Reino Unido pode enfrentar falta de comida, combustível e remédios, diz documento

Reino Unido pode enfrentar falta de comida, combustível e remédios, diz documento

Reuters  | 18.08.2019 16:16

Reino Unido pode enfrentar falta de comida, combustível e remédios, diz documento

Por Kate Holton e William James

LONDRES (Reuters) - O Reino Unido vai sofrer com faltas de combustível, alimentos e remédios, caso saia da União Europeia (UE) sem um acordo de transição, segundo documentos oficiais publicados pelo jornal Sunday Times, cuja interpretação foi imediatamente contestada por ministros.

Apresentando um panorama de portos congestionados, protestos do público e problemas generalizados, o jornal disse que as previsões formuladas pelo governo mostram os mais prováveis choques de um Brexit sem acordo, e não as piores possibilidades de cenários.

No entanto, Michael Gove, o ministro responsável pelos preprativos do chamado “no-deal”, ou seja, um Brexit sem acordo, rebateu essa interpretação, declarando que os documentos mostravam, sim, as piores consequências possíveis, e que o planejamento havia sido acelerado nas últimas três semanas.

O Sunday Times disse que até 85% dos caminhões que usam o principal ponto de cruzamento do Canal da Mancha podem não estar preparados para os procedimentos alfandegários da França, o que pode significar que os problemas nos portos poderiam durar até três meses antes que o fluxo melhorasse.

O governo também acredita que o estabelecimento de uma fronteira convencional entre a Irlanda do Norte e a República da Irlanda, país da UE, seria provável uma vez que os planos para evitar uma fiscalização abrangente vão se provar insustentáveis, disse o jornal.

"Organizado neste mês pelo governo sob o nome de Operação Yellowhammer, o documento oferece um visão rara do planejamento confidencial seno adotado pelo governo para evitar um colapso catastrófico da infraestrutura da nação”, afirmou o Times.

O gabinete do primeiro-ministro Boris Johnson disse que não comentaria documentos vazados, mas Gove declarou que o documento era antigo e não refletia o preparo atual.

“É o caso, como todos sabem, que se nós tivermos um Brexit sem acordo haverá inevitavelmente alguns problemas, alguns obstáculos no caminho. É por isso que queremos o acordo”, afirmou Gove à imprensa.

"Mas também é o caso que o governo está bem mais prerado agora do que estava no passado, e é também importante as pessoas reconhecerem que o que está sendo descrito nesses documentos é enfaticamente a pior possibilidade de cenário”, acrescentou.

Uma fonte do governo culpou um ex-ministro não identificado, que quer influenciar as negociações com a UE, pelo vazamento.

“Esse documento é de quando ministros estavam obstruindo o que precisava ser feito para ficarmos prontos para sair e quando os recursos não estavam disponíveis”, disse a fonte que não quis se identificar.

“Ele foi deliberadamente vazado por um ex-ministro numa tentativa de influenciar as discussões com os líderes da UE.”

O Reino Unido está no rumo de uma crise constitucional e de uma confrontação com a UE, à medida que Johnson promete deixar o bloco em 31 de outubro sem um acordo, se a UE não renegociar o Brexit. No entanto, o bloco se recusa a reabrir a discussão sobre o acordo de saída.

Relacionadas

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Katariny Pinheiro
Katariny Pinheiro

Bobagem. Nem na segunda guerra mundial foi assim  ... (Leia Mais)

18.08.2019 23:31 GMT· 1 · Responder
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 中文 香港 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+