O Pacote Bomba dos EUA e a Tentativa de Retorno à Normalidade

O Pacote Bomba dos EUA e a Tentativa de Retorno à Normalidade

Jason Vieira  | 25.03.2020 07:43

Um acordo bipartidário de US$ 2,5 tri no senado americano sela o grande trunfo contra a crise do coronavírus e abre espaço para um endividamento americano com paralelo a períodos de guerra.

Ao mercado, resta aguardar a confirmação dos sinais de “início do fim” da crise e retomar uma pretensa normalidade, esperando o momento em que chegará a conta de todos os gastos desta guerra contra um inimigo praticamente invisível.

A curva logarítmica de mortes na Itália, apesar do pico de mortes de ontem começa a dar sinais de redução, ou seja, o que se julga como um período crível entre as primeiras infecções, seus picos e sua consequente contração começa a se evidenciar mais claramente.

Neste período, as medidas profiláticas e os shutdowns tendem a inibir ou ao menos reduzir o período entre os eventos relacionados ao vírus e com isso, trazer de volta o necessário retorno da atividade econômica, antes que os efeitos se tornem indeléveis.

O paralelo inevitável com o H1N1, uma gripe muito mais severa e debilitante além da faixa de idade do COVID-19 levou a uma série de medidas preventivas em nível global, porém nem de longe chegou próximo ao alarmismo histérico do atual momento.

Para piorar, o atual momento se une com eleições em diversos locais do mundo e a politização do evento tende a cobrar um preço cada vez mais elevado para os esforços de contenção do vírus.

Além disso, a falta de eloquência de diversos líderes, nosso presidente incluso, ajuda ainda mais na distorção das mensagens.

O grande problema inicial para os governos foi primeiramente um desdém do avanço do COVID-19, seguido da incapacidade de julgar a tendência humana de entrar em pânico, antes de racionalizar os eventos e por fim, disputas políticas se converteram em ações fracionadas contra o vírus e disputas por protagonismo.

A esperança na droga que reduz o número de mortos se antecipa à inevitável chegada da vacina, a qual está no seu processo acelerado de produção e com isso, avolumam-se os sinais de retorno à normalidade no mundo.

Estamos longe do exemplo japonês, onde a vida está em ritmo normal e o governo já busca pacotes de estímulo da ordem de US$ 500 bi para suprimir os efeitos econômicos de uma das localidades onde o shutdown teve uma das menores durações.

Atenção hoje ao IPCA-15.

ABERTURA DE MERCADOS
A abertura na Europa é positiva e os futuros NY abrem em alta, a série de estímulos anunciados pelo Fed.

Na Ásia, fechamento em alta, após o melhor dia das bolsas americanas desde 1933.

O dólar opera em queda contra a maioria das divisas centrais, enquanto os Treasuries operam negativos a partir dos 10 anos.

Entre as commodities metálicas, altas, exceção ao ouro.

O petróleo abre em queda, com o cenário de atividade desafiador.

O índice VIX de volatilidade abre em alta de 0,13%.

CÂMBIO
Dólar à vista : R$ 5,0976 / -0,86 %
Euro / Dólar : US$ 1,08 / 0,519%
Dólar / Yen : ¥ 111,28 / 0,198%
Libra / Dólar : US$ 1,19 / 1,564%
Dólar Fut. (1 m) : 5088,20 / -0,88 %

JUROS FUTUROS (DI)
DI - Janeiro 22: 4,99 % aa (-0,12%)
DI - Janeiro 23: 6,70 % aa (-7,71%)
DI - Janeiro 25: 8,33 % aa (-4,36%)
DI - Janeiro 27: 9,08 % aa (-4,22%)

BOLSAS DE VALORES
FECHAMENTO
Ibovespa: 9,6897% / 69.729 pontos
Dow Jones: 11,3650% / 20.705 pontos
Nasdaq: 8,1214% / 7.418 pontos

Nikkei: 8,04% / 19.547 pontos
Hang Seng: 3,81% / 23.527 pontos
ASX 200: 5,54% / 4.998 pontos

ABERTURA
DAX: 0,207% / 9720,69 pontos
CAC 40: 1,291% / 4299,18 pontos
FTSE: 1,931% / 5550,94 pontos

Ibov. Fut.: 10,78% / 69900,00 pontos
S&P Fut.: 2,239% / 2492,70 pontos
Nasdaq Fut.: 1,522% / 7609,00 pontos

COMMODITIES
Índice Bloomberg: 0,17% / 63,88 ptos

Petróleo WTI: 1,54% / $23,90
Petróleo Brent: 0,63% / $26,89

Ouro: -0,84% / $1.620,60
Minério de Ferro: -0,10% / $88,46

Soja: 0,42% / $889,50
Milho: 1,08% / $349,50 $349,50
Café: -0,36% / $124,80
Açúcar: 1,95% / $11,59


Jason Vieira

Artigos Relacionados

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Cícero RP
Cícero RP

Pesquise mais leigo, este coronavirus é 3 vezes mais transmissível e 6,5 vezes mais letal que o H1N1.  ... (Leia Mais)

26.03.2020 16:53 GMT· Responder
Daniel Moniz
Daniel Moniz

Bomba é vc não ser capaz de ser um profissional isento, mas totalmente politizado para o lado do mau, dos socialistas-comunistas.  ... (Leia Mais)

25.03.2020 21:21 GMT· Responder
Wilians de Carvalho
Wilians de Carvalho

Vendeu fora do timming, analista?  ... (Leia Mais)

25.03.2020 12:14 GMT· Responder
Ottorino Cetti
Ottorino Cetti

Bolsonara contraria orientaçòes e pede fim de confinamento, como pode?  ... (Leia Mais)

25.03.2020 11:51 GMT· Responder
Ottorino Cetti
Ottorino Cetti

Os futuros americanos voltam negativo neste momento:   S&P 500 Futuros 2.396,88  -1,69%     Dow 30 Futuros 20.450,0  -0,77%  ... (Leia Mais)

25.03.2020 11:50 GMT· Responder
Ottorino Cetti
Ottorino Cetti

Os futuros americanos voltam negativo neste momento:   S&P 500 Futuros 2.396,88  -1,69%     Dow 30 Futuros 20.450,0  -0,77%  ... (Leia Mais)

25.03.2020 11:49 GMT· Responder
Osmar José Angelin
Osmar José Angelin

Coerência e equilíbrio na análise. É o que tá faltando ao presidente, ao líderes políticos e à grande mídia, que entraram em guerra infinita e que tem gerado essa histeria coletiva.  ... (Leia Mais)

25.03.2020 11:44 GMT· Responder
GIROTTO
GIROTTO

ESCREVEU TANTAS PALAVRAS PARA EXPLICAR O ÓBVIO SEM CONSIDERAR A SITUAÇÃO QUE REQUER MEDIDAS E NÃO FALÁCIAS. DEVE ESTAR VENDIDO E CHEIO DE PUTS FORA DO TIMING.  ... (Leia Mais)

25.03.2020 11:41 GMT· 3 · Responder
Zheng Campos
Zheng Campos

Interessante, vamos ver como o mercado reage.  ... (Leia Mais)

25.03.2020 11:34 GMT· Responder
Arley Martins
Arley Martins

Ótima analise e com coerência. Veremos como o mercado irá reagir a este Ultra estimulo e cartada final dos Americanos. Eu fiquei esperançoso com o estimulo americano, pois os outros países iram se movimentar igualmente.  ... (Leia Mais)

25.03.2020 11:30 GMT· Responder
elton szweryda santos
elton szweryda santos

palavras equilibradas  ... (Leia Mais)

25.03.2020 11:09 GMT· Responder
Andre Stein
Andre Stein

Excelente analise, parabéns!  ... (Leia Mais)

25.03.2020 11:02 GMT· Responder
Antonio Salviano
Antonio Salviano

Bom dia Jenson Vieira. Bom dia mercado.   ... (Leia Mais)

25.03.2020 10:53 GMT· Responder
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 中文 香港 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+

Baixe o App

Mais informações sobre o mercado, mais alertas, mais opções de personalizar seus ativos em sua carteira, apenas pelo App

Baixe o App

Mais informações sobre o mercado, mais alertas, mais opções de personalizar seus ativos em sua carteira, apenas pelo App