Cautela com feriado nos EUA e com covid impõe correção do Ibovespa

Cautela com feriado nos EUA e com covid impõe correção do Ibovespa

Estadão Conteúdo  | 25.11.2020 11:40

Cautela com feriado nos EUA e com covid impõe correção do Ibovespa

Na véspera do feriado nos Estados Unidos, os mercados acionários colocam o pé no freio depois dos ganhos do dia anterior, marcado pela empolgação com novas notícias sobre a chegada de uma vacina contra a covid-19. Os sinais são mistos nas bolsas europeias e nos índices futuros em Nova York, o que reforça a expectativa de realização de lucros do Ibovespa. Ontem, o índice fechou em alta de 2,24%, aos 109.786,30 pontos, acompanhando a valorização externa, com destaque para o Dow Jones acima dos 10 mil pontos pela primeira vez na história. Às 11h05, o índice da Bovespa cedia 0,20%, aos 109.548,78 pontos, após testar os 110 mil pontos (110.008,67, na máxima intraday).

O pregão desta quarta-feira é marcado por instabilidade, já que amanhã os mercados nos EUA ficarão fechados por conta do feriado de Ação de Graças. Há pouco, saíram dados mistos da economia norte-americana. Houve alta nos pedidos semanais de auxílio-desemprego e nas encomendas de bens duráveis de outubro. Além disso, o PIB cresceu à taxa anualizada de 33,1% no terceiro trimestre em sua segunda leitura, ficando igual à primeira divulgação.

"Esse aumento dos pedidos de auxílio preocupa pois pode afetar o consumo lá na frente. Já tem banco estimando PIB negativo dos EUA no primeiro trimestre de 2021. Já o aumento das encomendas é mais um fator que está se ajustando depois de terem ficado baixos no auge da crise. Temos um cenário incerto covid-19", avalia Bruno Takeo, gestor da Ouro Preto Investimentos.

Apesar da alta do petróleo no exterior, as ações da Petrobras recuavam, entre 0,72% (PN) (SA:PETR4) e 0,90% (ON) (SA:PETR3), às 11h10, depois da valorização recente.

O desafio das economias mundiais em lidar com a segunda onda do novo coronavírus volta a incomodar os mercados, e já há quem fale em uma terceira fase da pandemia. Apesar de reconhecer que alguns cidadãos do continente europeu terão acesso à vacina contra a covid-19 antes do fim deste ano, a presidente da Comissão Europeia, Ursula Von Der Leyen, disse que o relaxamento de medidas contra a pandemia é um risco muito grande para uma terceira onda. Ursula ainda reconheceu que a instituição está preparada para o caso de não haver acordo com o Reino Unido após o Brexit.

A disseminação de casos e de mortes pela covid-19 também preocupa o Brasil. Ontem, o País ultrapassou a marca de 170 mil óbitos. São 170.179 vítimas, com 638 novas mortes nas últimas 24 horas. Essas preocupações devem reforçar a cautela e elevar a possibilidade de realização do Ibovespa ao longo do dia além de volatilidade e de liquidez reduzida por causa do feriado de Ação de Graças amanhã nos EUA, quando os mercados ficarão fechados.

O ajuste global deve favorecer o retorno da cautela no Brasil, diante das incertezas com a agenda fiscal e orçamentária para 2021, avalia em nota o economista Silvio Campos Neto, da Tendências Consultoria Integrada.

Apesar da expectativa de devolução dos ganhos recentes de alguns setores da Bolsa brasileira, outros podem destoar, caso da B3 (SA:B3SA3), que registrou alta de 71,4% no volume financeiro no mercado de renda variável em outubro. Os papéis subiam 1,08%, ás 11h12. CVC ON (SA:CVCB3) também avançava (6,36%), tentando recuperar os estragos das medidas de isolamento social para conter a pandemia de covid-19 e que provocaam perdas de 57% em 2020 em suas ações.

O alerta do BCE da necessidade de os bancos ampliarem as provisões para créditos de má qualidade, e que já pesa nas ações do setor financeiro lá fora, fica no radar. Na Bolsa brasileira, os papéis do setor financeiro cediam até 2%, após ganhos de ontem.

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Mamoru Uehara
Mamoru Uehara

pra ferrar os gringos amanhã sobe 3% sexta realização ...   ... (Leia Mais)

25.11.2020 20:55 GMT· Responder
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 简体中文 繁體中文 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+

Baixe o aplicativo do Investing.com

Receba gratuitamente cotações, gráficos e alertas em tempo real sobre ações, índices, moedas, commodities e títulos. Acesse gratuitamente as melhores análises e previsões técnicas.

Investing.com é melhor no App!

Mais conteúdo, cotações e gráficos mais rápidos e uma experiência melhor estão disponíveis apenas no aplicativo.