Tesouro Selic (neste Cenário): Reserva de Emergência ou de Oportunidade?

Tesouro Selic (neste Cenário): Reserva de Emergência ou de Oportunidade?

Eduardo Caldas  | 19.10.2020 19:21

É sabido que o Tesouro Selic - título de dívida emitido pelo Tesouro Nacional - sempre foi utilizado como reserva de emergência.

Título esse extremamente conservador, sem risco (você já deve ter ouvido o termo Risk Free), e a garantia dele é o próprio país que o emite - nosso caso Tesouro Selic, Argentina - Lelic, EUA - Treasury, e outros;

O país faz uma emissão de dívida para se financiar.

Na prática ele chega para você, investidor, e fala,

"Meu jovem, tenho um título do qual você pode adquirir a partir de valor R$ X,XX do qual eu te prometo pagar a taxa de juros do nosso país mais uma % de correção".

Como a garantia é o próprio país, por que não?

Mas, e neste cenário atual - pandemia presente - o Tesouro Selic deve ser considerado como reserva de emergência mesmo? Aquele do qual, na teoria, deveria ser um recurso com risco zero, oscilação zero, liquidez imediata e preservação de capital.

Abaixo estão cards do qual podem ser visualizados no próprio site do Tesouro Nacional:


Podemos ver que os Títulos 2023 e 2025 sofreram oscilações negativas no mês anterior e continuam, ainda, com alguma oscilação negativa.

Isso quer dizer que deixará de ser reserva de emergência?

Conforme a teoria, sim, deveria deixar de ser.

Mas por que não reserva de Oportunidade?

Reserva de oportunidade seria aquele recurso do qual você não tem pretensão de utilizar no curto prazo, mas ficaria disponível justamente para algo "fora do comum" do qual você poderia aproveitar. E, nesse caso, não necessariamente seria necessário uma liquidez imediata e risco zero. Mas seria aceitável uma liquidez de 1 a 5 dias, uma baixa volatilidade e que te remunerasse acima do CDI.

E o Tesouro Selic 2025 se tornaria uma Reserva de Oportunidade por conta do spread que estava sendo oferecido, e ainda está, de Setembro até aqui:

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

O Tesouro chegou a ofertar a Taxa Selic + 0,374% no título com vencimento de 01/03/2025. E podemos ver nas datas anteriores que a sua remuneração era muito abaixo.

Inclusive, em cenários normais, esse spread adicional chega a ser 0,01%.

Quando o Tesouro Nacional de determinado país faz uma emissão robusta de títulos e essa demanda não sobrepõe a sua oferta, eles tendem a pagar uma remuneração um pouco maior para dar atratividade aos títulos. Mas, como podemos ver acima, chegamos em um patamar do qual os valores oferecidos, podem sim, se tornar uma oportunidade.

Se tiveres um recurso do qual não tens pretensão de utilização no curto/médio prazo e que já possui a sua reserva de emergência composta, por que não adquirir um título do qual tem garantia nacional, risco zero e liquidez boa?

Lembrando que, em qualquer título público federal, caso você queira ter o seu recurso de forma antecipada à data de vencimento contratado, você dependeria do mercado, ou seja, o seu título seria ofertado ao mercado para ver quem gostaria de o adquirir.

Então quando olhamos nas colunas PU Compra Amanhã e PU Venda Amanhã, podemos ver que o valor de venda está abaixo do valor de compra, por isso a rentabilidade negativa dos títulos.

O ideal? Levar até o vencimento.

Caso não, esperar que a gente volte ao "mais normal possível" da economia para que possa aproveitar de ofertas melhores do mercado.

E caso precise com emergência desse recurso do qual você comprou Tesouro Selic, utilize a sua reserva de emergência, por que essa, nesse caso, seria para Oportunidades!

Eduardo Caldas

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Bruno Di Cássia
Bruno Di Cássia

parabéns, Edu!  ... (Leia Mais)

21.10.2020 09:41 GMT· Responder
Olivia Linhares
Olivia Linhares

Ótimo ponto de análise Eduardo!  ... (Leia Mais)

20.10.2020 22:05 GMT· Responder
Alvaro Mocellin
Alvaro Mocellin

Excelente matéria, Eduardo.   ... (Leia Mais)

20.10.2020 12:41 GMT· Responder
Alvaro Mocellin
Alvaro Mocellin

Excelente, matéria Eduardo. 👏  ... (Leia Mais)

20.10.2020 12:40 GMT· Responder
Alvaro Mocellin
Alvaro Mocellin

Excelente, matéria Eduardo. 👏  ... (Leia Mais)

20.10.2020 12:40 GMT· Responder
Matheus Andrade
Matheus Andrade

Muito bom Eduardo, devido ao cenario, a opcão de reserva de emergencia 100% tesouro selic deve ser revisada.   ... (Leia Mais)

20.10.2020 12:33 GMT· Responder
Higo Silva
Higo Silva

👏👏👏  ... (Leia Mais)

20.10.2020 12:12 GMT· Responder
Fred Lorenzo
Fred Lorenzo

Esclarecedor e objetivo👏👏👏  ... (Leia Mais)

20.10.2020 11:21 GMT· Responder
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 简体中文 繁體中文 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+

Baixe o aplicativo do Investing.com

Receba gratuitamente cotações, gráficos e alertas em tempo real sobre ações, índices, moedas, commodities e títulos. Acesse gratuitamente as melhores análises e previsões técnicas.

Investing.com é melhor no App!

Mais conteúdo, cotações e gráficos mais rápidos e uma experiência melhor estão disponíveis apenas no aplicativo.