Maia diz que votos para aprovar Previdência dependem de engajamento de prefeitos e governadores

Maia diz que votos para aprovar Previdência dependem de engajamento de prefeitos e governadores

Reuters  | 13.02.2018 12:44

Maia diz que votos para aprovar Previdência dependem de engajamento de prefeitos e governadores

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), admitiu nesta terça-feira que a aprovação da reforma da Previdência é difícil, mas disse que ainda acredita ser possível reunir os votos necessários para passá-la desde que haja engajamento de prefeitos e governadores que precisam da mudança nas regras devido às suas crises fiscais.

Para Maia, só com a mudança nas regras previdenciárias cidades e Estados voltarão a ter fôlego para investir, gerar empregos e crescer nos próximos anos.

"As mudanças vão ajudar municípios e Estados que estão quebrados a voltar a investir. É importante que eles agreguem votos e a gente precisa que eles ajudem", disse ele a jornalistas no Sambódromo da Marquês de Sapucaí, no Rio de Janeiro.

O presidente da Câmara não comentou sobre quantos votos o governo contabiliza para pautar a reforma na Câmara, mas destacou que ela só será levada a votação se houver a certeza de apoio suficientes.

Ele reiterou que o prazo para votar o projeto na Casa é o fim deste mês, e que não há possibilidade de esse limite ser estendido. Na semana passada, ele afirmou que se o texto não for votado agora em fevereiro, deve ficar para o ano que vem, ponderando que uma eventual votação em novembro dependeria do presidente da República eleito.

Maia ainda afirmou que no mês que vem o DEM escolherá seu pré-candidato à Presidência e, descartou a possibilidade de o apresentador de TV Luciano Huck ser esse nome.

© Reuters. Presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia

"Neste momento ele não faz parte mais do nosso projeto do partido", disse.

(Por Rodrigo Viga Gaier)

Relacionadas

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

"Fusion Media ou qualquer pessoa envolvida com a Fusion Media não aceitará qualquer responsabilidade por perdas e/ou danos resultantes do uso de informações contidas neste site, sendo esta na forma de dados, cotações, gráficos e sinais de compra/venda. Por favor, tenha consciência dos riscos e custos referentes à negociação em mercados financeiros, pois este é um dos tipos de investimento mais arriscados que há.
Fusion Media gostaria de lembrar-lhe que os dados contidos neste site não são necessariamente atualizados em tempo real ou precisos. Os preços, índices, futuros e cotações de câmbio são indicativos, sendo assim inapropriados para uso em trading; além disso, os mesmos não são providos por bolsas de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser precisos e podem diferir do preço de mercado. A Fusion Media não aceita nenhuma responsabilidade por quaisquer perdas em negociações que você sofrer como resultado do uso destes dados. A versão em inglês deste contrato é a versão principal, que deverá prevalecer sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
"

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 中文 香港 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+