ABERTURA: Ibovespa futuros em leve alta com balanços e Copom; dólar em leve baixa

ABERTURA: Ibovespa futuros em leve alta com balanços e Copom; dólar em leve baixa

Investing.com  | 31.10.2019 09:58

ABERTURA: Ibovespa futuros em leve alta com balanços e Copom; dólar em leve baixa

Investing.com - O Ibovespa Futuros opera com leve alta de 0,13% aos 108.435 pontos às 09h56, indo em direção contrária aos índices futuros dos EUA. O dólar tem uma leve queda de 0,18% a R$ 3,9823.

O mercado deve repercutir a decisão do Copom de reduzir a Selic para 5,0% e a indicação que realizará um novo corte na próxima reunião. Além disso, a temporada de balanços também deve movimentar o dia, depois dos resultados de importantes companhias como Pão de Açúcar (SA:PCAR4), Lojas Americanas (SA:LAME4), B2W (SA:BTOW3), Bradesco (SA:BBDC4), entre outras.

- Cenário Interno

Copom

O Banco Central reduziu nesta quarta-feira a taxa Selic em 0,5 ponto percentual, a 5% ao ano, e indicou com clareza que deverá repetir a dose em sua próxima decisão, em meio a um quadro de fraqueza na economia e baixa inflação.

A próxima e última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) deste ano acontece em 10 e 11 de dezembro. Com a nova tesourada, a Selic fecharia 2019 em 4,5%.

Todos os 31 economistas consultados pela Reuters já previam que a Selic seria diminuída em 0,5 ponto na reunião desta quarta.

“O Comitê avalia que a consolidação do cenário benigno para a inflação prospectiva deverá permitir um ajuste adicional, de igual magnitude”, trouxe comunicado do BC.

Meta Fiscal

O governo não precisa mudar a meta fiscal de 2020 por eventual impulso às receitas com o leilão da cessão onerosa, afirmou nesta quarta-feira o secretário do Tesouro, Mansueto Almeida, defendendo que eventual investida nesse sentido seja feita apenas em relação às metas de 2021 e 2022.

O alvo fiscal para o governo central no ano que vem é de 124,1 bilhões de reais, sétimo resultado consecutivo no vermelho. Na próxima semana, o governo realizará o megaleilão do excedente do pré-sal na cessão onerosa, com o qual espera levantar 106,6 bilhões de reais em bônus de assinatura.

Caso haja ágio maior que 5% no certame —que será pago não em cima do bônus, mas sobre o percentual de óleo que a empresa ou consórcio vencedor destinará à União—, o volume recebido pelo governo será parcelado, sendo que uma parte entrará em caixa em 2019 e outra, em 2020.

- Cenário Externo

Negociações EUA e China

Autoridades chinesas têm dúvidas sobre se será possível alcançar um acordo comercial abrangente de longo prazo com os Estados Unidos e o presidente Donald Trump, informou a Bloomberg nesta quinta-feira, citando fontes anônimas.

Autoridades chinesas disseram a visitantes e em outras conversas privadas que a China não vai ceder nas questões mais espinhosas, disse a matéria.

As autoridades chinesas também estão preocupadas sobre a natureza impulsiva de Trump e o risco de que ele possa dar as costas mesmo para o acordo provisório que ambos os lados querem assinar nas próximas semanas, disse a Bloomberg.

Atividade industrial chinesa

A atividade industrial na China encolheu pelo sexto mês seguido em outubro e mais do que o esperado, enquanto a expansão do setor de serviços enfraqueceu em meio ao crescimento econômico mais fraco do país em quase 30 anos.

O Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) para a indústria caiu a 49,3 em outubro, informou nesta quinta-feira a Agência Nacional de Estatísticas, contra 49,8 em setembro. A marca de 50 separa crescimento de contração

Impeachment de Trump

Um ex-parlamentar republicano que virou lobista pressionou repetidamente pela demissão da embaixadora norte-americana na Ucrânia Marie Yovanovitch, medida tomada posteriormente pelo presidente Donald Trump após orientação de seu advogado pessoal Rudy Giuliani, disse uma diplomata dos Estados Unidos em depoimento nesta quarta-feira.

Catherine Croft e Christopher Anderson, especialistas em Ucrânia no Departamento de Estado, tornaram-se as mais recentes autoridades antigas e atuais dos EUA convocadas como testemunhas em inquérito de impeachment liderado pelos democratas contra o presidente republicano na Câmara dos Deputados.

Argentina

Dois economistas pró-indústria devem fazer parte da equipe de transição na área econômica de Alberto Fernández, disse nesta quarta-feira um porta-voz do presidente eleito da Argentina em um momento de grande ansiedade dos mercados para conhecer indícios do futuro governo.

Matías Kulfas e Cecilia Todesca, atuais assessores do peronista de centro-esquerda Fernández, são defensores do mercado doméstico e do desenvolvimento industrial e ocuparam cargos executivos no Banco Central durante o governo da ex-presidente Cristina Kirchner.

BOLSAS INTERNACIONAIS

Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 0,37%, a 22.927 pontos. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 0,90%, a 26.906 pontos. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 0,35%, a 2.929 pontos. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 0,11%, a 3.886 pontos.

O dia é negativo para as principais praças dos mercados europeus. Em Frankfurt, o DAX perde 0,28% aos 12.874, enquanto que o FTSE, de Londres, cai 0,98% aos 7.258 pontos. Já em Paris, o CAC cede 0,44% aos 5.740 pontos.

COMMODITIES

A jornada desta quinta-feira foi marcada por uma ligeira valorização para os contratos futuros do minério de ferro, transacionados na bolsa de mercadorias da cidade chinesa de Dalian. O ativo com o maior volume de negócios, com data de vencimento em janeiro do próximo ano, avançou 0,65% a 620,50 iuanes por tonelada, o que representa uma variação de 4,00 iuanes diante do valor de liquidação da véspera, de 616,50 iuanes/t.

No caso do vergalhão de aço, a sessão também foi de ganhos para os papéis futuros da commodity, que é negociada na bolsa de mercadorias de Xangai, também na China. O contrato mais líquido, com entrega em janeiro de 2020, somou 16 iuanes para 3.367 iuanes por tonelada, enquanto que o de maio do mesmo ano, segundo em volume, ganhou 5 iuanes para 3.218 iuanes/t.

No caso o petróleo, a sessão é de recuo na cotação do produto. O barril do tipo Brent, de Londres, cai 0,25%, ou US$ 0,15, a US$ 60,09, enquanto que em Nova York, o WTI apresenta recuo de 0,40%, ou US$ 0,22, a US$ 54,84.

MERCADO CORPORATIVO

- Bradesco (SA:BBDC4)

O Bradesco (SA:BBDC4), segundo maior banco privado brasileiro, divulgou nesta quinta-feira um lucro líquido recorrente no terceiro trimestre, em linha com as expectativas, depois de registrar fortes resultados com seguros e crescimento dos empréstimos ao consumidor.

O lucro recorrente do Bradesco (SA:BBDC4) foi de 6,542 bilhões de reais no terceiro trimestre, um aumento de 19,6% em relação ao ano anterior e praticamente em linha com a estimativa dos analistas de 6,417 bilhões de reais, compilada pela Refinitiv.

A Bradesco (SA:BBDC4) Seguros, unidade de seguros do banco, registrou um resultado 7,5% maior em relação ao ano anterior, impulsionado pelos planos de previdência.

A carteira de crédito do Bradesco (SA:BBDC4) cresceu 3,2% no trimestre ante o período anterior, principalmente por conta de empréstimos ao consumidor e a pequenas empresas.

O índice de inadimplência acima de 90 dias também subiu 0,4 ponto percentual, para 3,6%, mas o banco diz que a alta se deu por problemas pontuais com empréstimos corporativos.

- Lojas Americanas (SA:LAME4)

A Lojas Americanas (SA:LAME4) teve forte alta do lucro no terceiro trimestre, apoiada pelo avanço do Ebitda, pelo melhor resultado financeiro e pela geração de caixa.

O grupo, que combina lojas físicas e comércio eletrônico, anunciou nesta quarta-feira que teve lucro líquido de 48,2 milhões de reais no período, alta de 54,5% sobre um ano antes.

Mas o resultado veio abaixo da previsão média de analistas consultados pela Refinitiv, de 61 milhões de reais.

Já o resultado da companhia medido pelo lucro antes de impostos, juros, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado foi 8,7% maior, para 757 milhões de reais, acima da p0revisão dos analistas ouvidos pela Refinitiv, de 639 milhões de reais. A margem Ebitda ajustada subiu 0,2 ponto, a 17,9%.

- B2W (SA:BTOW3)

A varejista de comércio eletrônico B2W (SA:BTOW3) informou na quarta-feira que encerrou o terceiro trimestre do ano com prejuízo líquido de R$ 102,5 milhões, uma queda de 4,9% diante dos R$ 107,8 milhões de um ano atrás. No acumulado do ano, as perdas chegam a R$ 369,3 milhões, ficando 10% acima do apurado no mesmo intervalo de 2018.

A receita líquida com a venda de produtos e serviços atingiu um total de R$ 1,681 bilhão, crescimento de 8% diante dos R$ 1,556 bilhão em relação ao terceiro trimestre do ano passado. No ano, o montante chega a R$ 4,441 bilhões, 1,5% a menos na base anual.

Assim, o Ebitda ajustado do terceiro trimestre foi de R$ 152,3 milhões, alta de 15,3% diante dos R$ 132,1 milhões de um ano atrás. Assim, em 12 meses, a margem Ebitda avançou de 8,5% para 9,1%.

- Arezzo (SA:ARZZ3)

A varejista de calçados Arezzo (SA:ARZZ3) informou na quarta-feira que encerrou o terceiro trimestre do ano com lucro líquido de R$ 39,775 milhões, uma queda de 1% diante dos R$ 40,164 milhões de um ano atrás. Na base pró-forma, com ajustes do IFRS16, o lucro foi de R$ 41,09 milhões, alta de 2,3%.

A receita líquida atingiu um total de R$ 440,874 milhões, crescimento de 7,4% diante dos R$ 410,404 milhões em relação ao terceiro trimestre do ano passado. No ano, o montante chega a R$ 1,211 bilhão, 8,7% a mais na base anual.

Assim, o Ebitda do terceiro trimestre foi de R$ 83,545 milhões, alta de 18,1% diante dos R$ 70,731 milhões de um ano atrás. Assim, em 12 meses, a margem Ebitda avançou de 17,2% para 18,9%.

- Petrobras (SA:PETR4)

A Petrobras (SA:PETR4) tem como meta reduzir o tempo entre a descoberta de indícios de hidrocarboneto e a produção de um campo para mil dias em águas profundas no fim da próxima década, afirmou nesta quarta-feira o diretor-executivo de Exploração e Produção, Carlos Alberto de Oliveira.

No ano passado, a média da indústria global entre uma descoberta e a produção foi de 1.900 dias, disse Oliveira, explicando que a Petrobras (SA:PETR4) já tem alguns projetos enquadrados nesse patamar, que é de cerca de cinco anos.

“É uma ambição... você tem que começar a trabalhar neste sentido, então as coisas começam a acontecer, você começa a reduzir os seus tempos”, disse Oliveira, durante a feira internacional de tecnologia OTC.

Segundo o executivo, para alcançar essa meta, a empresa planeja usar inteligência artificial, integração da base de dados, aprendizado de máquina, possibilitando evitar perfurações, Teste de Longa Duração (TLD), para partir diretamente para o desenvolvimento da produção.

- Pão de Açúcar (SA:PCAR4)

O grupo varejista GPA (SA:PCAR4) teve expansão do resultado operacional no terceiro trimestre, apoiado no crescimento das vendas de seu braço de atacarejo Assaí, o que ajudou a compensar o desempenho mais fraco do multivarejo.

A companhia, controlada pelo francês Casino e dona das marcas Pão de Açúcar (SA:PCAR4) e Extra, anunciou nesta quarta-feira que seu resultado operacional medido pelo lucro antes de impostos, juros, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado consolidado somou 960 milhões de reais no terceiro trimestre, alta de 10,9% ante mesma etapa de 2018. A margem Ebitda ficou estável em 7,1%.

Em termos líquidos, o Ebitda do GPA (SA:PCAR4) no período foi de 839 milhões de reais, alta de 3,2% sobre um ano antes. Não ficou imediatamente claro se o número é comparável com a previsão média de analistas consultados pela Refinitiv, de 813,3 milhões de reais, para o período.

O lucro líquido consolidado somou 192 milhões de reais de julho a setembro, alta de 27,2% no comparativo anual.

A receita líquida do grupo cresceu 10,3% ano a ano, para 13,5 bilhões de reais. A receita líquida do Assaí, braço de atacarejo do grupo, subiu 18,4%, a 6,95 bilhões de reais. A Margem Ebitda subiu 0,7 ponto, para 7,1%.

- Setor Imobiliário

A Caixa Econômica Federal anunciou nesta quarta-feira uma terceira redução de juros neste ano para o financiamento de imóveis com recursos do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE).

Pelas novas condições, a taxa efetiva mínima para imóveis residenciais, enquadrados no Sistema Financeiro de Habitação (SFH) e Sistema Financeiro Imobiliário (SFI) será de TR+6,75% ao ano, enquanto a máxima, de TR +8,5% anuais, com reduções, respectivamente, de 0,75 e 1 ponto percentual.

As novas taxas de financiamento entrarão em vigor a partir da próxima quarta-feira, 6 de novembro. O anúncio foi feito antes da divulgação da decisão do Comitê de Política Monetária do Banco Central sobre taxa de juros Selic. A expectativa do mercado envolve corte de 0,5 ponto na Selic.

O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, afirmou que com juros menores, haverá maior demanda por imóveis e que as novas taxas fazem a faixa 3 do programa Minha Casa Minha Vida perder competitividade.

- Saneamento

A comissão da Câmara que analisa projeto que atualiza o marco legal do saneamento básico aprovou o texto-base da proposta nesta quarta-feira.

Resta ainda a análise de 11 destaques, que podem alterar a proposta, que, entre outros pontos, estabelece o prazo de um ano para empresas estatais de água e esgoto anteciparem a renovação de contratos com municípios. Nesse prazo, as empresas estatais de água e esgoto poderão renovar os chamados “contratos de programa”, firmados sem licitação com os municípios. Novos contratos desse tipo não poderão ser firmados, segundo informou a Agência Câmara.

As ações da Sabesp (SA:SBSP3), maior empresa de saneamento do país, sob gestão do governo de São Paulo, subiam cerca de mais de 3 por cento, entre as principais altas do Ibovespa no final da sessão, após a aprovação do texto que facilita a privatização de empresas do setor.

- Eletrobras (SA:ELET3)

Uma empresa do grupo Al Mazrouei, dos Emirados Árabes Unidos, entrou com ação nos Estados Unidos contra a estatal Eletrobras (SA:ELET3) na qual acusa a brasileira de descumprir leis locais e regras do mercado de ações norte-americano, segundo comunicado da companhia árabe nesta quarta-feira.

A ação, ajuizada em Nova Iorque pelo escritório Kahn Swick & Foti, que representa a AAE Management for Energy Equipment (AAE) e suas filiadas nos EUA e Alemanha, envolve um tema que há anos gera dores de cabeça para a Eletrobras (SA:ELET3) nos tribunais brasileiros e exige provisões bilionárias da companhia, o chamado empréstimo compulsório.

Criado por ação do governo brasileiro nos anos 60, o empréstimo compulsório foi uma cobrança junto a consumidores industriais para financiar a expansão do sistema elétrico. Nos anos 80, o prazo para devolução foi prorrogado e o governo definiu que a Eletrobras (SA:ELET3) poderia antecipar a quitação convertendo créditos do empréstimo em ações.

A Eletrobras (SA:ELET3) informou em seu mais recente balanço, do segundo trimestre, que já pagou mais de 6 bilhões de reais referentes a demandas judiciais sobre o compulsório, além de ter provisão de 17,9 bilhões de reais para lidar com ações sobre o tema.

AGENDA DE AUTORIDADES

- Jair Bolsonaro

O presidente da República chegou no começo da manhã desta quinta-feira em Brasília, depois da viagem à Ásia e, por enquanto, não tem nenhum compromisso público oficial.

- Paulo Guedes

A agenda oficial do ministro da Economia tem como único compromisso do dia uma reunião, em São Paulo, com os economistas David Beker, Leonardo Fonseca da Silva, Cassiana Fernandez, Ana Paula Vescovi, Fabio Ramos, Thiago Machado, Leonardo Porto, Fernando Honorato Barbosa, Gabriel Barros, Guilherme Martins, Carlos Kawall, Diogo Guillen, Pedro Jobim, José Márcio Camargo, Aurélio Bicalho, Daniel Weeks, Gabriel Hartung, Daniel Ribeiro Leichsenring, Fernando Honorota, Alexandre Ázara, Caio Dias, João Victor Villaverde de Almeida e Silvio Cascione

Relacionadas

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 中文 香港 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+