Rali de Trump Terá Hoje Seu Primeiro Grande Teste

Rali de Trump Terá Hoje Seu Primeiro Grande Teste

Investing.com  | 23.03.2017 08:06

Por Chaim Siegel da Elazar Advisors, LLC

S&P 500 diário no fechamento de 22 de março de 2017

Resumo

Após os quatro meses históricos de alta nas bolsas estimulada pela vitória de Donald Trump nas eleições dos EUA, o S&P 500, Nasdaq e o Russell 2000 enfrentam hoje o seu primeiro momento de verdade. O Congresso votará o plano para a saúde de Trump (AHCA, na sigla em inglês), que será o primeiro teste se o presidente tem habilidade – e força política – para imprimir neste ano sua agenda pró-mercado.

A sua capacidade de derrubar o Obamacare será esse teste. Se ele for capas de reunir o apoio necessário dos seus companheiros de partido republicanos, o mercado pode disparar com o voto de confiança, ao acreditar que Trump será capaz de passar suas propostas pelo Congresso.

Se ele não conseguir, atenção no mercado.

A votação do plano para saúde no Congresso interessa ao mercado de ações

Dois fatos incomodaram o mercado e provocaram volatilidade nesta semana. O testemunho do diretor do FBI James Comey incomodou na segunda-feira, seguido por fortes discursos entre republicanos com a possível rejeição ao Obamacare perdia momentum pouco antes da votação marcada para hoje. Unindo os fatos, o mercado simplesmente perguntou “Temos certeza que serão aprovadas todas as medidas pró-mercado que já precificamos?”.

Agora os mercados mudam o foco para a habilidade dos republicamos em se unir no Congresso e rejeitar ainda hoje o Obamacare. Isso será importante.

Incomodo do diretor do FBI James Comey

Em seu discurso inicial na segunda-feira, James Comey disse:

“O FBI, como parte de sua missão de contrainteligência, está investigando as tentativas do governo russo em interferir nas eleições presidenciais de 2016 e isso inclui a investigação da natureza de quaisquer conexões entre indivíduos associados à campanha de Trump e o governo russo”.

Desculpa, mas isso não é ‘nada’. Não deve ser ignorado. Isso oficialmente ganha nosso rating de “Algo Importante”.

A maior parte das cinco horas de audiência foram repetitivas e bem sonolentas, a não ser, é claro, que você seja um aficionado por Direito e adora ver equipes de advogados exibindo sua capacidade de falar em ‘advoguês’. Mas essa frase acima de Comey pode facilmente se transformar em um problema para o mercado neste ano.

Tornar pessoas próximas ao presidente Trump responsáveis pelos atos com a Rússia é um risco de mercado. Claro que muitas vezes o mercado vai ignorar questões políticas, mas essa história tem a capacidade de ser grande o suficiente que pode afetar as expectativas de mercado.

O mercado espera um grande corte de impostos e gastos de US$ 1 trilhão em algum momento. Os mercados também aguardam uma série de desregulações para aumentar os lucros corporativos.

Se a Casa Branca será afetada por uma investigação, a perda de força política de Trump poderá reduzir sua capacidade de aprovar esses projetos de grande interesse do mercado.

Mercados querem unidade do Partido Republicano e o teste será hoje

Nesta semana, os mercados sofreram com a tentativa do presidente Trump e alguns republicanos em coagir os dissidentes republicanos a votar pela derrubada do Obamacare.

Na verdade, na terça-feira, Trump ameaçou os membros do Congresso que não se alinhem ao governo ao dizer:

“Vários de vocês perderão seu cargo em 2018 se não entregarem isso”.

O mercado pode não se interessar diretamente pelo Obamacare, mas o mercado se importa se os republicanos conseguem – ou não – entregar os planos. Se eles conseguirem se unir para passar essa primeira grande mudança de legislação, os mercados terão mais confiança que os republicanos podem se unir quando chegar o momento de votar outras leis.

Quais outras leis estão em espera?

  • Os grandes cortes de impostos que darão um grande impulso nos lucros por ação
  • Taxas de juros mais baixas que podem incentivar os investimentos e taxa de crescimento
  • Desregulação de muitas leis que aumentam despesas corporativas. Essa desregulação vai reduzir imediatamente os gastos e aumentar o lucro por ação
  • Um grande pacote fiscal. Os gastos vão aumentar as receitas de indústrias que podem ajudar o mercado como um todo

Os mercados não se importam com o Obamacare, mas com os republicanos.

Se os mercados conseguem ver os republicanos se unindo para derrubar o Obamacare, o mercado terá a confiança que os republicanos podem se unir para futuras batalhas em leis que interessam ao mercado.

O tiroteio nesta semana não foi trivial para o mercado. Se os republicanos serão bem-sucedidos – ou não – durante a votação de hoje será importante para a perspectiva do mercado sobre as futuras leis.

Outros temas que incomodam o mercado

Durante a coletiva de imprensa após a alta de juros no FOMC, a presidente do Fed, Janet Yellen, disse:

“Os dados não se fortaleceram de forma clara”

“Eles não aumentaram o cenário promovendo um crescimento maior”

No fundo da cabeça de cada investidor está este medo: nós estamos numa trajetória de taxas mais altas enquanto a economia ainda não entrou definitivamente numa trajetória de crescimento. A inflação está crescendo, mas o crescimento ainda não.

Essa combinação é obviamente um risco dado que juros mais altos podem reduzir o crescimento do ritmo atual. A redução pode vir em cima de uma economia que não “está claramente fortalecida”.

Combinando economia e política

Quando se põe tudo junto, o mercado possivelmente precisa que o Obamacare seja rejeitado hoje. Se não, enviará uma forte mensagem para os mercados que apesar de os republicanos dominarem o Congresso e a Casa Branca eles ainda não são capazes de passar toda a legislação pró-mercado que foi prometida.

Muitos atribuem a disparada do mercado desde o resultado da eleição de 9 de novembro à política pró-mercado de Trump. Aqueles acreditam nisso provavelmente irão vender se ficarem assustados com uma derrota republicana hoje.

O que acontecerá se o Obamacare não for rejeitado?

Não está claro se será um problema de longo prazo. Enquanto podemos ter uma forte reação negativa se o Partido Republicano não for bem-sucedido, os mercados caem, porque os mercados caem. Os investidores estavam de fora viram o mercado subir e entraram, o que estimulou esse ciclo.

O presidente Trump é uma das razões que os mercados sobem, mas não é a única. Os compradores ainda estão ativos. Eles procurarão suas oportunidades de entrar numa queda do mercado.

Isso dito, um fracasso dos republicanos hoje pode ser uma razão para se aceitar que menos leis pró-mercado serão aprovadas no futuro. Isso será precificado negativamente pelo mercado.

E se os republicanos conseguirem rejeitar o Obamacare?

Reação de setores e ETFs à rejeição do Obamacare

Acima vemos vários setores e seus respectivos ETFs e como nós esperamos que eles reajam se os republicanos forem bem-sucedidos hoje.

Portos-seguros como o ouro (SPDR Gold Shares (NYSE:GLD)) e os Treasuries (iShares 20+ Year Treasury Bond (NASDAQ:TLT)) sofrerão e o setor de saúde (iShares Nasdaq Biotechnology (NASDAQ:IBB) e Health Care Select Sector SPDR (NYSE:XLV)) podem ser abalados.

Por outro lado, os principais índices e seus ETFs, como SPDR S&P 500 (NYSE:SPY), PowerShares QQQ Trust Series 1 (NASDAQ:QQQ) e SPDR Dow Jones Industrial Average (NYSE:DIA) disparariam.

Obviamente, o inverso também seria verdade se eles não forem bem-sucedidos.

Se o Obamacare for rejeitado, os mercados sobem com a maior confiança que as leis pró-mercado impulsionarão as ações ainda mais à frente. Os títulos do governo possivelmente sofrerão, pois crescimento gera inflação, o que afeta os títulos. Ações de saúde serão abaladas porque o Trump tem sido cada vez mais duros contra o poder de impor preços das empresas do setor.

Uma vitória dos republicanos mantém as ações que subiram subindo ainda mais e as que caíram, caindo ainda mais. Uma derrota reverteria tudo.

Conclusão

O foco hoje se volta para a Câmara dos Deputados para ver se os republicanos conseguem efetivamente aprovar algo. Se conseguirem, os mercados terão sinal verde para esperar mais leis pró-mercado. Se não, atenção. Fique pronto para um susto.

Disclaimer: Os ETFs reportados por Elazar Advisors, LLC são guiados por nossa metodologia diária, semanal e mensal. Temos uma visão diária que muda mais frequentemente e são enviadas para nossos clientes premium e podem ser diferentes da análise acima. Parte desse artigo pode ter sido enviado anteriormente para nossos clientes ou assinantes. Todos os investimentos possuem riscos e podem trazer prejuízo no curto e longo prazos. Esse artigo é meramente informativo. Ao ler isso, você concorda, entende e aceita que você é integralmente responsável por suas decisões de investimentos e seu trabalho e não considera a Elazar Advisor, LLC e seus parceiros responsáveis por qualquer perda. Qualquer estratégia de negócio pode provocar prejuízos e os investidores devem conhecer os riscos.

Investing.com

Artigos Relacionados

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
henrique leusin
henrique leusin

Olá Investing. De uns dias pra trás o SPY (SP500) era Vendedor, mas ontem voltou a ser Comprador (Insider). Se tem haver com a AHCA, então o Trump sairá Vitorioso.  ... (Leia Mais)

23.03.2017 11:33 GMT· 4 · Responder
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 中文 香港 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+