Moedas - Dólar próximo de baixa de 1 semana enquanto aumenta tensão comercial

Moedas - Dólar próximo de baixa de 1 semana enquanto aumenta tensão comercial

Investing.com  | 03.06.2019 03:53

Moedas - Dólar próximo de baixa de 1 semana enquanto aumenta tensão comercial

Investing.com - O dólar estava sendo negociado perto da baixa de uma semana contra uma cesta de moedas na segunda-feira, com o iene e o franco suíço, vistos como portos seguros em tempos de incerteza, ganhando terreno à medida que as tensões do comércio global se intensificaram.

Com a posição combativa da administração americana sobre a ampliação do comércio para países além da China, e com a China ameaçando mais retaliações no fim de semana, os mercados começaram a apostar em uma desaceleração acentuada no crescimento global. Esses temores refletiram em uma queda de 11% no preço do petróleo desde quinta-feira.

As autoridades americanas e mexicanas estão se preparando para conversas no final do dia depois do presidente Donald Trump prometer impor tarifas sobre todas as importações mexicanas em uma disputa crescente sobre a imigração.

"As notícias mexicanas são muito fortes. Ninguém estava realmente esperando na mesma medida que estavam com a China", disse Chris Weston, chefe de pesquisa da corretora de câmbio Pepperstone, com sede em Melbourne. "O México é um grande parceiro comercial dos EUA", disse ele.

O dólar caiu 0,1% contra o franco suíço para 0,9991 em 3h47 e ficou em 108,35 contra o iene depois de alcançar uma baixa de quatro meses cotado a 108,08 durante a noite.

Na sexta-feira, a moeda japonesa registrou seu maior aumento diário em mais de dois anos, subindo um pouco mais de 1,2% durante a sessão.

O iene é considerado um ativo de refúgio seguro em tempos de turbulência geopolítica e financeira, já que o Japão é o maior país credor do mundo.

O peso mexicano, atingido pela repentina ameaça de Trump de impor tarifas na sexta-feira, recuperou alguma estabilidade, negociando a 19,6373 dólar, após a queda de 2,5% na sexta-feira.

Um alto funcionário chinês e negociador comercial disse no domingo que Washington não pode pressionar para forçar um acordo comercial com a China e denunciou o que chamou de táticas de "coerção" dos EUA. Separadamente, a mídia estatal chinesa informou que as autoridades estavam preparando uma investigação das atividades da FedEx (NYSE: FDX).

"Os mercados estão tentando acompanhar as notícias negativas em relação às relações comerciais por enquanto", disse Kumiko Ishikawa, analista sênior da Sony Financial Holdings. "Eles estão seriamente começando a reagir a tensões comerciais prolongadas de maneira a evitar o risco."

O dólar caiu após a referência, o título do Tesouro de 10 anos, ter seus rendimentos tendo uma baixa de 2,12% na segunda-feira, a menor desde setembro de 2017.

Os títulos do governo alemão de 10 anos caíram para -0,20%, a mais baixa de sempre, por temores de que a coalizão governista possa entrar em colapso após a renúncia de Andrea Nahles, como líder do Partido Social-Democrata, o sócio minoritário da coalizão.

Frente a uma cesta de seis importantes moedas rivais, o dólar não estava longe de uma baixa de uma semana em 97.692, embora ainda esteja em alta de 1,5% para o ano.

O euro foi pouco alterado em US$ 1,1163 - seu primeiro ganho em cinco sessões.

O dólar australiano estava em 0,6941 após atingir uma alta de três semanas de 0,6959 durante a noite, devido a uma leitura positiva da atividade de industrial chinesa, um pouco melhor do que a esperada para maio.

O ganho de dólar australiano veio apesar de um relatório do New York Times, citando fontes, que tinha sido solicitado a Trump a imposição de tarifas sobre importações australianas em resposta a um aumento nas exportações de alumínio para os EUA ao longo do último ano.

- Reuters contribuiu com esta reportagem

Relacionadas

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Célio Azevedo
Célio Azevedo

Bolsonaro 2022!  ... (Leia Mais)

03.06.2019 19:45 GMT· Responder
luiz elias
luiz elias

retaliações , dolar sofrendo com a dureza de trump.  ... (Leia Mais)

03.06.2019 11:12 GMT· Responder
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 中文 香港 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+