A Decisão do Fomc Será Boa ou Ruim para o Dólar?

A Decisão do Fomc Será Boa ou Ruim para o Dólar?

Kathy Lien  | 16.09.2020 09:05

Publicado originalmente em inglês em 15/09/2020

O anúncio de política monetária do Federal Reserve nesta quarta-feira é o evento de risco mais importante no calendário da semana, mas muitos investidores estão se perguntando sobre seu impacto no dólar. Na segunda-feira, a moeda americana se desvalorizou frente a todas as principais divisas na expectativa de uma continuidade dos estímulos, mas, ontem, o comportamento dos preços foi misto. O dólar continuou seu deslize contra o iene japonês, mas se fortaleceu contra o euro. Outras moedas, como libra esterlina e os dólares do Canadá, Austrália e Nova Zelândia, encerraram o dia em alta frente à divisa americana, mas recuaram em relação às máximas iniciais, o que significa que entraram compradores no dólar estadunidense durante o pregão em Nova York, com exceção do USD/JPY.

Por que os investidores estão comprando dólares? Com as ações subindo pelo terceiro dia consecutivo, não é por conta da aversão ao risco. Os títulos do tesouro americano se valorizaram levemente, o que ajudou no movimento, mas uma das principais razões para a forte ascensão é o índice industrial do Empire State. Economistas esperavam que o índice subisse de 3,7 para 6,9, mas ele saltou para 17. A baixa taxa de infecções no estado de Nova York e a contínua reabertura ajudaram o setor manufatureiro a se recuperar ao seu segundo ritmo mais rápido desde 2018. Se bem que alguns estados tenham registrado picos nos casos de vírus no último mês, isso não provocou um rigor maior nas medidas de contenção, ou seja, a recuperação prosseguiu.

Quando o Federal Reserve se reunir hoje, a expectativa é que não haja qualquer alteração na política monetária. O principal foco estará em suas projeções econômicas e no gráfico de expectativas dos membros do comitê. Sabemos que a linguagem do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês) será ajustada para dar conta da nova estratégia do banco central em relação à inflação. Em agosto, o presidente da instituição, Jerome Powell, anunciou um novo posicionamento no sentido de permitir que a inflação supere as metas do banco central, a fim de atingir a estabilidade de preços no longo prazo. Essa nova abordagem ocorre após quase uma década de inflação abaixo da meta de 2%. Suas projeções econômicas e o gráfico de expectativas podem refletir essas mudanças, com menores expectativas de crescimento dos preços e um atraso nas medidas de aperto. Entretanto, o Fed pode elevar sua perspectiva de crescimento, o que deve impulsionar o dólar, pois os investidores já se posicionaram antes da decisão de juros esperando a continuidade dos estímulos.

Desde a sua última reunião de política no fim de julho, os gastos dos consumidores arrefeceram, a confiança caiu e o aumento dos empregos desacelerou. Há, no entanto, algumas melhoras no mercado imobiliário e, de acordo com as pesquisas do ISM, a atividade industrial acelerou a um ritmo mais acelerado, enquanto os serviços se estabilizaram. De fato, quando Powell anunciou a nova estratégia de inflação do Fed, o dólar disparou em vez de se enfraquecer, por essa mesma razão. Os comentários de Powell naquele momento transpareceram um leve otimismo enquanto descrevia a economia como saudável, com exceção das áreas impactadas pelo vírus. Portanto, não ficaríamos surpresos se o dólar ganhar força com o Fomc, mas o movimento não deve ficar isento de oscilações. As reduções nas expectativas de alta de juros via gráfico de projeções dos membros do comitê devem impulsionar o dólar inicialmente, podendo encerrar o dia em alta. As vendas de varejo nos EUA serão divulgadas antes do anúncio de política monetária e podem determinar as expectativas para a decisão de juros.

Indicadores Econômicos dos EUA

As moedas mais fortes ontem foram o iene japonês e os dólares da Nova Zelândia e Austrália. O NZD disparou com a flexibilização das medidas de isolamento e os preços de laticínios subiram, enquanto o AUD se valorizou após a ata do RBA e de dados chineses mais fortes. Os relatórios de IPC no Canadá e Reino Unido estão agendados para esta quarta-feira. De acordo com os PMIs, as pressões inflacionárias no Reino Unido aceleraram, enquanto os preços no Canadá arrefeceram. Com a decisão do Banco da Inglaterra sobre a taxa de juros no calendário desta semana, os dados britânicos podem ter mais impacto no GBP do que no loonie.

Kathy Lien

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 简体中文 繁體中文 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+

Baixe o aplicativo do Investing.com

Receba gratuitamente cotações, gráficos e alertas em tempo real sobre ações, índices, moedas, commodities e títulos. Acesse gratuitamente as melhores análises e previsões técnicas.

Investing.com é melhor no App!

Mais conteúdo, cotações e gráficos mais rápidos e uma experiência melhor estão disponíveis apenas no aplicativo.