Núcleo dos preços ao consumidor no Japão recuam pela primeira vez em 3 anos

Núcleo dos preços ao consumidor no Japão recuam pela primeira vez em 3 anos

Reuters  | 22.05.2020 08:45

Núcleo dos preços ao consumidor no Japão recuam pela primeira vez em 3 anos

Por Daniel Leussink

TÓQUIO (Reuters) - O núcleo do índice de preços ao consumidor no Japão caiu em abril pela primeira vez em três anos na comparação anual, com a fraqueza dos preços do petróleo e as medidas de contenção ao coronavírus aumentando os riscos de deflação.

Os dados de abril foram divulgados pouco antes de o banco central do país anunciar um novo esquema para aumentar os empréstimos a pequenas e médias empresas afetadas pela pandemia.[nL1N2D40KQ]

A fraqueza dos preços acontece depois que o vírus levou a economia do Japão a uma recessão no primeiro trimestre.

O núcleo do índice de preços ao consumidor, que inclui produtos de petróleo mas exclui os voláteis preços de alimentos frescos, caiu 0,2% no ano até abril, mostraram dados do governo nesta sexta-feira, primeira queda desde dezembro de 2016.

© Reuters. Consumidores usam máscara em supermercado de Tóquio

A expectativa do mercado era de queda de 0,1%, após alta de 0,4% em março.

"É provável que a demanda se recupere quando o coronavírus acabar, mas não há erro de que vai pressionar os preços para baixo nos próximos dois anos", disse Yuichi Kodama, economista-chefe do Instituto de Pesquisa Meiji Yasuda.

O Japão sofreu quase duas décadas de deflação, ou períodos sustentados de queda de preços, até 2013, quando a economia melhorou graças em parte ao afrouxamento monetário adotado pelo banco central.

Relacionadas

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Paulo Silveira
Paulo Silveira

O Japão produz demais. É muito moderno e eficiente e já tem toda a infra estrutura pronta. 53 milhões de japoneses tem emprego e produzem o suficiente para abastecer e bem abastecido 125 milhões de pessoas, boa parte aposentados. Já possuem todos os bens de consumo, não há espaço para muitos eletrodomésticos nem para 3 carros na garagem. Produzem para todos e ainda sobra para exportar. A população cai ano a ano 500 mil habitantes. É de se esperar imóveis vazios, produção sobrando. É natural então que aconteça ZERO de crescimento e ZERO de inflação.  ... (Leia Mais)

22.05.2020 11:33 GMT· 1 · Responder
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 简体中文 繁體中文 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+

Baixe o App

Mais informações sobre o mercado, mais alertas, mais opções de personalizar seus ativos em sua carteira, apenas pelo App

Investing.com é melhor no App!

Mais conteúdo, cotações e gráficos mais rápidos e uma experiência melhor estão disponíveis apenas no aplicativo.