Taxa Selic: BC Retirou o ‘Forward Guidance’: Como Investir Diante Deste Cenário?

Taxa Selic: BC Retirou o ‘Forward Guidance’: Como Investir Diante Deste Cenário?

Rebeca Nevares  | 22.01.2021 16:16

Que a dívida pública disparou e que a inflação segue batendo à porta, todos sabemos. O cenário para a economia preocupa e o Banco Central já indicou que deve fazer modificações na política monetária quando retirou o “forward guidance” do comunicado. Ou seja, é como se o BC retirasse a promessa de não elevar os juros nas próximas reuniões do comitê de política monetária.

O objetivo disso, de forma resumida e simples, é conter a escalada da inflação, que encerrou o ano de 2020 com alta de 4,52% de acordo com dados do IBGE.

Mas como ficam os investidores neste cenário já que os preços de diversos ativos também são afetados pela taxa básica de juros?

Em primeiro lugar, vale ressaltar que é quase unanimidade no mercado que a Selic deve subir em 2021. Alguns gestores e analistas trabalham com uma projeção de 4%, 5% a.a. até o fim do ano.

Se antes a renda fixa estava morta, hoje vemos a sua ressureição em algumas modalidades e o investidor pode aproveitar este movimento.

Em primeiro lugar, é válido olhar para títulos públicos atrelados ao IPCA, que em geral acompanham a alta da inflação e te ajudam a não sofrer com a depreciação do dinheiro. Por outro lado, ativos financeiros na figura do crédito privado também têm oferecido bons retornos.

Também existem os chamados fundos de inflação, nos quais os gestores determinam quais papéis e vencimentos farão parte da carteira. Em geral, os ativos escolhidos são títulos indexados ao IPCA, que tem como objetivo superar um índice de referência como o IMA-B ou o IMA-B 5.

Por outro lado, as debêntures e as ETFs de renda fixa também podem ser alternativas para o investidor.

Fugindo um pouco da Renda Fixa, alguns investidores também gostam de olhar para fundos imobiliários, que em geral, têm seus contratos de aluguel atrelados ao IPCA e IGP-M. Esta modalidade é bastante interessante, pois os dividendos pagos, que variam entre 0,5 e 0,6% ao mês na média do mercado, ajudam a amortecer eventuais desvalorizações dos ativos.

O mercado financeiro é repleto de opções para que o investidor possa escolher a melhor estratégia de acordo com seus objetivos. Se você ainda não sente segurança para investir um grande volume de recursos, procure um profissional especializado para te ajudar e acompanhe o mercado regularmente.

Bons negócios!

Rebeca Nevares

Artigos Relacionados

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Roberto Oliveira
Roberto Oliveira

Acontece que existe a "marcação a mercado" e assim, traz para a curva de juros um ajuste negativo.  ... (Leia Mais)

26.01.2021 13:07 GMT· 2 · Responder
rodrigo Pessoa
rodrigo Pessoa

O problema é quando o governo resolve maquiar o índice inflacionário. Não sou fã de títulos por conta disso.   ... (Leia Mais)

25.01.2021 10:50 GMT· Responder
Carlos Martinho
Carlos Martinho

Mercado irracional, procurando uma base para manter-se. Qualquer notícia é motivo para precificação. Momento de cautela, com certo pragmatismo.  ... (Leia Mais)

24.01.2021 19:33 GMT· Responder
Roberto Rizzato
Roberto Rizzato

Assim como a historia do Ícaro, buscar o equilibrio é sempre prudente. Vivemos momentos turbulentos, mais destinados a dias melhores la fora. Aqui na nossa des economia doméstica, desse des governo genocida, pode-se esperar tudo, menos equlibrio e sabedoria. O mercado só não está a Deus dará, porque aos poucos os melhores ( aqueles que inovam, se justificam com resultados antenados aos ventos de um mercado real) vão dando a sua cara. Fuja dos tubarões! Dos palpiteiros tendensionalistas próprios. Rebeca, toda a luz é bem vinda.   ... (Leia Mais)

24.01.2021 11:19 GMT· Responder
Lucas Sábia Torres
Lucas Sábia Torres

Ótima matéria!!!!  ... (Leia Mais)

24.01.2021 03:20 GMT· Responder
Nathan Silva
Nathan Silva

Com ibovespa sobrevalorizado, juros longos podem ser a próxima oportunidade.  ... (Leia Mais)

24.01.2021 00:37 GMT· Responder
Leandro Silva
Leandro Silva

Política ficou igual futebol, tem entendedor do assunto em todo canto, mais cada um puxa sardinha para o seu time e ninguém lembra que se não tivermos verdadeiramente bons representantes no "time" o objetivo final fica comprometido. No futebol esse objetivo se chama copa do mundo, na política se chama desenvolvimento sustentável. Nunca se pode esquecer da visão macro, a mais importante.  ... (Leia Mais)

23.01.2021 22:59 GMT· Responder
RV ANDRADE
RV ANDRADE

ótimo texto!  ... (Leia Mais)

23.01.2021 22:42 GMT· Responder
PereiraBonus
PereiraBonus

Esse governo que está aí só falta aumentar a SELIC para ser medíocre!!!  ... (Leia Mais)

23.01.2021 22:15 GMT· 5 · Responder
Wanderson Emilio
Wanderson Emilio

Tá com um cheirinho de uma nova subprime. Todo mundo devendo todo mundo e ninguém sabe de onde vai tirar dinheiro pra pagar. a bolha ssta prestes a estourar.  ... (Leia Mais)

23.01.2021 22:09 GMT· Responder
Hermes Trimegistos
Hermes Trimegistos

2 coisas que sustentam a realidade econômica mundial: Dívida e Fé na sua quitação. kkkkk  ... (Leia Mais)

23.01.2021 02:40 GMT· Responder
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 简体中文 繁體中文 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+

Baixe o aplicativo do Investing.com

Receba gratuitamente cotações, gráficos e alertas em tempo real sobre ações, índices, moedas, commodities e títulos. Acesse gratuitamente as melhores análises e previsões técnicas.

Investing.com é melhor no App!

Mais conteúdo, cotações e gráficos mais rápidos e uma experiência melhor estão disponíveis apenas no aplicativo.