Por Que um Acordo Quanto ao NAFTA Pode Não Importar aos Mercados?

Por Que um Acordo Quanto ao NAFTA Pode Não Importar aos Mercados?

Investing.com  | 27.04.2018 02:05

  • A questão da origem dos veículos perto de ser resolvida
  • Todos os três países enfrentam pressões políticas para fechar um acordo
  • Mercados viram pouco impacto geral e provavelmente encerrarão o livro com incertezas

De acordo com autoridades dos EUA, do México e do Canadá, as negociações trilaterais sobre o Tratado Norte-Americano de Livre Comércio (NAFTA, na sigla em inglês) estão chegando a um final "bem-sucedido" com um possível acordo amplamente divulgado como estando bem próximo. Todos os três países parecem estar sob pressão política para colocar algum tipo de acordo nas manchetes, embora os mercados provavelmente façam pouco mais do que finalmente fechar o livro sobre a distração temporária.

Acordo sobre veículos perto da conclusão

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que pode conseguir um acordo do NAFTA "rapidamente", embora tenha evitado prometer um acordo. Os negociadores do NAFTA disseram que uma estrutura preliminar pode ser feita no início de maio.

"Nos próximos 10 dias, podemos realmente ter um novo acordo em princípio", disse Moises Kalach, representante do setor privado mexicano nas negociações, em 24 de abril.

Um dos principais pontos de discórdia para os EUA, as regras de origem dos veículos, foi apontado por Chrystia Freeland, ministra das relações exteriores do Canadá, como quase concluído.

Os negociadores de Trump inicialmente exigiram que os veículos fabricados na América do Norte contivessem 85% das peças fabricadas nos países do NAFTA em termos de valor, ficando acima dos atuais 62,5%. Entretanto, informações indicam um acordo centralizado em 75%, com certos componentes vindos de áreas com salários mais altos.

Pressão política exige resolução rápida

O momento dificilmente surpreenderia os mercados, dada a constante insistência de Freeland para que o pacote renegociado seja "ganha-ganha-ganha". Todos os três países enfrentarão eventos políticos iminentes e a reivindicação de "vitória" para o acordo final é essencial para cada uma de suas bases eleitorais.

O México tem sido o foco principal, com as próximas eleições em 1º de julho. Todas as partes envolvidas comentaram sobre a necessidade de evitar que as negociações esbarrem no cronograma de campanha do país. Particularmente notável, Andres Manuel Lopez Obrador é o candidato presidencial claramente favorito e se o acordo final for retratado como uma vitória para Trump às custas do México, Lopez poderia ter incentivo para atacar o acordo do atual governo uma vez que ele busca manter apoio.

Também colocando pressão sobre a realização do acordo, o Senado do México deverá aprová-lo e 1º de setembro é a data para as autoridades recém-eleitas assumirem, três meses antes do novo presidente tomar posse em 1º de dezembro. O atual governo está tentando fechar o acordo com urgência para que possa receber crédito.

A renegociação do NAFTA foi uma grande parte da campanha presidencial de Trump e há uma certa sensação de que o Partido Republicano está buscando uma "vitória" aqui para ajudar a angariar apoio para as eleições intermediárias que acontecem em novembro.

Um fator significativo é o prazo envolvido nos EUA, já que a aprovação de qualquer acordo pelo Congresso também levaria meses. No lado positivo, a renegociação do Nafta parece ter apoio bipartidário, embora alguns especialistas políticos estejam alertando que os democratas que agora tentam recuperar a influência política no Congresso podem não estar dispostos a apoiar a iniciativa do presidente simplesmente para evitar favorecer os republicanos antes das eleições intermediárias.

O Canadá também passa por isso - embora reconhecidamente em um grau menor - uma vez que a província de Ontário realizará uma eleição geral em 7 de junho. Embora o primeiro-ministro Justin Trudeau não será questionado nas urnas até 2019, ele depende muito do apoio da maior província do país em termos de população. Quebec também vai realizar eleições em 1º de outubro.

Porque os mercados irão provavelmente olhar além de qualquer acordo

O ruído político muitas vezes pode causar nervosismo no mercado, mas eles raramente têm um impacto duradouro. Em termos simples, todas as partes envolvidas estão ansiosas para fechar um acordo e tomar crédito político como parte de sua agenda. Independentemente de quais serão os detalhes de um pacto final, os políticos quase certamente reivindicarão uma vitória retumbante, mesmo que não seja nada além de chavões dedicados à sua própria agenda.

Embora o peso mexicano tenha sido negociado quase exclusivamente devido à especulação de um eventual acordo - com seus altos e baixos dependentes dos mais recentes ruídos políticos - ele teve perdas de apenas cerca de 0,2% em relação ao dólar desde 18 de maio de 2017 (veja o quadro abaixo) quando o Representante de Comércio dos Estados Unidos, Robert Lighthizer, notificou o Congresso da decisão de Trump de entrar em negociações com o Canadá e o México "assim que possível".

USD/MXN Diário: Notificação sobre NAFTA

Além disso, o mercado de ações mexicano teve alta de apenas cerca de 0,2%, implicando igualmente que, apesar de todo o ruído político, o efeito geral da incerteza do NAFTA foi amplamente desprezível. Embora as negociações tenham se arrastado interminavelmente, todas as partes envolvidas estão enfrentando pressão para declarar uma "vitória". Os detalhes finais provavelmente serão apenas mais um caso de ruído de fundo político. Com toda a probabilidade, os mercados estarão contentes em fechar o livro neste capítulo cada vez menor e passar para preocupações maiores.

Investing.com

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 简体中文 繁體中文 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+

Baixe o aplicativo do Investing.com

Receba gratuitamente cotações, gráficos e alertas em tempo real sobre ações, índices, moedas, commodities e títulos. Acesse gratuitamente as melhores análises e previsões técnicas.

Investing.com é melhor no App!

Mais conteúdo, cotações e gráficos mais rápidos e uma experiência melhor estão disponíveis apenas no aplicativo.