Celso de Mello autoriza acesso a vídeo de reunião ministerial de Bolsonaro

Celso de Mello autoriza acesso a vídeo de reunião ministerial de Bolsonaro

Reuters  | 22.05.2020 17:40

Celso de Mello autoriza acesso a vídeo de reunião ministerial de Bolsonaro

Por Pedro Fonseca e Ricardo Brito

RIO DE JANEIRO/BRASÍLIA (Reuters) - O ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu nesta sexta-feira permitir a divulgação do vídeo da reunião ministerial, com exclusão de apenas dois trechos, ocorrida no dia 22 de abril em que, segundo o ex-ministro da Justiça Sergio Moro, o presidente Jair Bolsonaro teria tentado interferir no comando da Polícia Federal.

Em sua decisão, Celso de Mello determinou a exclusão de trechos específicos em que há referência a dois países com os quais o Brasil mantém relação diplomática, informou o STF em nota.

"O decano autorizou, ainda, o acesso à íntegra da degravação do vídeo. A única restrição imposta foi a trechos específicos em que há referência a dois países com os quais o Brasil mantém relação diplomática", disse o STF na nota. "Com a decisão, qualquer cidadão poderá ter acesso ao conteúdo do encontro de ministros com o presidente Jair Bolsonaro", acrescentou.

A defesa de Moro aponta o vídeo como uma das principais provas do inquérito conduzido pelo ministro do Supremo para tentar confirmar as acusações do ex-ministro de que Bolsonaro buscava mudar o comando da PF, pois estaria preocupado com investigações tocadas pela corporação. Dois dias depois da reunião, Moro e o então diretor-geral da PF, Maurício Valeixo, deixaram seus cargos.

Segundo depoimento prestado por Moro, o presidente teria dito na reunião que iria interferir em todos os ministérios e, quanto à pasta da Justiça e Segurança Pública, se não pudesse trocar o superintendente da PF no Rio, trocaria o diretor-geral da corporação e o próprio ministro da Justiça. Esse episódio ocorreu dois dias antes de Moro pedir demissão do cargo.

O procurador-geral da República, Augusto Aras, opinou pela divulgação restrita do vídeo e disse não compactuar com o uso de investigações como “palanque eleitoral precoce” de 2022.

Após tentar evitar a entrega da gravação, a Advocacia-Geral da União apresentou uma primeira vez a transcrição dos dois trechos que, segundo alegou, teriam relação com as declarações feitas por Moro. Em linha com a estratégia de defesa do presidente, destacou que a preocupação dele seria com a sua segurança e de seus familiares, ao contrário do que alega o ex-ministro. A segurança pessoal do presidente é feita pelo Gabinete de Segurança Institucional (GSI), comandado pelo ministro Augusto Heleno, um dos mais próximos a Bolsonaro.

"Eu não posso ser surpreendido, ser surpreendido com notícias. Pô, eu tenho a PF que não me dá informações; eu tenho a inteligência das Forças Armadas que não me dá informações, a Abin tem os seus problemas, tem algumas informações, só não tem mais porque tá faltando realmente... temos problemas... aparelhamento, etc. A gente não pode viver sem informação", disse o presidente.

© Reuters. Ministro Celso de Mello durante sessão do STF

"Então essa é a preocupação que temos que ter: a questão estratégia. E não estamos tendo. E me desculpe o serviço de informação nosso — todos — é uma vergonha, uma vergonha, que eu não sou informado, e não dá para trabalhar assim, fica difícil. Por isso, vou interferir. Ponto final. Não é ameaça,. Não é extrapolação da minha parte. É uma verdade”, emendou, pouco depois.

Em outro momento, a AGU fez uma transcrição referente à uma eventual tentativa de troca da "segurança nossa" no Rio de Janeiro.

"Já tentei trocar gente da segurança nossa no Rio de Janeiro oficialmente e não consegui. Isso acabou. Eu não vou esperar f. minha família toda de sacanagem, ou amigo meu, porque eu não posso trocar alguém da segurança na ponta da linha que pertence à estrutura. Vai trocar; se não puder trocar, troca o chefe dele; não pode trocar o chefe, troca o ministro. E ponto final. Não estamos aqui para brincadeira", afirmou Bolsonaro, no segundo trecho.

Relacionadas

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
silvio ladeira
silvio ladeira

Forastf  ... (Leia Mais)

24.05.2020 17:44 GMT· Responder
André Costa
André Costa

Inclusive com ações do BBAS3 em alta com a fala de Paulo Guedes.  ... (Leia Mais)

23.05.2020 00:14 GMT· Responder
Léò Silva
Léò Silva

Moro fez todo esse auê como se o cara tivesse cometido uma atrocidade kkkk me fez lembrar as gravações dos friboi na época do Temer   ... (Leia Mais)

23.05.2020 00:12 GMT· Responder
André Costa
André Costa

Se depender do vídeo da reunião exibido hoje de bolsa em alta semana que vem.  ... (Leia Mais)

23.05.2020 00:09 GMT· Responder
André Costa
André Costa

A Globo vai estribuchar, mas novamente o tiro sairá pela culatra de noooooovo.  ... (Leia Mais)

23.05.2020 00:08 GMT· Responder
Andollinni Carleone
Andollinni Carleone

O homem já tá reeleito!  ... (Leia Mais)

22.05.2020 23:52 GMT· Responder
silvio ladeira
silvio ladeira

Bolsonaro 22 26 30.  ... (Leia Mais)

22.05.2020 22:40 GMT· Responder
Paulo Cancado
Paulo Cancado

Quanto mais mexem com o Presidente, mais forte ele fica. Que coisa.  ... (Leia Mais)

22.05.2020 22:12 GMT· Responder
Paulo Cancado
Paulo Cancado

Quanto mais mecheu com o Presidente, mais forte ele fica. Que coisa.  ... (Leia Mais)

22.05.2020 22:10 GMT· Responder
Paulo Cancado
Paulo Cancado

Infelizmente os outros 2 poderes tem atrapalhado o crescimento do Brasil. Será qual o interesse nisso tudo?  ... (Leia Mais)

22.05.2020 22:09 GMT· Responder
PauloXVVVVV
PauloXVVVVV

Independente se o Governo do Bolsonaro é bom ou ruim, a verdade é que eu nunca vi um Presidente ser tão perseguido quanto esse. Deve estar incomodando muito a  muitas pessoas, assim como  aquelas Mídias que todos sabem que são!!!  ... (Leia Mais)

22.05.2020 22:00 GMT· Responder
Cícero RP
Cícero RP

Seria interessante se quebrassem o sigilo do celular do Adelio e quem bancou jatinho e honorarios de seus milionarios advogados (tudo abafado)!  ... (Leia Mais)

22.05.2020 21:50 GMT· Responder
Carlos Alberto Monteiro
Carlos Alberto Monteiro

Este vídeo não esclareceu nada.  ... (Leia Mais)

22.05.2020 21:34 GMT· Responder
RafaelCaetano11
RafaelCaetano11

Fato!!! Bolsonaro mais forte agora.   ... (Leia Mais)

22.05.2020 21:34 GMT· Responder
Fernando Gonçalves
Fernando Gonçalves

No Brasil é muito mi mi mi... qndo alguém fala a verdade vem a mídia e quer destituir... não tem nada de novo neste vídeo... #forçabolsonaro  ... (Leia Mais)

22.05.2020 21:26 GMT· Responder
Lincoln Meira
Lincoln Meira

Bolsonaro cresceu !!!   ... (Leia Mais)

22.05.2020 21:20 GMT· Responder
Paulo Reis
Paulo Reis

Perfeito presidente! vc é o cara!  ... (Leia Mais)

22.05.2020 21:15 GMT· Responder
Elves Silva
Elves Silva

#BolsonaroTemRazaovai ganhar fácil em 2022!  ... (Leia Mais)

22.05.2020 21:08 GMT· 2 · Responder
RafaelCaetano11
RafaelCaetano11

Um ministro do STF ganha R$ 100.000,00 por mês!!! PQP...estou aqui sardinhando na bolsa pra tentar não perder meu dinheiro, e esses caras com um salário desses!?   ... (Leia Mais)

22.05.2020 20:44 GMT· 1 · Responder
Eduardo Labor
Eduardo Labor

80.000 novamente no ibov ?  ... (Leia Mais)

22.05.2020 20:43 GMT· Responder
Léò Silva
Léò Silva

E que comecem as apostas! Boa sorte aos players...   ... (Leia Mais)

22.05.2020 20:23 GMT· Responder
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 简体中文 繁體中文 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+

Baixe o aplicativo do Investing.com

Receba gratuitamente cotações, gráficos e alertas em tempo real sobre ações, índices, moedas, commodities e títulos. Acesse gratuitamente as melhores análises e previsões técnicas.

Investing.com é melhor no App!

Mais conteúdo, cotações e gráficos mais rápidos e uma experiência melhor estão disponíveis apenas no aplicativo.