Fique por dentro das 5 principais notícias do mercado desta terça-feira

Fique por dentro das 5 principais notícias do mercado desta terça-feira

Investing.com  | 04.08.2020 09:09

Fique por dentro das 5 principais notícias do mercado desta terça-feira

Por Peter Nurse 

Investing.com - A retórica em torno da potencial compra do TikTok ficou aquecida com o presidente Donald Trump alegando que o governo dos EUA quer sua parte. A Organização Mundial da Saúde expressou dúvidas sobre a possibilidade de uma vacina para o vírus Covid-19. 

Wall Street deve ter um início negativo, enquanto a Apple (NASDAQ:AAPL) está próxima de outro recorde. BP e Nikola são outras ações com foco no início da negociação. 

Veja o que você precisa saber nos mercados financeiros na terça-feira, 4 de agosto.

1. Retórica em torno do TikTok se torna tóxica

O tom da conversa em torno da potencial compra das operações do Tik Tok nos EUA pela Microsoft (NASDAQ:MSFT) está se tornando cada vez mais tóxico, com o movimento ameaçando se tornar o precursor de uma guerra tecnológica maior.

A Microsoft disse na segunda-feira que estava em negociações - notícias sugeriram na terça-feira que existem outras partes interessadas - com a ByteDance para comprar partes do TikTok depois que o presidente dos EUA, Donald Trump, reverteu o plano de proibir o aplicativo de compartilhamento de vídeo por razões de segurança nacional e deu às empresas 45 dias para fechar um acordo.

O presidente Trump também observou na segunda-feira que o governo dos EUA deve conseguir um corte "substancial" no preço de venda das operações da empresa nos EUA, embora não esteja claro como isso aconteceria.

Isso provocou uma resposta contundente do jornal estatal China Daily, com seu editorial dizendo que a China não aceitará o "roubo" de uma empresa chinesa de tecnologia.

Ele acrescentou que o "bullying" dos EUA contra empresas de tecnologia chinesas foi uma conseqüência da visão de Washington de "EUA em primeiro lugar" e deixou a China sem outra opção a não ser "submissão ou combate mortal no domínio da tecnologia", e que a China tinha "muitas maneiras de responder se o governo realizar seu plano.”

Não está claro como a China poderia responder, mas vale observar esse espaço.

2. "Bala de prata" para a Covid-19 pode nunca vir - OMS

O surto de Covid-19 está mostrando sinais de estagnação nos EUA, com novos casos caindo abaixo de 50.000 pelo segundo dia consecutivo e o número de mortes caindo abaixo de mil por dia.

Dito isso, o principal especialista em doenças infecciosas do governo dos EUA, Anthony Fauci, disse na segunda-feira que os estados com alta contagem de casos de coronavírus devem reconsiderar a imposição de restrições e de bloqueio, enfatizando a necessidade de levar os casos a um patamar baixo antes da temporada de gripe.

Além disso, figuras importantes da Organização Mundial da Saúde alertaram na segunda-feira que o caminho para a normalidade seria longo, e os países tinham que aceitar que talvez nunca houvesse uma "bala de prata" para a Covid-19 na forma de uma vacina perfeita.

"Várias vacinas estão agora na fase três de ensaios clínicos e todos esperamos ter várias vacinas eficazes que possam ajudar a prevenir a infecção de pessoas. No entanto, não há nenhuma bala de prata no momento - e talvez nunca exista", disse o diretor-geral da OMS Tedros Adhanom Ghebreyesus na segunda-feira.

Além disso, o secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, alertou na terça-feira que o mundo enfrenta uma "catástrofe geracional" por causa do fechamento das escolas em meio à pandemia de coronavírus e disse que levar os alunos de volta à sala de aula com segurança deve ser "uma prioridade".

3. Apple ajuda o setor de tecnologia a subir

Os mercados de ações dos EUA estão abrindo em leve baixa na terça-feira, consolidando-se após ganhos mais fortes na segunda-feira, liderados pelo setor de tecnologia do índice Nasdaq, que registrou outro recorde.

Às 9h05 (horário de Brasília), o contrato Dow futuros caía 101 pontos ou 0,38%, enquanto o contrato S&P 500 futuros caía 0,5% e o contrato futuro do Nasdaq 100 estava em baixa de 0,47%.

A Apple estabeleceu uma máxima histórica na segunda-feira, e a fabricante do iPhone está agora a poucos pontos de registrar uma capitalização de mercado de dois trilhões de dólares. O preço da ação a ser observado é de US$ 467,77, antes da empresa sofrer um desdobramento de 4 por 1, em comparação com o nível de fechamento de segunda-feira, a US$ 435,75.

Ajudaram o tom ainda notícias de que a Casa Branca estava pensando em agir por conta própria para aumentar os benefícios de seguro-desemprego, com o impasse em Washington significando que muitos cidadãos estão perdendo pagamentos de US$ 600 por semana.

Isso indica que muitos investidores estão aguardando notícias de Washington, e a presidente da Câmara, Nancy Pelosi, e o secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, indicaram que as conversas na segunda-feira sobre um novo pacote de alívio de vírus renderam "um pouco" de progresso.

4. BP continua história de desgraça das petrolíferas

A BP cortou seus dividendos pela primeira vez em uma década na terça-feira, para 5,25 centavos de dólar por ação, continuando a série de resultados fracos do setor de petróleo, enquanto a pandemia de coronavírus pesava bastante.

A gigante britânica do petróleo disse que perdeu 16,8 bilhões de dólares no segundo trimestre, depois de dar uma baixa de 10,9 bilhões de dólares, principalmente por diminuir o valor de vários projetos após a forte queda nos preços do petróleo. Sua perda de custo de reposição subjacente foi de US$ 6,7 bilhões, em comparação com um lucro de US$ 2,8 bilhões no trimestre do ano anterior.

A única salvação para a empresa foi sua divisão comercial, que apresentou um "resultado excepcionalmente forte", afirmou a BP.

As rivais europeias Total, Shell (LON:RDSa) e Equinor também relataram ganhos comerciais saudáveis, ajudando seus resultados financeiros nestes tempos difíceis, enquanto as norte-americanas Exxon Mobil (NYSE:XOM) e Chevron (NYSE: CVX), que não são tão robustas em suas negociações, registraram o pior conjunto de resultados trimestrais da era moderna.

5. Setor de veículos elétricos também inclui Nikola

A temporada de balanço nos EUA continua na terça-feira, e uma empresa que pode estar em destaque na terça-feira é a Nikola (NASDAQ:NKLA), que divulga seus números do segundo trimestre.

Enquanto a Tesla (NASDAQ:TSLA) assumiu a maior parte do centro das atenções no setor de veículos elétricos, o Deutsche Bank (DE:DBKGn) disse em nota na segunda-feira que poderia valer a pena comprar a fabricante de caminhões elétricos antes da atualização mais recente. Entre as coisas que os investidores esperam entender melhor estão o pipeline de clientes para o semi elétrico da Nikola, seus planos para construir uma rede de reabastecimento de hidrogênio e um parceiro de fabricação para sua picape Badger, de acordo com o analista do Deutsche Bank Emmanuel Rosner.

As ações da Nikola subiram 11% esta semana, mas caíram mais de 36% este mês.

 

Relacionadas

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Helder Costa
Helder Costa

Grandes bolsas mundiais estão em alta. Dá pra entender porque a bendita Ibovespa dá uma queda absurda dessa?  ... (Leia Mais)

04.08.2020 17:11 GMT· 1 · Responder
GabrielLivermore
GabrielLivermore

E se a OMS divulgou isso justamente para acelerar a economia?? Ela pode estar dizendo "ow, vamos parar de esperar a vacina chegar e pode já ir abrindo a economia logo, pq nao adianta esperar nao e uma hora vai ter que abrir de qualquer jeito... " Difícil saber o que passa na cabeça dessas grandes organizações ....  ... (Leia Mais)

04.08.2020 16:58 GMT· Responder
João Victor
João Victor

amh sobe forte  ... (Leia Mais)

04.08.2020 15:58 GMT· Responder
José Artur Medina
José Artur Medina

Reunião para decidir taxa de juros e o importante é o "acho" de que talvez nunca exista uma vacina pra covid 19  ... (Leia Mais)

04.08.2020 14:44 GMT· Responder
José Artur Medina
José Artur Medina

Reunião para nova redução da taxa de juros não é hoje ?  ... (Leia Mais)

04.08.2020 14:43 GMT· Responder
ivan vargas
ivan vargas

Venho falando.....vai chegar o dia que o mercado vai ter de se ajustar a realidade do mundo, bolsas viraram casino e isso não dura para sempre....  ... (Leia Mais)

04.08.2020 13:14 GMT· 1 · Responder
Coraline Staker
Coraline Staker

Apertem o cinto é morro abaixo  ... (Leia Mais)

04.08.2020 13:14 GMT· Responder
Andre Benevides
Andre Benevides

Fico impressionado com o debate de cunho econômico promovido nos comentários.  ... (Leia Mais)

04.08.2020 13:01 GMT· Responder
Anderson Francisco
Anderson Francisco

CRASH  Á VISTA ,DERRETA MEU AMOR !!!  ... (Leia Mais)

04.08.2020 13:01 GMT· Responder
Anderson Francisco
Anderson Francisco

CRASH ,CRASH,CRASH Á VISTA !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!     DERRETA GOSTOSO MEU AMOR  ... (Leia Mais)

04.08.2020 13:00 GMT· 1 · Responder
Mário Mesquita
Mário Mesquita

Deviam mudar o nome da OMS para Organização Mundial do Terror! OMT. Esse diretor geral é um fanfarrão.  ... (Leia Mais)

04.08.2020 12:53 GMT· 2 · Responder
Cícero RP
Cícero RP

As balas de prata já existem: hcloroquina e ivermectina mas a terrorista assassina oms não quer porque são muito baratas e eficazes!🌟  ... (Leia Mais)

04.08.2020 12:47 GMT· 3 · Responder
André Bastos
André Bastos

melhor definição para a OMS....um lixo...  ... (Leia Mais)

04.08.2020 12:46 GMT· Responder
Coraline Staker
Coraline Staker

OMS provoca ira dos negacionistas hora de encarar a realidade  ... (Leia Mais)

04.08.2020 12:43 GMT· 2 · Responder
André Teixeira
André Teixeira

oms segurando para que todas vacinas saiam juntas é uns lix.... pessoas morrendo é eles dando tempo para que outras empresas se igualem nas pesquisas  ... (Leia Mais)

04.08.2020 12:31 GMT· Responder
Pedro Hurwicz
Pedro Hurwicz

porque não informou ada sobre a nossa PETROBRAS???  ... (Leia Mais)

04.08.2020 12:28 GMT· 1 · Responder
Allan Michel
Allan Michel

só notícias velhas , depois que o mercado se movimenta é que a notícia chega kkkk.   ... (Leia Mais)

04.08.2020 12:27 GMT· Responder
karla karlinha
karla karlinha

ESSA oms é uma desgraça   ... (Leia Mais)

04.08.2020 12:25 GMT· 6 · Responder
Eder Goncalves
Eder Goncalves

Quem diria que nos EUA, modelo liberal, de maneira aparentemente legal e justificada, estaria copiando a Venezuela e impondo a nacionalização de empresas estrangeiras...  ... (Leia Mais)

04.08.2020 12:25 GMT· 2 · Responder
Everton Barretta
Everton Barretta

OMS omissa   ... (Leia Mais)

04.08.2020 12:24 GMT· 2 · Responder
Wendel Alves
Wendel Alves

OMS manipulando o mercado como quer!  ... (Leia Mais)

04.08.2020 12:19 GMT· Responder
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 简体中文 繁體中文 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+

Baixe o aplicativo do Investing.com

Receba gratuitamente cotações, gráficos e alertas em tempo real sobre ações, índices, moedas, commodities e títulos. Acesse gratuitamente as melhores análises e previsões técnicas.

Investing.com é melhor no App!

Mais conteúdo, cotações e gráficos mais rápidos e uma experiência melhor estão disponíveis apenas no aplicativo.