ABERTURA: Ibovespa futuro sobe e dólar cai com avanço de negociações comerciais

ABERTURA: Ibovespa futuro sobe e dólar cai com avanço de negociações comerciais

Investing.com  | 07.11.2019 09:23

ABERTURA: Ibovespa futuro sobe e dólar cai com avanço de negociações comerciais

Investing.com - A jornada desta quinta-feira começa no azul para o índiceIbovespa Futuros, que soma 0,75% aos 109.660 pontos às 09h22, com o dólar recuando 0,93% a R$ 4,0455. A sessão deve ser mais uma vez movimentada pela reação dos mercados aos dados do IPCA, balanços e do leilão da cessão onerosa. Além disso, as negociações entre Estados Unidos e China dão sinais de que estão avançando.

- Cenário Interno

IPCA

A inflação no Brasil apresentou o índice mais baixo para outubro desde 1998. A alta nos preços foi de 0,10% em relação a setembro, quando houve deflação de 0,04%. Em outubro do ano passado, a taxa foi de 0,45%.

Os dados são do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), divulgado hoje pelo IBGE. No acumulado do ano, o índice registrou 2,60% e, nos últimos 12 meses, a inflação ficou em 2,54%.

A queda no preço da energia foi o principal item que puxou a taxa para o baixo patamar, com impacto de -0,13 ponto percentual. Com exceção de Salvador, que teve alta de 0,86%, e Vitória, de 2,24%, todas as áreas pesquisadas registraram recuo nos preços da energia, que chegou a -5,99% em Goiânia.

“Em setembro, estava em vigor a bandeira tarifária vermelha patamar 1 e, em outubro, passou a vigorar a amarela, cujo acréscimo é menor. Além disso, houve redução nas tarifas residenciais de uma das concessionárias de São Paulo, vigente desde 23 de outubro, e em Brasília e em Goiânia, a partir de 22 de outubro”, esclareceu o gerente do IPCA, Pedro Kislanov.

FGTS

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira o texto-base da medida provisória que muda as regras de saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e a proposta ainda pode ser alterada por destaques à matéria.

De acordo com a Agência Câmara Notícias, a MP aumenta para 998 reais o valor de saque único autorizado pela medida. O texto encaminhado pelo governo do presidente Jair Bolsonaro previa saque único de 500 reais

Reforma da Previdência

O Senado aprovou nesta quarta-feira o texto-base da PEC Paralela da reforma da Previdência, que inclui Estados, municípios e Distrito Federal nas regras previdenciárias já aprovadas pelo Congresso Nacional.

O texto-base da Proposta de Emenda à Constituição, aprovado por 56 votos a 11, ainda pode ser alterada por destaques à medida, cuja análise ficou para a próxima terça-feira, após uma tentativa de votação nesta noite.

Por se tratar de uma PEC, a matéria precisa dos votos favoráveis de 49 senadores em dois turnos de votação. A PEC Paralela ainda precisa ser aprovada em segundo turno antes de ser encaminhada à Câmara dos Deputados.

Leilão da Cessão Onerosa

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou que a participação de empresas estrangeiras no megaleilão da cessão onerosa nesta quarta-feira frustrou as expectativas do Congresso —que se esforçou para aprovar proposta relacionada ao tema—, de governadores e de prefeitos, ansiosos por sua fatia de recursos com o leilão.

O consórcio Petrobras/CNODC/CNOOC arrematou nesta quarta-feira o bloco de Búzios, no pré-sal da Bacia de Santos, mas não houve outra oferta pelo bloco, no qual a Petrobras (SA:PETR4) será operadora com 90% de participação. Em outro bloco, Itapu, apenas a estatal fez oferta, em um desdobramento decepcionante para o megaleilão do pré-sal.

“A nossa expectativa é que as quatro áreas pudessem ter sido vendidas, mas infelizmente faltou interesse do setor privado. É ruim”, avaliou o presidente da Câmara.

- Cenário Externo

Acordo Comercial China e EUA

A China e os Estados Unidos concordaram em cancelar em fases as tarifas adotadas durante sua guerra comercial, disse o Ministério do Comércio da China nesta quinta-feira, sem especificar um cronograma.

A expectativa é de que um acordo comercial provisório entre EUA e China inclua uma promessa dos EUA de retirar as tarifas marcadas para entrar em vigor em 15 de dezembro sobre cerca de 156 bilhões de dólares em importações chinesas, incluindo celulares, laptops e brinquedos.

O cancelamento das tarifas era uma condição importante para qualquer acordo, disse o porta-voz do ministério, Gao Feng, acrescentando que ambos devem cancelar simultaneamente algumas tarifas para alcançar a “fase um” de um acordo comercial.

“A guerra comercial começou com tarifas, e deve terminar com o cancelamento de tarifas”, disse Gao em entrevista.

Brexit

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, prometeu nesta quarta-feira tirar o país da União Europeia em janeiro, em discurso num comício de campanha para a eleição geral de 12 de dezembro, que ele classificou como a mais importante em uma geração.

“É fantástico ver muitos de vocês aqui... no começo do que eu acho que será a eleição mais importante em nosso país em uma geração”, disse ele no comício na cidade de Birmingham, região central da Inglaterra.

Ele prometeu que, se vencer a eleição, ele submeterá seu acordo para o Brexit ao Parlamento imediatamente “para que possamos implantar o Brexit em janeiro e deixar a incerteza para trás”.

BOLSAS INTERNACIONAIS

Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 0,11%, a 23.330 pontos. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 0,57%, a 27.847 pontos. Em XANGAI, o índice SSEC teve estabilidade, a 2.978 pontos. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 0,18%, a 3.991 pontos.

O dia dá sinais positivos nos principais mercados de ações da Europa. O DAX, de Frankfurt, avança 0,72% aos 13.275 pontos, enquanto que em Londres, o FTSE soma 0,20% aos 7.411 pontos. Já em Paris, o CAC ganha 0,18% aos 5.877 pontos.

COMMODITIES

A jornada desta quinta-feira foi marcada por uma forte queda na cotação dos contratos futuros do minério de ferro, transacionados na bolsa de mercadorias da cidade chinesa de Dalian. O ativo com o maior volume de negócios, com data de vencimento para janeiro do próximo ano, cedeu 2,24% a 611,00 iuanes por tonelada, o que representa uma variação de 14,00 iuanes em relação ao valor de liquidação da véspera, que foi de 625,00 iuanes/t.

No caso do vergalhão de aço, o dia também foi negativo para a maioria dos vencimentos dos papéis futuros negociados na bolsa de Xangai, também na China. O contrato mais líquido, para o primeiro mês de 2020, cedeu 26 iuanes para 3.418 iuanes por tonelada, enquanto que o de maio do mesmo ano, segundo em volume, perdeu 21 iuanes para 3.237 iuanes por tonelada.

O dia é de forte avanço para as cotações do petróleo nos mercados internacionais. O barril do tipo Brent soma 1,10%, ou US$ 0,68, a US$ 62,42. Já em Nova York, o WTI ganha 1,12%, ou 0,63%, a US$ 56,98.

MERCADO CORPORATIVO

- Cana-de-açúcar

O governo brasileiro revogou uma legislação de dez anos que proibia o cultivo de cana-de-açúcar em áreas ambientalmente vulneráveis, como a Amazônia e o Pantanal, de acordo com publicação no Diário Oficial da União nesta quarta-feira.

A decisão do presidente Jair Bolsonaro gerou críticas de ambientalistas, que enxergam na medida um risco extra para a manutenção de florestas nativas.

“(Essa decisão) mancha o etanol brasileiro no mercado mundial”, publicou no Twitter o ex-ministro do Meio Ambiente Carlos Minc, acrescentando que foi ele quem esteve por trás da edição do decreto que proibia o cultivo em 2009.

À época, o etanol possuía grandes perspectivas, com a expectativa de que muitos países começassem a utilizar o biocombustível para reduzir suas pegadas de carbono. No entanto, havia temores sobre o avanço do cultivo de cana no Brasil, que poderia desencadear ações de desmatamento e tomar áreas agrícolas utilizáveis para a produção de alimentos.

- IRB Brasil (SA:IRBR3)

A resseguradora IRB Brasil (SA:IRBR3) teve lucro líquido de 329,5 milhões de reais no terceiro trimestre, aumento de 28,9% ante mesma etapa de 2018, mais abaixo dos 409,4 milhões da previsão média de analistas apurada pela Refinitiv.

De julho a setembro, os prêmios emitidos pela companhia somaram 2,3 bilhões de reais, avanço de 18% ano a ano. A rentabilidade anualizada sobre o patrimônio líquido do IRB Brasil (SA:IRBR3) no trimestre foi de 37%, avanço de cerca de 3,7 pontos percentuais sobre um ano antes.

O resultado financeiro consolidado do grupo no período somou 239,4 milhões de reais, ante 178,2 milhões no mesmo intervalo de 2018. Em julho, uma oferta secundária de ações do IRB (SA:IRBR3), de papéis detidos pelo governo brasileiro e pela BB (SA:BBAS3) Seguros, levantou cerca de 7,4 bilhões de reais.

- Ultrapar (SA:UGPA3)

A Ultrapar (SA:UGPA3) teve lucro quase estável no terceiro trimestre, uma vez que a leve melhora dos resultados operacionais foi ofuscada por maiores perdas financeiras devido à desvalorização cambial

O conglomerado dono da rede de postos Ipiranga, da Oxiteno, da distribuidora Ultragaz, entre outros negócios, anunciou nesta quarta-feira que teve lucro líquido ajustado de 307 milhões de reais no terceiro trimestre. Na base comparável, o lucro foi de 321 milhões de reais, levemente abaixo dos 323,2 milhões de um ano antes, mas acima dos 260,1 milhões de reais da previsão média de analistas compilada pela Refinitiv.

A receita líquida do grupo caiu 3% ano a ano, para 23,2 bilhões de reais, refletindo em parte o menor preço dos combustíveis vendidos pela rede Ipiranga.

Por outro lado, o resultado operacional da Ultrapar (SA:UGPA3) medido pelo lucro antes de impostos, juros, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado foi de 979 milhões de reais. Na base comparável, o Ebitda de 888 milhões, alta de 4% ano a ano, número também maior do que os 840,7 milhões da previsão de analistas calculada pela Refinitiv.

- Banco Inter (SA:BIDI4)

O Banco Inter (SA:BIDI4) anunciou que seu conselho de administração aprovou nesta quarta-feira assinar a aquisição de 70% na DLM Invista Gestão de Recursos pelo equivalente a 49 milhões de reais.

Em fato relevante, o Banco Inter (SA:BIDI4) afirma que a DLM tem 4,5 bilhões em ativos sob gestão e cerca de 40 mil cotistas. “Como resultado desta aquisição, pretendemos explorar e desenvolver as sinergias existentes em nossa plataforma aberta, que já conta com 338 mil investidores”, afirmou o banco.

Do valor a ser desembolsado, metade será paga no fechamento da operação, enquanto os 24,5 milhões de reais restantes serão pagos em quatro parcelas anuais, podendo ser reajustadas de acordo com a performance da DLM nos entre 2020 e 2023.

Resultado

O banco também anunciou que teve lucro líquido de 11,8 milhões de reais no terceiro trimestre, queda de 64 por cento sobre o desempenho dos três meses imediatamente anteriores e baixa de 38 por cento na comparação anual.

O número de contas subiu 28,4 por cento entre junho e o final de setembro, para 3,26 milhões. Um ano antes, o número de contas estava em 1,05 milhão, segundo o balanço.

A carteira de crédito cresceu 10,6 por cento na base trimestral e subiu 43,7 por cento na anual, para 4,38 bilhões de reais.

- JBS (SA:JBSS3)

A JBS (SA:JBSS3) anunciou nesta quarta-feira a compra do frigoríficos Marba por valor não revelado.

Segundo a maior processadora de carne bovina do mundo, a Marba tem faturamento anual de 350 milhões de reais. “Essa aquisição está em linha com a estratégia da companhia de ampliar a participação de produtos de maior valor agregado e de marcas em seu portfólio”, afirmou a companhia.

- Azul (SA:AZUL4)

A Azul (SA:AZUL4) afirmou nesta quarta-feira que a demanda total por seus voos no Brasil e para o exterior subiu 36,3% em outubro sobre o mesmo período do ano passado, enquanto a sua oferta de assentos avançou 33,3%.

A terceira maior companhia aérea do Brasil informou que no mercado doméstico apenas a demanda de outubro cresceu 40,1% em relação ao registrado um ano antes e que disponibilizou oferta de lugares 36,3% maior.

Na véspera, a rival Gol (SA:GOLL4) havia informado alta de 13,3% ano a ano na demanda consolidada por voos da companhia em outubro. Já a oferta de assentos da subiu 9,7%, levando a taxa de ocupação dos aviões da empresa para 81,7%, 2,6 pontos acima do registrado em outubro de 2018.

- Notre Dame Intermédica (SA:GNDI3)

A empresa do ramo de saúde Notre Dame Intermédica (SA:GNDI3) viu seu lucro crescer no terceiro trimestre, apoiado na expansão das receitas oriundas de um acelerado processo de aquisições.

A companhia anunciou nesta quarta-feira que seu lucro de julho a setembro somou 99,7 milhões de reais, alta 5,9% na comparação com um ano antes. Em termos ajustados, o lucro foi de 155,7 milhões de reais, avanço ano a ano de 22,4%.

A previsão média de analistas compilada pela Refinitv apontava para lucro de 120,6 milhões de reais no período. Não ficou claro de imediato se os números são comparáveis.

Já o resultado operacional da Notre Dame Intermédica (SA:GNDI3) medido pelo lucro antes de impostos, juros, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado somou 319,6 milhões de reais, aumento de 50,2% no comparativo atual e acima da previsão média de analistas, de 233,2 milhões de reais.

- Usiminas (SA:USIM5)

A usina da Usiminas (SA:USIM5) em Ipatinga sofreu nesta quarta-feira uma interrupção na energia elétrica fornecida pela Cemig (SA:CMIG4), o segundo episódio do tipo em cerca de duas semanas, informou o grupo siderúrgico.

A queda de energia ocorreu no início da tarde envolvendo a usina e a região leste de Minas Gerais. Segundo a Usiminas (SA:USIM5), o apagão durou alguns minutos e não produziu impactos graves nos equipamentos além de fumaça causada pela ativação do protocolo de segurança da usina.

“O fornecimento de energia já foi reestabelecido e os equipamentos foram retomados. A fumaça emitida na área de redução é proveniente da parada e queima de gases como parte do procedimento de segurança”, afirmou a Usiminas (SA:USIM5) em comunicado.

“A empresa lamenta informar que é a segunda ocorrência na interrupção do fornecimento de energia por parte da Cemig (SA:CMIG4) em cerca de duas semanas, o que acarreta transtornos e prejuízos para suas atividades”, acrescentou a empresa sem citar valores.

- Itaú (SA:ITUB4) e Equatorial Energia (SA:EQTL3)

O Itaú Unibanco (SA:ITUB4) assinou acordo de investimento com a Equatorial Energia (SA:EQTL3) pelo qual passará a ter uma fatia nas operações de distribuição da companhia elétrica no Maranhão e no Pará.

Pelo negócio, a Equatorial (SA:EQTL3) colocará toda sua participação em suas distribuidoras no Maranhão (ex-Cemar) e no Pará (Celpa) em uma nova subsidiária, a Equatorial Distribuição.

Já o Itaú (SA:ITUB4) irá subscrever e integralizar ações preferenciais a serem emitidas pela Equatorial Distribuição no montante de 1 bilhão de reais, passando a deter 9,9% da empresa, enquanto a Equatorial Energia (SA:EQTL3) terá 90,1%.

A Equatorial (SA:EQTL3) Distribuição terá 96,5% de participação na Celpa e 65,1% na Equatorial Maranhão, ainda segundo o comunicado.

A Equatorial (SA:EQTL3) controla também empresas de distribuição no Piauí e no Alagoas, adquiridas em leilões de privatização realizados pela Eletrobras (SA:ELET3) em 2018, mas elas não entraram na transação com o Itaú Unibanco (SA:ITUB4).

- Cielo (SA:CIEL3)

A Cielo (SA:CIEL3) e o Mercado Pago anunciaram nesta quarta-feira parceria que permitirá o uso de carteira digital para pagamento de compras em lojas físicas, evidenciando como rivais da indústria estão preferindo acordos pontuais para enfrentar um mercado cada vez mais concorrido no país.

Na prática, o acordo permitirá que usuários do Mercado Pago, braço de pagamentos do Mercado Livre, possam pagar compras nos cerca de 1,5 milhão de terminais da Cielo (SA:CIEL3) pelo país como se estivessem pagando com um cartão de crédito ou de débito.

Ao efetuar a compra, o consumidor tem a opção de ativar na máquina de pagamento (POS) da Cielo (SA:CIEL3) a opção de gerar um QR, em vez de passar um cartão. Em seguida, o aplicativo do Mercado Pago lê o QR, concluindo a transação.

Para a Cielo (SA:CIEL3), maior empresa de meios de pagamentos do país, mas que vem perdendo margens há anos com a multiplicação de subadquirentes de cartões, o acordo permite ampliar as fontes de receita, uma vez que receberá todo o MDR, a taxa cobrada dos lojistas sobre pagamentos eletrônicos, gerado na transação com o usuário do Mercado Pago.

AGENDA DE AUTORIDADES

- Jair Bolsonaro

O presidente inicia a o dia se encontrando com Ronaldo Costa Filho, Ministro de Primeira Classe da Carreira de Diplomata do Ministério das Relações Exteriores, se reunindo em seguida com Ernesto Araújo, Ministro de Estado das Relações Exteriores.

Na parte da tarde, tem reunião marcada com R. R. Soares, Missionário da Igreja Internacional da Graça de Deus.

*Com Reuters

Relacionadas

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Ale Sá
Ale Sá

Pessoal, por favor, corrijam o valor do lucro líquido da IRBR3, pois não é 329, mas sim 392. Muito acima do que informaram aqui, ok?  ... (Leia Mais)

07.11.2019 15:43 GMT· Responder
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 中文 香港 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+