EUA darão à Huawei mais 90 dias para comprar de fornecedores americanos, dizem fontes

EUA darão à Huawei mais 90 dias para comprar de fornecedores americanos, dizem fontes

Reuters  | 19.08.2019 10:16

EUA darão à Huawei mais 90 dias para comprar de fornecedores americanos, dizem fontes

Por Keith Zhai e David Shepardson

CINGAPURA/WASHINGTON (Reuters) - O Departamento de Comércio dos Estados Unidos deve estender autorização para que a Huawei adquira produtos de fornecedores americanos para que a empresa chinesa possa atender a contratos com clientes já em vigor, afirmaram duas fontes familiarizadas com a situação.

A "licença temporária" será prorrogada em 90 dias, disseram as fontes.

O governo inicalmente permitiu que a Huawei adquirisse alguns bens norte-americanos em maio, pouco depois de vetar a companhia, em uma medida para tentar minimizar a disrupção para os seus clientes, muitos dos quis operam redes em áreas rurais dos EUA.

A extensão vai renovar acordo previsto para acabar em 19 de agosto, permitindo que a empresa chinesa possa manter redes de telecomunicação já instaladas e autualizar softwares a aparelhos da Huawei.

A situação envolvendo a licença, que se tornou um ponto chave de barganha dos EUA em suas negociações comerciais com a China, permanece fluida e a decisão de estender a moratória pode mudar antes do deadline de segunda-feira, disseram as fontes.

A expectativa é que o presidentes dos EUA, Donald Trump, e da China, Xi Jinping, discutam o caso Huawei em um telefonema neste fim de semana, disse uma das fontes.

Huawei não comentou a questão e o ministério de relações exteriores chinês não respondeu imediatamente a um pedido de comentário.

Quando o Departamento de Comércio proibiu a Huawei de comprar bens mais cedo este ano, a medida foi considerada uma escalada relevante na guerra comercial entre os dois gigantes econômicos.

O governo dos EUA vetou a Huawei alegando que a companhia chinesa está envolvida em atividades contrárias à segurança nacional ou a interesses da política externa americana.

© Reuters. (Blank Headline Received)

Como exemplo, a ordem dos EUA citou um processo criminal pendente contra a empresa na Justiça federal envolvendo alegações de que a Huawei violou sanções norte-americanas contra o Irã. A Huawei alegou inocência no caso.

Ao mesmo tempo, os EUA afirmam que os smpartphones e equipamentos da Huawei podem ser usados pela China para espionar norte-americanos, alegaçõs que a empesa têm repetidamente refutado.

A maior fabricante de equipamentos de telecomunicações do mundo ainda está proibida de comprar partes e componentes norte-americanos para produzir novos produtos sem licenças especiais.

Relacionadas

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 中文 香港 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+