Interrupção no sistema global de imunização pode atrasar vacinação para Covid-19

Interrupção no sistema global de imunização pode atrasar vacinação para Covid-19

Reuters  | 22.05.2020 19:00

Interrupção no sistema global de imunização pode atrasar vacinação para Covid-19

Por Stephanie Nebehay e John Miller

GENEBRA/ZURIQUE (Reuters) - Interrupções maciças nos programas globais de imunização por causa da pandemia de Covid-19 têm deixado especialistas em saúde com medo de que grande parte do mundo em desenvolvimento não seja capaz de obter uma vacina para o novo coronavírus, mesmo quando estiver pronta.

Agências da ONU e a aliança de vacinas Gavi disseram na sexta-feira que 80 milhões de crianças em pelo menos 68 países podem estar em risco de difteria, sarampo e poliomielite porque os esforços rotineiros de imunização foram prejudicados por restrições de viagem, atrasos na entrega e medo dos pais de sair de casa.

Se isto continuar atrapalhando os programas, disse o executivo-chefe da Gavi, Seth Berkley, grande parte do mundo também pode não estar preparada para administrar vacinas contra a Covid-19, desenvolvidas por mais de 100 projetos em todo o mundo.

"Se negligenciarmos as cadeias de suprimentos e a infraestrutura de imunização que mantêm esses programas em execução, também corremos o risco de prejudicar nossa capacidade de lançar a vacina de Covid-19, que representa nossa melhor chance de derrotar essa pandemia", declarou Berkley a repórteres em conferência da Organização Mundial da Saúde.

Londres sediará a cúpula virtual Global Vaccines em 4 de junho, onde a Gavi busca 7,4 bilhões de dólares para o período de 2021-2025 para imunizar mais 300 milhões de crianças.

Os sistemas de saúde frágeis estão sendo afetados pela Covid-19, com aumento de casos em partes da África e números em elevação no Brasil, onde há mais de 300.000 casos registrados e mais de 20.000 mortes.

"A América do Sul se tornou um novo epicentro da doença", disse o principal especialista em emergências da OMS, Mike Ryan.

© Reuters. .

Ryan contestou a determinação do governo brasileiro para uso ampliado do medicamento para malária hidroxicloroquina contra a Covid-19, o que, segundo ele, vai contra as orientações da OMS para aguardar os resultados dos testes, uma vez que o medicamento apresenta riscos cardíacos letais e permanece não comprovado.

O diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, também na conferência, não abordou as mais recentes exigências dos EUA de que sua organização comece imediatamente a investigar a fonte do coronavírus e a resposta da OMS à pandemia.

O presidente norte-americano, Donald Trump, um crítico da OMS, tem ameaçado retirar permanentemente o financiamento dos EUA.

Relacionadas

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Roberto roberto
Roberto roberto

poh... ja falou so toma quem quiser. ta chato já. e dane-se a a OMS e esse serviçal da China. MANDA ELE CALAR A BOCA. Q SACO  ... (Leia Mais)

23.05.2020 10:11 GMT· Responder
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 简体中文 繁體中文 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+

Baixe o aplicativo do Investing.com

Receba gratuitamente cotações, gráficos e alertas em tempo real sobre ações, índices, moedas, commodities e títulos. Acesse gratuitamente as melhores análises e previsões técnicas.

Investing.com é melhor no App!

Mais conteúdo, cotações e gráficos mais rápidos e uma experiência melhor estão disponíveis apenas no aplicativo.