Compras do BCE Impulsionam Títulos de Governos da Periferia da Europa

Compras do BCE Impulsionam Títulos de Governos da Periferia da Europa

Investing.com  | 14.10.2020 08:00

Publicado originalmente em inglês em 14/10/2020

Que diferença uma década faz. Os títulos de 10 anos do governo português estão prestes a apresentar rendimento de 0%, em comparação com os 16% no auge da crise da zona do euro em 2012 e com os 4% em 2017.

Título de 10 anos de Portugal

Portugal melhorou sua situação financeira, mas a principal diferença é a abundante compra de títulos pelo Banco Central Europeu (BCE) como parte dos seus esforços de mitigar o impacto da pandemia de covid-19.

Mais compras a caminho... E mais cautela também

E o BCE vem emitindo uma luz verde aos investidores nos últimos dias, ao indicar que mais compras do banco central estão a caminho. Luis de Guindos, vice-presidente do banco central, afirmou, na segunda-feira, que as economias da zona do euro estavam perdendo vigor e que o BCE reagiria devidamente, se os dados o confirmassem.

A ata da reunião de setembro do conselho dirigente do banco central, divulgada na semana passada, mostrou que a autoridade monetária queria “mão livre” para injetar mais dinheiro na economia, além do € 1,35 trilhão do seu programa de compras emergenciais.

A menção da palavra “incerteza” por quase duas dezenas de vezes na ata é mais um sinal de que o banco central está planejando mais estímulo, segundo economistas.

Em conjunto com o fundo de recuperação da UE de € 750 bilhões, o auxílio europeu está ajudando os títulos portugueses, além dos papéis de países da periferia sul, que estavam em dificuldades durante a crise financeira: Grécia, Itália e Espanha.

Nas últimas negociações, os títulos de 10 anos de Portugal e Espanha atingiram cerca de 0,14%.

Título de 10 anos da Espanha

Alguns analistas consideram que os papéis de ambos os países podem entrar em território negativo.

O rendimento do título de 10 anos da Itália perdeu o patamar de 0,70% e caiu para 0,66% na terça-feira, enquanto o papel da Grécia com mesmo vencimento atingiu a rentabilidade de 0,78%, ante quase 1,0% na semana passada. A Itália leiloou € 3,75 bilhões em letras de cupom zero de três anos com um leve prêmio rendendo menos 0,14%.

A inflação na zona do euro caiu para -0,3% em setembro em relação a -0,2% em agosto, registrando o segundo mês consecutivo em território negativo e aumentando as expectativas de deflação. Em conjunto com a disparada de infecções de covid-19, a tendência deflacionária indica aos investidores que mais gastos do BCE são inevitáveis.

A busca de rendimento positivo, não importa quão pequeno seja, está fazendo os investidores recorrerem aos títulos do sul da Europa, elevando os preços (os rendimentos desses papéis é inversamente proporcional aos preços).

Spread no título de 10 anos Itália:Alemanha

Gráfico oferecido por TradingView

O spread entre o título de 10 anos da Alemanha e o da Itália ficou abaixo de 120 pontos-base na terça-feira em comparação com mais de 300 pb durante o pânico da covid em março, à medida que o papel derrapava para -0,535%.

As idas e vindas nas negociações entre o congresso americano e a Casa Branca em relação a um estímulo fiscal maior também deixaram os investidores cautelosos e impulsionaram os títulos governamentais europeus.

Essa cautela se estendeu para as ações, na medida em que o impacto da disparada das infecções e a notícia de que a Johnson & Johnson (NYSE:JNJ) havia pausado a pesquisa de sua vacina e a Eli Lilly (NYSE:LLY) também havia interrompido o recrutamento de participantes para os ensaios clínicos geraram preocupações com os efeitos da pandemia, afetando o apetite para o risco.

Os governos vêm se aproveitando das baixas taxas de empréstimo, de forma que a maioria dos países da zona do euro já completou mais de três quartos do seu endividamento planejado. Uma desaceleração nas emissões sustentará os preços e manterá os rendimentos em queda.

A expectativa dos economistas é que o BCE anuncie um novo estímulo em sua reunião de dezembro, quando divulgará suas previsões de inflação e crescimento. Nesse ínterim, os investidores de títulos públicos estão se comportando como se isso já tivesse acontecido, muito embora as aquisições emergenciais do banco central tenham caído de € 120 bilhões em junho para € 70 bilhões em setembro, de acordo com estimativas.

Investing.com

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 简体中文 繁體中文 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+

Baixe o aplicativo do Investing.com

Receba gratuitamente cotações, gráficos e alertas em tempo real sobre ações, índices, moedas, commodities e títulos. Acesse gratuitamente as melhores análises e previsões técnicas.

Investing.com é melhor no App!

Mais conteúdo, cotações e gráficos mais rápidos e uma experiência melhor estão disponíveis apenas no aplicativo.