Último debate entre Trump e Biden tem menos caos, mas vários ataques pessoais

Último debate entre Trump e Biden tem menos caos, mas vários ataques pessoais

Reuters  | 23.10.2020 09:25

Último debate entre Trump e Biden tem menos caos, mas vários ataques pessoais

Por Trevor Hunnicutt e Jeff Mason

NASHVILLE, EUA (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e o candidato democrata à Presidência do país, Joe Biden, ofereceram visões amplamente contrastantes sobre a pandemia de coronavírus no último debate entre ambos antes da eleição de 3 de novembro na quinta-feira, na tentativa de convencer os poucos eleitores ainda indecisos a 12 dias do pleito.

O republicano Trump adotou um tom mais contido do que no caótico primeiro debate em setembro, quando ele repetidamente interrompeu Biden. Mas o duelo de quinta também teve uma série de ataques pessoais entre dois homens que demonstram ter pouco respeito um pelo outro, e Trump manteve os checadores de fatos ocupados ao levantar acusações sem fundamento contra Biden e sua família.

A ausência de interrupções permitiu um debate mais substantivo sobre uma série de tópicos, incluindo economia, raça, mudança climática, saúde e imigração. Mas o coronavírus, que matou mais de 221 mil pessoas nos EUA, foi o tema principal, como aconteceu durante toda a campanha.

O encontro televisionado na cidade de Nashville, no Estado do Tennessee, representava uma das últimas chances de Trump de mudar os rumos de uma disputa que ele está perdendo há meses, embora a corrida esteja muito mais acirrada em Estados cruciais para decidir a eleição.

"Alguém que seja responsável por tantas mortes não deve permanecer presidente dos Estados Unidos", disse Biden durante o debate.

Trump, que colocou a gestão da economia durante seu governo como peça central de sua campanha, defendeu sua abordagem na pandemia e disse que o país não suportaria fechar negócios novamente, apesar de novos picos da Covid-19.

"Estamos aprendendo a viver com ele (vírus)", disse Trump, que por meses minimizou a pandemia. "Não temos escolha."

"Aprendendo a viver com ele?", Biden respondeu. "Qual é! Nós estamos morrendo com ele."

Trump afirmou que o vírus está "indo embora", mas vários Estados dos EUA registraram aumentos diários recordes em infecções por Covid-19 na quinta-feira, em uma evidência de que a pandemia está novamente acelerando.

O presidente, que continua a se apresentar como um outsider, retratou Biden como um político de carreira cujo histórico de quase 50 anos é insignificante. Mas ele não delineou uma agenda clara para um segundo mandato, enquanto Biden por diversas vezes criticou os quatro anos de governo do rival, apontando os danos econômicos que o vírus provocou na vida das pessoas.

Após um segmento de abertura sobre a pandemia, o embate de quinta-feira desviou para imputações mútuas de envolvimentos em situações inadequadas no exterior.

Trump repetiu suas acusações de que Biden e seu filho Hunter se envolveram em práticas antiéticas na China e na Ucrânia. Não foram encontradas provas que sustentassem as alegações, e Biden as rotulou de falsas e desacreditadas.

O esforço de Trump para descobrir podres sobre os negócios ucranianos de Hunter Biden levou à tentativa de impeachment contra o presidente. O presidente e seus filhos já foram acusados de terem seus próprios conflitos de interesse desde que Trump chegou à Casa Branca, em 2017, a maioria envolvendo os negócios internacionais imobiliários e hoteleiros da família.

"TOLICE"

Biden defendeu sua família e afirmou enfaticamente que jamais recebeu "um único centavo" de um país estrangeiro, e depois mudou de assunto e acusou Trump de tentar distrair os norte-americanos.

"Existe uma razão para ele estar abordando toda essa tolice", disse Biden, olhando diretamente para a câmera. "Não se trata da família dele e da minha família. Trata-se de sua família, e sua família está sofrendo muito."

Ele acusou Trump de sonegar impostos, citando uma investigação do jornal New York Times segundo a qual as declarações de imposto de renda do republicano mostram que ele praticamente não pagou estes tributos ao longo de mais de 20 anos.

"Divulgue suas declarações de imposto ou pare de falar de corrupção", disse Biden.

Trump, que rompeu com décadas de precedentes presidenciais ao se recusar a divulgar suas declarações de imposto de renda, disse ter pago "milhões", e voltou a dizer que divulgará suas declarações só depois que uma auditoria de longa duração for finalizada.

Os candidatos discutiram a respeito de política externa, imigração e --depois de meses de protestos antirracismo-- relações raciais. Biden disse que Trump é "um dos presidentes mais racistas" da história.

"Ele atira lenha em cada um dos incêndios racistas", afirmou o democrata.

© Reuters. Donald Trump e Joe Biden durante debate em Nashville

Trump reagiu criticando a autoria de Biden em um projeto de lei de 1994 que aumentou o encarceramento de réus de minorias e ao mesmo tempo afirmou que fez mais pelos negros norte-americanos do que qualquer presidente, com a "possível" exceção de Abraham Lincoln durante a Guerra Civil dos anos 1860.

Durante um segmento sobre mudança climática, Biden disse que seu plano ambiental realizará a "transição do setor do petróleo" para fontes de energia renovável, o que levou Trump a dizer que o rival "destruirá" o setor petrolífero.

(Reportagem adicional de Doina Chiacu, James Oliphant e Jason Lange)

Relacionadas

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Andrea Bentes
Andrea Bentes

Go TRUMP ! Responsável pelas mortes da pandemia é a CHINA, QUE NADA FIZERAM PARA EVITAR O ESTRAGO E ALASTRAMENTO DA PANDEMIA PARA O MUNDO, BANDO DE HIPÓCRITAS OPORTUNISTAS! E economia nenhuma pode se dar ao luxo de paralizarem, tanto que o mundo todo está seguindo e a imunidade de rebanho também, só FAZEREM A LOGÍSTICA E ESTATÍSTICAS, E NÃO SÓ OLHAREM NOTÍCIAS TENDENCIOSAS, BASTA OLHAR OS ESTRAGOS QUE ECONOMIAS EM LOOCKDOWN JÁ FIZERAM!!!E quanto aos esquerdistas caviar , VÃO PARA A POUPANÇA PQ RENDA VARIÁVEL É PARA QUEM TEM NEURÔNIOS HAHA E QUER GANHAR DINHEIRO...SIMPLES ASSIM!!!  ... (Leia Mais)

23.10.2020 14:49 GMT· Responder
Dartagnan Mosqueteiro
Dartagnan Mosqueteiro

Trump Falastrão. Go Biden  ... (Leia Mais)

23.10.2020 14:36 GMT· Responder
Ricardo P Silveira
Ricardo P Silveira

Considerando que nesta eleição já bateu o recorde de eleitores antecipando o seu voto e, em sua maioria, há aqueles eleitores que já sabem em quem irão votar, pouca persuasão virá deste debate para direcionar possíveis indecisos.  ... (Leia Mais)

23.10.2020 13:45 GMT· Responder
Andrey Ribeiro
Andrey Ribeiro

Matéria enviesada.  ... (Leia Mais)

23.10.2020 13:06 GMT· Responder
Wilson Costa Teixeira
Wilson Costa Teixeira

Na média da maioria das pesquisas, 57% dos americanos reprovam o Obamacare e outros 55% se dizem insatisfeitos com o governo democrata de Obama. (2013). Obamacare de Biden é a mesma piada, esse cara nunca fez NADA como vice.  ... (Leia Mais)

23.10.2020 12:29 GMT· 1 · Responder
Dyogo Soares
Dyogo Soares

matéria fraca, jornal de esquerda  ... (Leia Mais)

23.10.2020 11:56 GMT· Responder
Joao Faria
Joao Faria

Go Biden   ... (Leia Mais)

23.10.2020 11:18 GMT· Responder
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 简体中文 繁體中文 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+

Baixe o aplicativo do Investing.com

Receba gratuitamente cotações, gráficos e alertas em tempo real sobre ações, índices, moedas, commodities e títulos. Acesse gratuitamente as melhores análises e previsões técnicas.

Investing.com é melhor no App!

Mais conteúdo, cotações e gráficos mais rápidos e uma experiência melhor estão disponíveis apenas no aplicativo.

';