R$500 Por Conta no FGTS e BCs Mundiais Cortando Juros Pressionam Copom

R$500 Por Conta no FGTS e BCs Mundiais Cortando Juros Pressionam Copom

Fabio Louzada  | 25.07.2019 07:36

Bom dia Investidores,

Ontem o Ibovespa subiu 0,40% e fechou aos 104.119 pontos, com um bom giro financeiro de R$16 bilhões.

O mercado ontem operou na expectativa do anúncio da liberação de saques do FGTS, além dos eventos corporativos e olhando para um cenário externo mais dovish, ou seja, gerando mais estímulos para a economia, com uma preocupação maior com a falta de crescimento econômico e taxa de desemprego do que com a inflação.

Falando do FGTS, a MP assinada por Bolsonaro trouxe quatro novos pontos. O primeiro foi a liberação do saque de até R$ 500 por conta, seja ativa ou inativa, o segundo foi o saque aniversário, no qual o trabalhador vai poder escolher se ele quer continuar do jeito que está, podendo sacar 100% do valor do FGTS no caso demissão ou se ele quer todo ano sacar uma parte do recurso de acordo com uma tabela já divulgada. Essa tabela é decrescente, quanto maior o valor no fundo, menor a porcentagem que poderá ser resgatado por ano, ou seja, quanto maior o valor no FGTS, menos interessante se torna o saque-aniversário.

O terceiro ponto foi a liberação para a utilização do saque-aniversário como garantia de empréstimo, uma espécie de crédito consignado, pois o valor do saque já virá com o desconto da parcela do empréstimo. E por fim, o FGTS que repassava 50% do lucro do fundo para o trabalhador, passará a repassar 100% já a partir de agosto.

Duas regras que poderiam ter alguma mudança se mantiveram da mesma forma, o trabalhador demitido sem justa causa continuará recebendo a multa de 40% sobre o FGTS, optando ou não pelo saque-aniversário. Além disso, a rentabilidade do FGTS se mantém em 3% + TR ao ano, perdendo para a poupança e até para a inflação, por isso se tiver a oportunidade o ideal é sacar, pois no fundo o seu dinheiro vai perdendo poder de compra.

A ideia do governo, foi atingir o maior número de contas com essa medida, pois 81% das contas do FGTS possuem menos de R$ 500 de saldo, por isso não dá para saber ao certo qual será o impacto desse valor liberado, pois está muito pulverizado. Porém o governo estima um impacto de 0,35% no PIB em 12 meses, com a injeção de R$ 42 bilhões na economia, sendo R$ 30 bilhões este ano e R$ 12 bilhões em 2020.

Ontem na espera dos detalhes do FGTS, as varejistas voltaram a ter um dia de alta, acreditando que parte desse recurso liberado pelo FGTS poderá ser utilizado para o consumo. Com isso as ações da Via Varejo (SA:VVAR3) dispararam 5,78%, Magazine Luiza (SA:MGLU3) subiram 1,57%, Lojas Americanas (SA:LAME4) subiram 0,66% e Lojas Renner (SA:LREN3) subiram 0,37%.

Até as construtoras seguiram em alta, com o alívio na manutenção do bloqueio dos saldos de contas maiores, que em grande parte acabam sendo utilizando em financiamentos imobiliários. A Cyrela (SA:CYRE3) subiu 1,39% e MRV (MRVE3 (SA:MRVE3)) subiu 0,37%.

Já as ações da Petrobras (SA:PETR4) caíram 0,62%, acompanhando a queda do preço do barril de petróleo. Ontem a BR Distribuidora (SA:BRDT3) chegaram a subir mais de 6%, porém devolveu boa parte dos ganhos e fechou com alta de 1,54%. Ontem foi o primeiro pregão da empresa após a venda das ações da Petrobrás, que reduziram sua participação 71,25% para 41,25%, transformando a BR Distribuidora em uma companhia privada de capital pulverizado. Esse percentual deve cair ainda mais por conta de lote suplementar.

As ações da Vale (VALE3 (SA:VALE3)) recuaram 2,14% seguindo a queda do preço do minério, assim como as ações da CSN (CSNA3 (SA:CSNA3)) que caíram 3,92% pelo mesmo motivo.

Os bancos fecharam em direções opostas, com Bradesco (SA:BBDC4) subindo 1,88%, Itaú (ITUB4) caindo 0,08%, Santander (SA:SANB11) caindo 1,07%, Banco do Brasil (SA:BBAS3) subindo 1,81% e Banco Inter (SA:BIDI4) caindo 2,62%.

A maior alta ontem foram as ações da Cielo (SA:CIEL3) que dispararam 12,89%, mesmo com um balanço ruim. Alguns analistas atribuíram parte da alta ao discurso do presidente, que foi enfático ao falar do enfrentamento a concorrência, outros atrelaram esse movimento a compras para a cobertura de posições por agentes que haviam alugado as ações para vendê-las. Fato que é essa alta parece ser exagerada.

Indo para o dólar a moeda recuou 0,10%, fechando aos R$ 3,76. O motivo dessa queda se dá pelos movimentos dos BCs mundiais em estimularem a economia via corte de juros. Quanto mais os países desenvolvidos cortarem juros, mais capital irá para os emergentes, com o Brasil sendo um grande candidato para esses recursos. O Euro caiu 0,33% e fechou em R$ 4,19.

Os DIs fecharam mais um dia de queda, com o mercado precificando uma queda de 0,50% para semana que vem, se por acaso o Copom optar por um corte de apenas 0,25%, a tendência é que a bolsa caia, por conta de um menos estímulo do que o esperado. O Di jan 2021 recuou de 5,42% para 5,41% e o DI Jan 2025 recuou de 6,87% para 6,84%.

Na agenda hoje teremos o IPCE-Fipe às 5 horas, os dados do Caged às 10 horas, que deve ser positivo pelo terceiro mês seguido e o relatório mensal da dívida pública às 14h30. No calendário de resultados, teremos a divulgação do lucro do Bradesco, que o mercado está bastante confiante que será positivo e também o balanço de Ecorodovias (SA:ECOR3), ambos antes da abertura do pregão.

Indo para os Estados Unidos, as bolsas fecharam em direções opostas, com o Dow Jones recuando 0,29%, puxado pela queda das ações da Boeing. Já o S&P500 subiu 0,47%, estabelecendo um novo recorde histórico, assim como a Nasdaq subiu 0,85% e também cravou um novo recorde.

Por lá, o mercado voltou a ficar mais confiante com os avanços nas negociações comerciais entre China e EUA, além do calendário de balanços que tem apresentado resultados acima do esperado. Ontem Facebook divulgou um ótimo resultado após o fechamento do pregão, o que deve ajudar a estimular ainda mais a Nasdaq.

Hoje teremos os resultados de Alphabet (NASDAQ:GOOGL)(Google), Amazon (NASDAQ:AMZN) e Intel (NASDAQ:INTC), todos após o fechamento do pregão. Na agenda teremos apenas os dados de encomendas de bens duráveis dos EUA em junho às 9h30.

Indo para a Europa, as bolsas abriram em alta, com Frankfurt subindo 0,13%, Londres subindo 0,09%, Paris subindo 0,44% e Madri subindo 0,04%. Na Ásia as bolsas fecharam em alta, com Tóquio subindo 0,22%, Shanghai subindo 0,48% e Hong Kong subindo 0,24%. Já Seul recuou 0,38%.

O preço do barril de petróleo voltou a cair, após notícias que o Kuwait e os sauditas podem retomar a produção em zona neutra, dessa forma aumentando a oferta e derrubando o preço. O WTI fechou em US$ 55,88 com queda de 1,57%, enquanto o Brent fechou em US$ 63,18 com queda de 1,02%.

As criptomoedas estão subindo nas últimas 24 horas, com o Bitcoin subindo 3,92%, a ethereum subindo 6,66% e a ripple subindo 3,05%.

Para finalizar o IFIX subiu 0,07%, tendo como principal destaque o Continental Square Faria Lima FII (SA:FLMA11) com alta de 6,51%.

Ótima quinta e bons negócios!

Por Fabio Louzada – Eu me banco!

Analista de Valores Mobiliários (CNPI nº 1888)

Acorda Mercado – Ano II, Edição 216

$500 por conta no FGTS e BCs mundiais cortando juros, pressionam Copom | Acorda Mercado 25/07

Fabio Louzada

Artigos Relacionados

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Nayara Martinez
Nayara Martinez

VVAR3 está em alta, você acha que a mesma vai cair depois dos dias dos pais ??   ... (Leia Mais)

02.08.2019 13:52 GMT· Responder
Nayara Martinez
Nayara Martinez

VVAR3 está em alta, você acha que a mesma vai cair depois dos dias dos pais ??   ... (Leia Mais)

02.08.2019 13:52 GMT· Responder
Andresa Piacentini
Andresa Piacentini

Este ano a diatribuicao do lucro do FGTS passa de 50% para 100%, o que gera um rendimento ao FGTS superior ao da poupança.   ... (Leia Mais)

28.07.2019 02:14 GMT· Responder
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 中文 香港 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+