a US$ 14,60 e fechou o dia a US$ 13,25, um declínio de 9,25%.

Gráfico Semanal Cronos Group

Em relação à Aphria, os resultados do quarto trimestre fiscal abriram um precedente no setor, na medida em que a empresa registrou um lucro no período de três meses encerrado em 31 de maio. Foi o primeiro lucro divulgado desde que a maconha foi legalizada no Canadá no final de 2018. A receita com a distribuição saltou, e as vendas de cannabis geraram ganhos impressionantes. O preço da ação disparou com a notícia, subindo mais de 42% no dia 2 de agosto, mas teve uma desvalorização de 11,5% desde então.

Teremos uma ideia da impaciência dos investidores no final desta semana, quando duas grandes empresas do setor da maconha, Canopy Growth e Tilray, divulgarem seus resultados.

A Canopy Growth apresentará seu balanço no dia 14 de agosto. A pressão sobre o desempenho da empresa é grande. Depois do seu último balanço, o conselho de administração da companhia destituiu seu CEO e fundador, Bruce Linton.

Embora o balanço desta semana cubra o período de três meses encerrados em 30 de junho, último trimestre em que Linton esteve à frente da companhia, a maior investidora da Canopy, a fabricante norte-americana de cervejas Constellation Brands (NYSE:STZ) (NYSE:STZ), deixou claro que quer ver uma mudança.

Os analistas se debruçarão sobre duas métricas do balanço da Canopy. A primeira será as vendas gerais.

A segunda área será uma indicação do avanço no setor de bebidas e alimentos comestíveis, já que a implementação do varejo canadense deve ocorrer no fim deste ano. Deve ser difícil ver isso nos números, pois ainda encontra-se em estágio de planejamento, mas existem provas físicas. Na semana passada, a equipe de construção estava dando os últimos retoques de acabamento às instalações de envase de bebidas com infusão de maconha, próximas à sede de Smith Falls, Ontário, bem como à planta de distribuição mundial. Duas indicações concretas de que a expansão em breve gerará vendas atividades mais rentáveis de vendas e distribuição na área de maiores margens de lucro.

A Tilray divulgará seus resultados após o fechamento de hoje.

Ponto de atenção

Uma estatística a ser levada em consideração: um em cada sete americanos usa óleo de canabidiol. Esse dado, divulgado na semana passada por uma pesquisa de opinião, representa 14% da população norte-americana, que diz usar alguma forma de óleo, principalmente por razões terapêuticas. Com base em 2.500 entrevistas telefônicas entre 19 de junho e 12 de julho, essas descobertas apontam para a popularidade explosiva do produto à base de maconha.

De acordo com a pesquisa, um em cada dez norte-americanos com mais de 65 anos de idade usa canabidiol, o extrato não psicoativo da maconha. A pesquisa também perguntou aos entrevistados qual era a finalidade do canabidiol: 40% responderam que usavam o óleo para combater a dor, 20% usavam contra a ansiedade, 11% para dormir, 8% para artrite, 5% para dores de cabeça e 5% para estresse.

O uso de canabidiol nos EUA se disseminou desde a aprovação da Lei de Agricultura no fim do ano passado, que legalizou o cultivo de cânhamo canabinoide. Food and Drug Administration está elaborando normas para permitir a comercialização de canabidiol em alimentos e como suplemento dietético.

Investing.com

Artigos Relacionados

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Wellinghton Mendes
Wellinghton Mendes

Turma da maconha está tudo aqui nos comentários, principalmente depois de fumar muitoooo. kkkkkk   ... (Leia Mais)

20.08.2019 11:50 GMT· Responder
Ginez Romero júnior
Ginez Romero júnior

legaliza logo.isso. Hoje o mercado brasileiro só tem um fornecedor, os traficantes ,bom mas com um governo retrógrado sitiado por evagenlicos delirantes da terra plana vai ser difícil.  ... (Leia Mais)

18.08.2019 17:56 GMT· Responder
Jose Álves
Jose Álves

se hj a maior parte do comercio e feita sem nota fiscal sem pagamento de impostos.. pq achar q sendo legalizado os traficantes vao p formalidade.ou acham q quem comandara serao frades Franciscanos...nada serao is mesmos traficantes q estao no senado.. no judiciario.na policia.. no executivo..no exercito..e nao vai virar uma commodite.. sera uma moeda virtual  ... (Leia Mais)

18.08.2019 12:16 GMT· 1 · Responder
Jose Álves
Jose Álves

se hj a maior parte do comercio e feita sem nota fiscal sem pagamento de impostos.. pq achar q sendo legalizado os traficantes vao p formalidade.ou acham q quem comandara serao frades Franciscanos...nada serao is mesmos traficantes q estao no senado.. no judiciario.na policia.. no executivo..no exercito..e nao vai virar uma commodite.. sera uma moeda virtual  ... (Leia Mais)

18.08.2019 12:16 GMT· Responder
Paulo Euclides Marques
Paulo Euclides Marques

Até quando o Brasil vai ficar fora desse mefcado' na clandestinidade' alimentando a corrupção e perdendo essa grande oportunidade de empregos e arrecadação? Cai na real Brasil e pare com preconceitos defasados. O ônus da proibição é o assassinato de jovens e a alimentaçào da corrupção!!! Paulo Guedes, manda acabar com essa proibição que o povo quer trabalho e renda!!!  ... (Leia Mais)

18.08.2019 05:06 GMT· Responder
Victor Araujo
Victor Araujo

como faço para comprar comodides de maconha?  ... (Leia Mais)

18.08.2019 04:46 GMT· Responder
Lauro Macieira
Lauro Macieira

Já tem alguns meses atrás que eu leio sobre a cannabis e fiquei sabendo que algumas empresas desse setor vão ter um verdadeiro boom na suas ações e eu estou muito interessado em comprar algumas dessas ações,o problema que eu não sei operar em bolsa de valores  ... (Leia Mais)

17.08.2019 23:12 GMT· Responder
Lauro Macieira
Lauro Macieira

Já tem alguns meses atrás que eu leio sobre a cannabis e fiquei sabendo que algumas empresas desse setor vão ter um verdadeiro boom na suas ações e eu estou muito interessado em comprar algumas dessas ações,o problema que eu não sei operar em bolsa de valores  ... (Leia Mais)

17.08.2019 23:12 GMT· Responder
Clóvis José Perinazzo
Clóvis José Perinazzo

Estou precisando testar pra dor de cabeça.  ... (Leia Mais)

17.08.2019 21:51 GMT· Responder
pV2024
pV2024

Se a maconha for negociada na bolsa brasileira vou investir firme...   ... (Leia Mais)

17.08.2019 21:36 GMT· Responder
Fernando Gianvechio
Fernando Gianvechio

primeiro dizem que o cigarro faz mal agora querem implementar a maconha depois a cocaína assim o ser humano fica bem mais fácil do cidadao ser manipulado, com seus vícios na mão do governo!   ... (Leia Mais)

17.08.2019 21:22 GMT· 1 · Responder
Julio Baião
Julio Baião

basta que este mercado ganhe força ($) e logo as resistências a liberação mundo afora começa a cair   ... (Leia Mais)

17.08.2019 21:19 GMT· Responder
Marcus Mariano Silva Santos
Marcus Mariano Silva Santos

Bolsonaro é tão fã dos EUA, podia seguir esse exemplo também   ... (Leia Mais)

17.08.2019 20:57 GMT· Responder
Edmilson Venancio
Edmilson Venancio

um mercado que o Brasil está perdendo o cultivo para o crime,se o governo legalizar pode ter certeza que atingirá a cupula do crime fora que vai gerar receita com vários outros produtos gerados pela cannabis.tem que descriminalizar já  ... (Leia Mais)

17.08.2019 18:07 GMT· 6 · Responder
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 中文 香港 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+