Fique por dentro de 5 principais notícias do mercado nesta quinta-feira

Fique por dentro de 5 principais notícias do mercado nesta quinta-feira

Investing.com  | 12.09.2019 08:24

Fique por dentro de 5 principais notícias do mercado nesta quinta-feira

Investing.com - Os mercados subiam quando Donald Trump fez um gesto de boa vontade para a China no comércio, enquanto a Europa espera para ver se o Banco Central Europeu cortará as taxas de juros e reiniciará a flexibilização quantitativa. E a Opep recebe um aviso de que há um novo excesso de óleo à vista. Aqui está o que você precisa saber nos mercados financeiros na quinta-feira, 12 de setembro.

1. Trump adia aumento de tarifa na China como gesto de boa vontade

O presidente Donald Trump disse que adiaria o aumento planejado de 5 pontos percentuais nas tarifas no valor de US$ 250 bilhões em importações chinesas em duas semanas, como um gesto de boa vontade. Foi uma resposta à isenção tarifária, concedida pelo governo chinês ontem, sobre produtos americanos que tiveram alíquota elevada para 25% no ano passado, com exceção de commodities agrícolas.

Como resultado, a celebração da tomada de poder há 70 anos do Partido Comunista Chinês não será ofuscada pelo último episódio de uma guerra comercial que desacelerou a economia do país. Isso também significa que não haverá mais escalada da disputa no momento em que os negociadores comerciais dos EUA e da China se encontrarem no início de outubro.

Separadamente, a Bloomberg informou que a China também está considerando permitir a retomada das importações de produtos agrícolas dos EUA, incluindo soja e carne de porco, embora não haja confirmação disso de nenhum dos lados.

2. Draghi deve sair com todas as armas em punho

O Banco Central Europeu realizará uma reunião regular de política monetária e deve anunciar um pacote de medidas para apoiar uma economia da zona do euro que está se desacelerando sob o impacto da política comercial dos EUA, mas que ainda cresce a uma taxa anual de 1,2% no segundo trimestre.

Muitos analistas esperam que o banco abaixe sua taxa de depósito, atualmente em -0,4%, ainda mais para território negativo, e estenda seu compromisso atual de não aumentar as taxas até meados do próximo ano. Enquanto alguns esperam que também retome a flexibilização quantitativa, várias autoridades do BCE argumentaram contra isso nas últimas semanas. Também são esperadas medidas para amenizar o impacto de taxas negativas na rentabilidade dos bancos.

O BCE anunciará sua decisão sobre tarifas e orientações futuras às 8h45 (horário de Brasília), e o presidente cessante Mario Draghi poderá anunciar novas ações em sua conferência de imprensa às 9h30.

3. Ações devem abrir em alta

Os mercados de ações dos EUA estão prestes a abrir em alta, apoiados pelo do gesto de Trump em relação à China.

Às 7h, os futuros do Dow tinham indicação de alta de 64 pontos ou 0,2%, enquanto os futuros S&P 500 subiam 0,1% e os futuros do Nasdaq 100 subiam 0,3%.

O mercado de títulos se estabeleceu em um padrão de participação antes da reunião do BCE, já que a reunião em Frankfurt pode aumentar a pressão sobre o Federal Reserve para agir se o presidente que está saindo, Mario Draghi conseguir reduzir ainda mais o euro em sua conferência de imprensa.

Os dados semanais de pedidos de seguro desemprego e os números de inflação dos preços ao consumidor em agosto devem ser divulgados às 9h30.

As ações que provavelmente estarão em foco incluem a AB Inbev, que supostamente planeja reviver planos para uma abertura de capital de seus negócios asiáticos.

4. Os EUA pretendem proibir a maioria dos produtos vaporizantes

O presidente Trump disse que os EUA pretendem proibir a maioria dos produtos vaporizantes por questões de saúde pública, destacando sua popularidade entre adolescentes e adultos jovens.

A FDA, a Administração de Alimentos e Medicamentos americana, pretende proibir produtos vaporizantes com sabor de frutas, bem como mentol e cigarros eletrônicos de menta.

A medida poderia prejudicar severamente os mercados de rápido crescimento avaliados em US$ 9 bilhões este ano, um que a Big Tobacco considerou sua salvação devido ao declínio dos cigarros tradicionais. Também coloca outro grande ponto de interrogação sobre a discutida fusão da Altria (NYSE:MO) e da Philip Morris International (NYSE:PM), dada a importância do líder de mercado Juul Labs, em que a Altria tem uma participação de 35% nesse acordo. Atualmente, a participação da Juul é responsável por 16% do valor de mercado da Altria.

5. Opep+ não está mais perto de cortes mais profundos na produção, pois a AIE prevê um mercado “assustador”

Autoridades do chamado grupo de exportadores de petróleo da OPEP+ em Abu Dhabi apontaram um dedo para os membros que estavam produzindo em excesso, mas optaram por não recomendar mudanças no acordo atual sobre restrição de produção.

Rússia, Iraque e Nigéria superaram os limites acordados em agosto, e os membros da Opep produziram cerca de 240.000 barris por dia a mais do que as previsões do cartel dizem que o mundo precisa, um reflexo do enfraquecimento da demanda global.

Em outros lugares, a Agência Internacional de Energia alertou que o recente declínio nos estoques mundiais de petróleo era temporário e que o aumento da produção não-OPEP colocaria o mercado mundial em superávit até 2020, colocando nova pressão descendente nos preços e criando uma perspectiva "assustadora" para a OPEP.

Os contratos futuros de WTI caíam 0,6%, para US$ 55,44 por barril, às 6h, enquanto os futuros de Brent caíam 0,8%, para US$ 60,30 por barril.

Relacionadas

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Julius Rock
Julius Rock

O mega investidor Trump provavelmente começou a vender o ativos que comprou quando falou de aumento de tarifas.  ... (Leia Mais)

12.09.2019 12:41 GMT· 1 · Responder
Ottorino Cetti
Ottorino Cetti

Pressão externa mantém tendência de forte alta do dolar O que dá respaldo ao novo modelo de intervenção do BC é o conceito de posição cambial líquida --basicamente reservas internacionais descontado o estoque de swaps. Atualmente, essa posição está em torno de 315/326 bilhões de dólares, e não 380 bilhões como erroneamente diz BC, porque tem 60/65 bilhões de swaps, de descontar  ... (Leia Mais)

12.09.2019 12:31 GMT· Responder
Ottorino Cetti
Ottorino Cetti

A desaceleração do mercado de trabalho, não preocupa nem a Casa Branca nem o Fed. "Os dados mostram um forte mercado de trabalho", diz o presidente do Fed, Jerome Powell, que, embora não ver uma recessão no horizonte não deixa de notar os "riscos significativos" nas perspectivas econômicas.. .  . . O Fed está comprometido precisamente com o monitoramento desses riscos e está comprometido em "agir adequadamente em apoio à" expansão econômica ", diz Powell, em seu último discurso antes do período de silêncio da imprensa que antecede a próxima reunião do Fed, incalendario nos próximos 17 e 18 de setembro. Uma reunião da qual os analistas esperam um corte na taxa de um quarto de ponto. Para ultima vez este ano. Uma redução cujas expectativas são reforçadas pelo compromisso de Powell com o crescimento. Um crescimento americano em andamento, com previsão de crescimento do PIB este ano entre 2% e 2,5%.Porque o dolar perde e nào ganha?.......  ... (Leia Mais)

12.09.2019 12:29 GMT· Responder
Ottorino Cetti
Ottorino Cetti

Se BC Continuar Fazendo Mais do Mesmo, Dólar Seguirá Subindo Dada a Ineficácia!!!. . O mercado de câmbio à vista “pede” oferta de dólares “spot” pelo Banco Central do Brasil para suprir a carência do fluxo cambial, com o objetivo de mitigar a pressão advinda do custo do cupom cambial aviltado pela carência de fluxo e estreitamento da taxa de juro interna com a externa.  ... (Leia Mais)

12.09.2019 12:24 GMT· 1 · Responder
Carlos shiokawa
Carlos shiokawa

pessoal, qual notícia fez o dólar americano dar um salto positivo agora às 09:00h?? Estourei com US$18000 no FOREX agora!! Glooooooooria!!!  ... (Leia Mais)

12.09.2019 12:23 GMT· Responder
Carlos shiokawa
Carlos shiokawa

pessoal, qual notícia fez o dólar americano dar um salto positivo agora às 09:00h?? Estourei com US$18000 no FOREX agora!! Glooooooooria!!!  ... (Leia Mais)

12.09.2019 12:23 GMT· Responder
Ottorino Cetti
Ottorino Cetti

Inacreditavel, com todas as noticias ruim sobre o Brasil (CPMF) de ontem, hoje real està ganhando 1% KKKKKK R$ 4,03 Manipulaçào do real o venda liquida de dolars?  ... (Leia Mais)

12.09.2019 12:20 GMT· Responder
Ottorino Cetti
Ottorino Cetti

Bce riavvia Qe: 20 mld al mese da novembre, finché necessario. . ,Askanews•12 settembre 2019. . Roma, 12 set. (askanews) - La Bce ha deciso di riavviare il quantitative easing di titoli di Stato al ritmo di 20 miliardi di euro l'anno a partire dal prossimo novembre e per tutto il tempo che sarà necessario. . L'euro ha reagito agli annunci con un repentino calo sotto quota 1,10 dollari. Ora, a fornire dettagli e spiegazioni sulle varie decisioni sarà il presidente Mario Draghi nella conferenza stampa delle 14 e 30.  ... (Leia Mais)

12.09.2019 12:17 GMT· Responder
Ronaldo Cajares
Ronaldo Cajares

Algumas coisas vão bem quando há interesse mútuo. Não surpreende os mercados se aquecerem para os eventos de fim de ano incluído Natal. Ocorre que esse afrouxamento da guerra EUA x China é limitado demais. Limitado pois, refere-se ao comércio. Apostar na generalização da trégua é arriscado demais ao término dessa temporada. Ambos EUA e China estão criteriosos em suas concessões e supressões de tarifas/impostos. Dito isso, pensando no fim desta temporada: algo de bom possa se refletir até as eleições americanas. Com o término dessa temporada esse afrouxamento pode se manter e se expandir ao seu limite, mantendo o mercado entre as duas nações, parcialmente, funcional. Presenciamos com essa trégua que os líderes são radicais mas, não tolos o suficiente para exterminar o mercado nessa época fértil para o comércio. Isso prova mais uma vez o “stand by” do mercado até a chegada das eleições americanas que deve abrir novo capitulo das relações EUA x China e os reflexos no mercado internacional  ... (Leia Mais)

12.09.2019 11:58 GMT· Responder
Matheus Esmelquio
Matheus Esmelquio

Se o dolar sobe, o indice desce.  ... (Leia Mais)

12.09.2019 11:39 GMT· 3 · Responder
Mfreitas freitas
Mfreitas freitas

futuros sp e dow está perto do topo histórico  ... (Leia Mais)

12.09.2019 11:37 GMT· Responder
Mfreitas freitas
Mfreitas freitas

futuros sp e dow está perto do topo histórico  ... (Leia Mais)

12.09.2019 11:37 GMT· Responder
Gustavo Perszel
Gustavo Perszel

Vai subir  ... (Leia Mais)

12.09.2019 11:34 GMT· 1 · Responder
Gustavo Perszel
Gustavo Perszel

Vai subir  ... (Leia Mais)

12.09.2019 11:34 GMT· Responder
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 中文 香港 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+