Índice dólar sobe com relatório de empregos dos EUA forte

Índice dólar sobe com relatório de empregos dos EUA forte

Investing.com  | 05.07.2019 12:00

Índice dólar sobe com relatório de empregos dos EUA forte

Investing.com - O dólar subiu na sexta-feira após a economia ter acrescentado mais empregos do que o esperado em junho, diminuindo as expectativas de que o Federal Reserve (Fed, o banco central americano) reduza as taxas de forma agressiva para evitar uma desaceleração.

O índice dólar, que mede a força da moeda frente a uma cesta ponderada de seis principais divisas, subia 0,7%, para uma alta de três semanas, de 96,968, às 11h31.

As folhas de pagamento não agrícolas (NFP, na sigla em inglês) aumentavam 224.000 em junho, bem acima das expectativas de consenso para 160.000 e uma forte recuperação das 72.000 revisadas para baixo em maio.

O euro e a libra perdiam mais de meio centavo em relação ao dólar, com o euro caindo para US$ 1,1208 e a libra caindo para o menor valor em seis meses, de US$ 1,2482.

"Juntando tudo isso, é um relatório encorajador que sugere que a macroeconomia está atualmente ignorando a incerteza do comércio EUA-China", escreveu o economista-chefe do ING, James Knightley, em um post no blog.

O Fed abriu as portas em sua última reunião de política para reduzir os efeitos das disputas comerciais dos EUA e deve reduzir as taxas em 25 pontos-base em julho, com os investidores esperando um total de três cortes de juros este ano.

“A resiliência do mercado de trabalho dos EUA é uma das principais razões pelas quais acreditamos que os riscos são direcionados a um afrouxamento mais modesto da política do Fed em relação às expectativas do mercado ”, disse Knightley.

O dólar subiu contra o iene japonês, com o aumento de 0,8% para 108,58. Contra o dólar canadense, o dólar ganhou 0,6% para 1,3129 depois que os dados mostraram que a economia canadense perdeu 2.200 empregos em junho.

Os dados também levaram o dólar a se recuperar contra as moedas de mercados emergentes, que se beneficiaram mais da recente mudança do Fed em favor de um viés de flexibilização. Subiu 0,6% contra o real brasileiro depois de atingir uma baixa de três meses na quinta-feira, enquanto também subiu 1,3% contra o peso argentino e 0,2% contra o peso mexicano.

Relacionadas

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 中文 香港 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+