Tônica da Semana: Quarta-feira de Cinzas? Não, Vermelha Mesma

Tônica da Semana: Quarta-feira de Cinzas? Não, Vermelha Mesma

William Alves  | 26.02.2020 10:54

Hoje é 26/2, quarta-feira de cinzas! Talvez muitos de vocês estejam de ressaca, voltando ao seu estado normal, ainda pouco preocupados com o que se passa no mercado. Mas, deixei essa tônica pronta ontem à noite. A ideia é facilitar o entendimento de vocês sobre o que se passa. Vamos lá!

ENTENDENDO O QUE SE PASSOU

Mais e mais notícias de que o corona vírus saiu da China e se espalhou pelo mundo: Itália, Espanha e Alemanha reportaram casos. Aumentou o número de mortos e infectados na Coreia do Sul, no Irã, ou seja, além da China. O mundo e o mercado acordaram, basicamente. ao fato de que esse vírus não respeita fronteiras! Começaram a colocar na conta uma desaceleração na economia global, não só chinesa. Em especial, ontem, os índices americanos tombaram com o receio de que o vírus possa também se espalhar nos EUA. O gráfico abaixo é do jornal Folha de S.Paulo. Mas, o site BNO News tem bastante infos boas. Tenho usado a conta deles no Twitter para me manter atualizado - recomendo!

E O MERCADO

O impacto foi bem simples: certa paúra e pânico clássico de momentos de aversão a risco que fizeram com que o VIX “explodisse”…

VIx - Powered by TradingView

O que pesou mais foi o fato de as bolsas americanas estarem em máximas históricas, então deu certa correria de vendas com muita gente embolsando os lucros acumulados. S&P 500 caiu 6.22% em 2 dias, zerando os ganhos de 2020.

S&P 500 - Powered by TradingView

Olhando o período de uma semana, chama atenção a queda de alguns papéis. Abaixo o mapa do desempenho das ações do S&P 500:

Em especial a segunda-feira foi bem pesada. Colocando em contexto, a variação do dia está entre as maiores quedas do S&P nos últimos 10 anos!

Purple: Segunda-feira do vírus

Blue: Volmageddon

Verde: referendo do Brexit

Amarelo: desvalorização do iuan chinês

Ciano: fim da expansão do balanço do Fed

Vermelho: Crise do euro

Fonte: @DavidInglesTV

Piores dias no mercado nos últimos 10 anos

E a aversão a risco gerou a procura pelas treasuries bonds (ativo de segurança). Além disso, mercado colocou na curva de juros a expectativa de mais flexibilização monetária (queda de juros nos EUA). Em vez de postar o gráfico da curva de juros, coloco abaixo os gráficos de 3 ETF’s que dão exposição as treasuries - são apenas exemplos e não recomendação! O TLT com uma carteira de títulos de 20 anos (linha vermelha); IEF com uma carteira de títulos de 7 a 10 anos (linha azul); IEI com uma carteira de títulos de 3 a 7 anos (linha verde).

Powered by TradingView

E no mais o clássico: ouro para cima, Petróleo e emergentes para baixo. Abaixo os gráficos de ETF’s que replicam as oscilações dos índices em questão: ouro (IAU), petróleo (USO) e emergentes (NYSE:EEM).

Powered by TradingView
Powered by TradingView
Powered by TradingView

E O DÓLAR…

O dólar acabou se desvalorizando nos últimos 2 dias, provavelmente pelo fato de a moeda já vir se valorizando bem ao longo de 2020. Abaixo o gráfico do Índice Dólar, que coloca o dólar contra uma cesta de moedas:

Powered by TradingView

Já contra os emergentes, o Dólar se valorizou 1,6% contra o Peso colombiano, 1,9% contra o Rublo russo, 1% contra o Peso mexicano. VOU CHUTAR: não me parece equivocado pensar que o dólar poderia ter alta de 1% ou até 2% contra o real hoje, o que jogaria a divisa para os R$ 4.43 a R$ 4.48. Mas, isso é totalmente imprevisível e um chute realmente

E O BRASIL….

Apesar da bolsa fechada, várias ações brasileiras são negociadas nos EUA. Existe um ETF que agrega o desempenho de algumas ações brasileiras, é o iShares MSCI Brazil Capped ETF (NYSE:EWZ) (aqui tem mais infos dele). Abaixo o gráfico: queda de 6,24% nos 2 dias em que a bolsa no Brasil esteve fechada.

Powered by TradingView

Aqui você encontra uma lista completa das ações que são negociadas nos EUA. Abaixo a foto do desempenho delas nos últimos 2 dias em que a bolsa brasileira esteve fechada.

CORONA AQUI TAMBÉM?

Para acabar a leitura do que se passa, tivemos o nosso primeiro caso de corona vírus confirmado no Brasil, o primeiro caso na América Latina! Será que já dá pra dizer CHUPA ARGENTINA?

E O QUE EU PENSO DISSO TUDO…

Já tinha comentado aqui há um mês que o simples fato de afetar o crescimento econômico chinês já era deveras negativo para o mundo. Escrevi:

se afeta o consumo e o crescimento econômico chinês, pode ter certeza que não é boa coisa!”

Os gráficos abaixo mostram que o consumo de energia e o fluxo de transporte na China estão muito aquém do normal para esse período do ano, o que dá para concluir? Que o impacto em termos de PIB será elevado!

E se afeta o mercado chinês, afeta o Brasil. Também já tinha comentado isso aqui nas minhas tônicas. Do dia 10/02:

China responde por mais de 35% do crescimento do mundo, então haverá impacto econômico, mesmo com injeção de recursos pelo BC chinês, teremos impacto e isso não é bom para o Brasil que tem em China um importante parceiro comercial!

Penso que começaremos a ver chuva de revisão do crescimento de PIB do Brasil para baixo.

Por outro lado, o mercado também exagera. Nem todos os casos de doenças e epidemias que vimos o resultado foi o mesmo no mercado! Ou seja, exagero! E que o impacto líquido para as ações no médio prazo foi nulo! Comentei dia 03 de fevereiro:

Costumo dizer que o mundo acaba umas 3x por ano pelo menos no mercado (…) Dou até uma lista pra vocês se deliciarem: Lista do desesperos de mercado.

O que mudou essa semana foi o fato do vírus se espalhar, o que significa dizer que não será somente a China que irá travar por um tempo, talvez o mundo trave!

Mas, para acabar, de uma forma otimista, penso e realmente acredito que existem alguns fatores que contrapõe essa histeria coletiva, alguns remédios para a dor de cabeça da ressaca do Carnaval:

1) Vacinas: as autoridades americanas divulgaram hoje que em 1 mês e meio já terão vacinas sendo testadas em humanos, ou seja, meados de abril. Até ser comercializado ainda leva um tempo. Mas, meu ponto aqui é que já existe uma cura, uma luz no final do túnel que pode tornar essa, uma doença tal qual as outras epidemias que já vivemos e que, como comentei, acabam não afetando o longo prazo dos seus investimentos.

2) Coelhos de Trump: estamos em ano de eleição e aposto um Coca-Cola com vocês de que Mr .Trump irá tirar quantos coelhos ele puder da sua cartola para sustentar a economia, para colaborar para a atividade e o crescimento da economia americana!

3) Coelho chinês? Igualmente, passado o pico da doença os chineses vão correr atrás do prejuízo injetando dinheiro na sua economia para entregar suas metas de crescimento…

Sigo achando que vai afetar o curto prazo e realinhar expectativas de crescimento e tudo mais, mas não pretendo vender minhas posições. Por ora não penso em alterar minha carteira, não acredito em grande e grave crise mundial, e todos esses cenários catastróficos. Posso estar sendo ingênuo, otimista demais, raso na minha análise, enviesado, mas ao menos escrevo aqui com sinceridade o que penso.

Era isso.

Aquele Abs.

William Alves

Artigos Relacionados

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Milton Sevilha
Milton Sevilha

Continuo tranquilo, o mercado tem seu ciclo de alta e de realizações.  ... (Leia Mais)

27.02.2020 02:11 GMT· Responder
Sergio Rossi
Sergio Rossi

Sigo mantendo minhas posicoes. Vao pro ceu ou pro inferno comigo.  ... (Leia Mais)

26.02.2020 22:20 GMT· Responder
Andre Tasoniero
Andre Tasoniero

Boa!  ... (Leia Mais)

26.02.2020 22:03 GMT· Responder
Ricardo Zena
Ricardo Zena

Quem vendeu na primeira quinzena de janeiro está na praia ao lado, esperando o tsunami passar de olho na recompra.Muita conversa fiada de especulador pondo medo no pessoal desavisado.Aposto uma coca que até sexta recuperamos 40% da perda de hoje. Logo divulgam o antidoto!!! Segue o jogo!!!!.  ... (Leia Mais)

26.02.2020 22:02 GMT· Responder
Wilton Silva Aguiar
Wilton Silva Aguiar

Esse Corona é uma verdadeira ducha de água gelada na vida de muita gente. Esperocque nao haja mais mortes e que nenhuma familia mais sofra por causa desse vírus.  ... (Leia Mais)

26.02.2020 20:28 GMT· Responder
Ricardo Santos
Ricardo Santos

Grande William! Quanto ao vírus, também creio que não demora muito, será controlado com as vacinas. Já no Brasil, a questão que me preocupava era "quando" chegaria e não "se", visto que aqui o sistema de saúde é bem inferior aos dos países que já enfrentavam a doença. Mas vamos aguardar. Quanto ao mercado financeiro estou com boas expectativas de compra devido à baixa das Bolsas Americanas, pena que o dólar não acompanha a queda... Já no Brasil, achei que as quedas seriam maiores (pelo menos da minha carteira não foi tanto) Bom e ruim kkkk pois também queria aumentar as posições aqui. Vamos acompanhar... Abraços!  ... (Leia Mais)

26.02.2020 18:33 GMT· Responder
Cristiano Guedes
Cristiano Guedes

Que a crise tá aí ninguém tem dúvida. a dúvida é quanto tempo ela irá durar.  ... (Leia Mais)

26.02.2020 17:02 GMT· Responder
Valmir Simplicio
Valmir Simplicio

Isso é um fato. O mundo não se curvará a esse virus. Existem outros potentes e estão domados. Este nao será diferente.  ... (Leia Mais)

26.02.2020 16:57 GMT· Responder
Roberto Dutra Sartor
Roberto Dutra Sartor

Concordo em quase tudo que foi dito. Porém estou ainda receoso sobre essa ingestão de dinheiro da China. Eles ja perderam muito e vão perder mais ainda. Não creio que vai haver uma "gastança desenfreada" para compensar as perdas por conta do COVID-19  ... (Leia Mais)

26.02.2020 16:12 GMT· Responder
Pedro Hurwicz
Pedro Hurwicz

Ações da farmacêutica Moderna saltam mais de 27% nos EUA com vacina contra coronavírus  ... (Leia Mais)

26.02.2020 16:00 GMT· Responder
Varga
Varga

"Posso estar sendo ingênuo, otimista demais, raso na minha análise, enviesado, mas ao menos escrevo aqui com sinceridade o que penso." Que nada ! Análise bem embasada e centrada. Quem vai panicar geral são os mãos de alface e quem tem tese de investimento robusta, vai testar a convicção.  ... (Leia Mais)

26.02.2020 14:09 GMT· 3 · Responder
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Polski Português (Portugal) Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 中文 香港 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+

Baixe o App

Mais informações sobre o mercado, mais alertas, mais opções de personalizar seus ativos em sua carteira, apenas pelo App