Cena externa endossa realização após máximas em novo dia cheio de balanços

Cena externa endossa realização após máximas em novo dia cheio de balanços

Reuters  | 08.11.2019 13:23

Cena externa endossa realização após máximas em novo dia cheio de balanços

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - O tom negativo prevalecia na bolsa paulista nesta sexta-feira, em meio a movimentos de realização de lucros endossados pelo exterior desfavorável, com balanços corporativos também pesando no Ibovespa, entre eles o da BRF e da CVC (SA:CVCB3).

Às 11:47, o Ibovespa caía 0,91%, a 108.587,69 pontos. O volume financeiro somava 4,43 bilhões de reais.

O declínio ocorre após o Ibovespa renovar máximas históricas na véspera, quando fechou a 109.580,57 pontos, acumulando ganho de 1,28% na semana.

A ausência de novidades no progresso das negociações comerciais entre Estados Unidos e China endossa cautela nos mercados de ações, após noticiário mais favorável na véspera, citou a equipe da Mirae Asset em nota a clientes.

As bolsas na Europa mostravam perdas, assim como o futuro do norte-americano S&P 500. A sessão também era de alta do dólar ante uma cesta com as principais moedas globais e queda do petróleo.

No Brasil, além de nova bateria de resultados corporativos, também repercutia a decisão da noite da véspera do Supremo Tribunal Federal (STF), que derrubou a possibilidade de prisão após condenação em segunda instância.

A equipe da H.Commcor ressaltou que a decisão atua como componente negativo, tanto pela sensação de insegurança jurídica quanto pelo chamado "risco Lula", uma vez que a decisão deve levar à liberdade o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

"Nesse último aspecto, deve-se expor primeiramente a potencial instabilidade política adicional que a esquerda (fortalecida) promete", afirmou em nota a clientes.

DESTAQUES

- BRF ON (SA:BRFS3) caía 1%, mesmo após registrar lucro líquido de 446 milhões de reais nas operações continuadas no terceiro trimestre, revertendo prejuízo de 860 milhões de reais um ano antes, em meio a efeitos tributários e queda sequencial em margens. Em teleconferência, executivos da companhia afirmaram que estão olhando para o quarto trimestre com otimismo em termos da demanda por alimentos no Brasil.

- CVC BRASIL ON desabava quase 10%, tendo no radar lucro líquido ajustado de 97,5 milhões de reais no terceiro trimestre no Brasil, quase estável em relação aos 97 milhões de reais um ano antes, conforme dados pro forma. A companhia também informou que o diretor de finanças Leopoldo Saboya renunciou. Em apresentação, a companhia afirmou que no terceiro trimestre suas operações de turismo de lazer tiveram impacto com o derramamento de óleo em praias do Nordeste.

- VALE ON (SA:VALE3) caía 2%, com o setor de mineração e siderurgia acompanhando o movimento mais fraco de papéis similares na Europa diante da queda do preço do minério de ferro. USIMINAS PNA (SA:USIM5) cedia 2,3% e CSN ON (SA:CSNA3) recuava 1,2%.

- IGUATEMI ON (SA:IGTA3) desvalorizava-se 2,4%, apesar do balanço trimestral, que mostrou lucro antes de juros impostos, depreciação e amortização (Ebitda) de 168,5 milhões de reais, alta de 19,4%, em relação ao mesmo período do ano anterior.

- BR DISTRIBUIDORA ON subia 3,45%, tendo de pano de fundo programa de desligamento voluntário que trará redução total estimada de despesas de cerca de 650 milhões de reais anuais.

- PETROBRAS PN (SA:PETR4) recuava 1,5%, após forte valorização na véspera, acompanhando o declínio dos preços do petróleo no mercado externo. PETROBRAS ON (SA:PETR3) cedia X%.

- BRADESCO PN (SA:BBDC4) caía 1,6X% e ITAÚ UNIBANCO PN perdia 1,2%, acompanhando as vendas generalizadas na bolsa paulista e pesando no Ibovespa dado o peso relevante que ambos detêm na composição do índice.

Relacionadas

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
E. Andrade
E. Andrade

Foi cena interna mesmo, o mundo lá fora subiu!  ... (Leia Mais)

09.11.2019 08:57 GMT· Responder
Maleleeu Alves
Maleleeu Alves

culpa da cena interna , todo mundo sabe , externa o caramba  ... (Leia Mais)

08.11.2019 20:26 GMT· Responder
Antonio Celso
Antonio Celso

Ta parecendo editorial do Gramma!  ... (Leia Mais)

08.11.2019 18:41 GMT· Responder
Antonio Celso
Antonio Celso

Cena externa????  ... (Leia Mais)

08.11.2019 18:41 GMT· Responder
Junior Cerqueira
Junior Cerqueira

Lula saindo vai tem mais tensão entre a política desfocando a atenção na economia e voltando pra brigas politicas  ... (Leia Mais)

08.11.2019 17:57 GMT· 2 · Responder
Carlos Monteiro
Carlos Monteiro

Mentira! A queda da bolsa de hoje não tem relação com o exterior, mas com a decisão vergonhosa do STF ontem quanto à prisão em segundo estância.  ... (Leia Mais)

08.11.2019 16:57 GMT· 4 · Responder
Pedro Moreira
Pedro Moreira

bora comprar  ... (Leia Mais)

08.11.2019 16:35 GMT· Responder
Plan_Fund
Plan_Fund

meus comentários ñ aparecem   ... (Leia Mais)

08.11.2019 16:05 GMT· 2 · Responder
Rogério Fontes
Rogério Fontes

saiu na agência xinhua que os chunises não assinam nada sem a retirada das tarifas.. e Trump acaba de falar que não retira nada, então não vai ter acordo.  ... (Leia Mais)

08.11.2019 15:52 GMT· Responder
Mamoru Uehara
Mamoru Uehara

nem caiu tanto. isso é light...  ... (Leia Mais)

08.11.2019 15:41 GMT· Responder
Mamoru Uehara
Mamoru Uehara

csn cedia ? está positivo. podem ver que no gráfico está em alta. nem por isso caiu...se estivessem vendidos estaria -5%  ... (Leia Mais)

08.11.2019 15:40 GMT· Responder
Gilberto Lúcio
Gilberto Lúcio

Mimimi do caramba. Essa galera que começou a investir agora, aí sabe o que é uma queda na bolsa. Qualquer oscilação é um Deus nos acuda que não faz sentido. Quero ver quando der uma porrada de uns 30, 40% de queda, como vão reagir. A Bolsa está bem de boa esses últimos tempos.   ... (Leia Mais)

08.11.2019 15:33 GMT· Responder
Ronny Nunes
Ronny Nunes

Matéria mai escrita pra cacete! “O tom negativo prevalecia na bolsa paulista...” E a conclusão?? Se prevalecia é porque não prevalece mais...A ultima candle de 1h no IBOV está positiva indicando uma possivel reversão.  ... (Leia Mais)

08.11.2019 15:33 GMT· Responder
Janio Borges
Janio Borges

A economia tá começando a mostrar boas perspectiva de crescimento, infelizmente que investir se envolver com o mercado variável tem enfrentar os dias mais difíceis  ... (Leia Mais)

08.11.2019 15:28 GMT· Responder
Enoque Leal
Enoque Leal

Esqueceu de agradecer ao STF.  ... (Leia Mais)

08.11.2019 15:27 GMT· Responder
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 中文 香港 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+