Anatel vê Covid-19 impulsionar banda larga, admite atraso em leilão 5G

Anatel vê Covid-19 impulsionar banda larga, admite atraso em leilão 5G

Reuters  | 22.05.2020 15:05

Anatel vê Covid-19 impulsionar banda larga, admite atraso em leilão 5G

Por Gabriela Mello

SÃO PAULO (Reuters) - Operadoras de telecomunicações viram o tráfego de banda larga fixa saltar entre 40% e 50% desde o início da pandemia de coronavírus, disse o presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) nesta sexta-feira, admitindo pela primeira vez que medidas de distanciamento social para conter a pandemia podem acabar atrasando o cronograma do leilão de 5G.

Mesmo antes da Covid-19, o aguardado leilão do espectro de 5G tinha sido adiado em relação à data inicialmente prevista de março de 2020, dada a necessidade de investigar melhor possíveis interferências com outros sinais.

No final de março, a Anatel suspendeu indefinidamente os testes de campo para a frequência de 3,5 GHz, embora outras simulações técnicas com computadores sigam em andamento.

"A pandemia certamente gera algum impacto no cronograma e na própria cadeia de suprimentos do 5G no curto prazo... Isso é inexorável", disse o presidente da agência reguladora, Leonardo Euler de Morais, em uma live realizada pelo think tank local Aliança Conecta Brasil F4.

"No longo prazo, porém, estimula o 5G, a expansão da fibra e a infraestrutura de telecomunicações uma vez que testa a importância das soluções digitais para o endereçamento da crise", acrescentou.

Os comentários de Morais sinalizam uma ligeira mudança no discurso da Anatel desde o início de abril, quando a agência insistia na possibilidade de realizar o leilão de 5G ainda no final de 2020, classificando discussões sobre um novo adiamento como "prematuras". Ele também elogiou as operadoras de telefonia por manterem a qualidade do serviço prestado mesmo com o aumento do tráfego de dados durante a pandemia, bem como os esforços para expansão da rede de fibra ótica FTTH (fiber-to-the-home), que Morais vê como um passo crucial antes da chegada da tecnologia 5G.

Entre elas, a Oi (SA:OIBR3) planeja elevar os investimentos na rede FTTH para 4 bilhões a 5 bilhões de reais este ano, ante aproximadamente 3 bilhões de reais em 2019, segundo o presidente da empresa, Rodrigo Abreu.

© Reuters. .

"Nosso foco é justamente esse, temos a maior infraestrutura de fibra óptica do país. São quase 400 mil quilômetros e mais de 3 mil municípios atendidos", comentou Abreu, destacando a chinesa Huawei Technologies como um importante parceiro nessa jornada.

De acordo com o novo presidente da Huawei no Brasil, Sun Baocheng, a demanda por equipamentos de telecomunicações do grupo chinês ainda não sofreu impacto significativo desde o surto de coronavírus no país.

"A fibra óptica se tornou uma demanda básica para as pessoas, assim como água e eletricidade... Temos fabricação local e vamos continuar trazendo soluções e tecnologias mais recentes aos brasileiros", disse Baocheng, que substituiu Yao Wei como CEO nesta semana.

Relacionadas

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 简体中文 繁體中文 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+

Baixe o App

Mais informações sobre o mercado, mais alertas, mais opções de personalizar seus ativos em sua carteira, apenas pelo App

Investing.com é melhor no App!

Mais conteúdo, cotações e gráficos mais rápidos e uma experiência melhor estão disponíveis apenas no aplicativo.