Mercados Começam Semana Negativa em Meio a uma Série de Questionamentos

Mercados Começam Semana Negativa em Meio a uma Série de Questionamentos

Jason Vieira  | 07.12.2020 07:48

 

Após mais uma serie global de recordes das bolsas de valores, volta o questionamento do porquê de tanto ânimo dos investidores, em meio a um cenário mais repleto de dúvidas do que de respostas. 

Problemas na cadeia de suprimento ainda trazem dúvidas quanto à entrega das vacinas em produção no mundo, o Brexit continua sem rumo concreto, assim como o programa de estímulos do governo americano e localmente, apesar da definição que impossibilita a recondução dos presidentes das casas legislativas, o governo continua em busca de um programa de renda mínima. 

LEIA MAIS: Incerteza com programas sociais é maior ameaça à dívida pública, dizem analistas

O senado agora clama pelo “programa de redução da pobreza” em substituição ao Bolsa Família, após o fracasso em nomear os programas anteriores. 

Tal programa capitaneado por Tasso Jereissati, talvez para se tornar mais palatável, se chama “Lei de Responsabilidade Fiscal”, e determina verbas extras e metas para a queda geral da pobreza, como se isso não ocorresse em momentos de melhora da atividade econômica, sem necessariamente sofre intervenção estatal. 

Para completar o cenário de incertezas e ao apagar das luzes do atual mandato, o governo americano se prepara para impor sanções à uma dúzia de oficiais da China continental e de Hong Kong por seu suposto papel na desqualificação de legisladores de oposição eleitos na ilha. 

Tal notícia pesou ao ponto de reverter o bom humor com resultados positivos das exportações na China, superando em muito as projeções de 5,7% em novembro, com 14,9% de alta em yuans e 21,1% em dólares, além de mais um recorde de saldo e o salto das reservas chinesas em moeda estrangeira para $ 3,179 tri. 

Eis que tudo isso ocorre na semana com decisão do Copom, onde a queda recente do dólar “não deveria” ser levada em consideração, já que as altas recentes foram sumariamente ignoradas pelo seu efeito inflacionário, porém acreditamos que a autoridade monetária deva manter o discurso dentro de sua zona de conforto, mantendo a Selic, mas mantendo uma breve esperança aos vendidos na curva de juros, os quais sofreram bastante nas semanas anteriores à passada. 

Atenção também na semana ao IPCA, o qual deve registrar inflação de 0,76% e superar 1% na medição de dezembro, além de vendas ao varejo e serviços. 

Nos EUA, o foco é nas inflações, na Europa decisão de juros e dados de conta corrente e PIB no Japão.

ABERTURA DE MERCADOS 

A abertura na Europa é negativa e os futuros NY abrem em baixa, entre o Brexit e os estímulos nos EUA. 

Em Ásia-Pacífico, mercados mistos, após divulgação de sacões a autoridades chinesas pelos EUA. 

O dólar opera em alta contra a maioria das divisas centrais, enquanto os Treasuries operam negativos em todos os vencimentos. 

Entre as commodities metálicas, quedas, exceção ao minério de ferro

O petróleo abriu em queda em Londres e Nova York, com o aumento de lockdowns devido à pandemia 

O índice VIX de volatilidade abre em alta de 6,64%. 

CÂMBIO

Dólar à vista : R$ 5,1297 / -0,56 %

Euro / Dólar : US$ 1,21 / -0,116%

Dólar / Yen : ¥ 104,21 / 0,048%

Libra / Dólar : US$ 1,33 / -1,280%

Dólar Fut. (1 m) : 5127,79 / -0,20 %

JUROS FUTUROS (DI)

DI - Julho 22: 3,89 % aa (-1,15%)

DI - Janeiro 23: 4,50 % aa (0,33%)

DI - Janeiro 25: 6,13 % aa (0,33%)

DI - Janeiro 27: 6,92 % aa (0,29%)

BOLSAS DE VALORES

FECHAMENTO

Ibovespa: 1,2989% /  113.750 pontos

Dow Jones: 0,8300% /  30.218 pontos

Nasdaq: 0,7033% /  12.464 pontos

Nikkei: -0,76% /  26.547 pontos

Hang Seng: -1,23%  /  26.507 pontos

ASX 200: 0,62% /  6.675 pontos

ABERTURA

DAX: -0,332% / 13254,81 pontos

CAC 40: -0,761% / 5566,47 pontos

FTSE: 0,333% / 6572,05 pontos

Ibov. Fut.: 1,40% / 113737,00 pontos

S&P Fut.: 0,909% / 3697,90 pontos

Nasdaq Fut.: -0,094% / 12516,00 pontos

COMMODITIES

Índice Bloomberg: -1,07% / 73,51 ptos

Petróleo WTI: -0,82% /  $45,87

Petróleo Brent: -0,85% /  $48,84

Ouro: -0,34% /  $1.832,68

Minério de Ferro: 1,42% / ‎¥‎ $141,53

Soja: -0,77% / $1.154,25

Milho: -1,20% /  $412,00

Café: -1,95% /  $115,35

Açúcar: -0,42% /  $14,38

 

Jason Vieira

Artigos Relacionados

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Coelho Lucio
Coelho Lucio

longe de ser um analista econômico e de ser um grafista do mini índice ou de ser um cardiologista eu vejo que a quermesse se comporta com altos e baixos igual a pressão sanguínea sistólica e diastólica. olha que nem falei da lei da gravidade - tudo que sobe tem que descer..... não existe geração de valor com base em bolsa (eu acho, a bosla não produz NADA) acontece, pelo menos comigo, é que alguém ganha e alguém perde  em um tipo de looping ....  ... (Leia Mais)

07.12.2020 11:41 GMT· 2 · Responder
Ubiratan Pinto
Ubiratan Pinto

bom dia!! Quem sabe agora acança essa agenda política... já passouvl da hora....  ... (Leia Mais)

07.12.2020 11:41 GMT· Responder
Antonio Salviano
Antonio Salviano

Bom dia Jenson Vieira. Bom dia mercado.   ... (Leia Mais)

07.12.2020 11:14 GMT· Responder
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 简体中文 繁體中文 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+

Baixe o aplicativo do Investing.com

Receba gratuitamente cotações, gráficos e alertas em tempo real sobre ações, índices, moedas, commodities e títulos. Acesse gratuitamente as melhores análises e previsões técnicas.

Investing.com é melhor no App!

Mais conteúdo, cotações e gráficos mais rápidos e uma experiência melhor estão disponíveis apenas no aplicativo.