Futuros do Ibovespa iniciam a terça-feira desvalorização

Futuros do Ibovespa iniciam a terça-feira desvalorização

Investing.com  | 18.09.2018 09:09

Futuros do Ibovespa iniciam a terça-feira com desvalorização

Investsing.com - Após a forte alta de ontem, o índice futuro do Ibovespa inicia a sessão desta terça-feira com desvalorização de 0,16% aos 77.025 pontos, seguindo a tendência das bolsas internacionais. O mercado segue atento às disputas comerciais entre Estados Unidos e China, bem como para a corrida eleitoral brasileira.

O iuan recuou nesta terça-feira depois que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que Washington vai impor tarifas sobre mais 200 bilhões de dólares em importações chinesas, provocando forte repreensão e com declarações de Pequim de que será obrigada a retaliar.

A intensificação das disputas comerciais entre as duas maiores economias mundiais causou alguma agitação nas ações chinesas no início do pregão. O Ministério do Comércio da China respondeu em comunicado que Pequim não tem escolha senão reagir e que espera que os Estados Unidos "corrijam" seu comportamento.

A agenda americana não reserva indicadores de destaque para a terça-feira.

Na cena local, as atenções devem mais uma vez se voltar para a corrida presidencial e a expectativa pela divulgação de novas pesquisas eleitorais, que podem confirmar a tendência do segundo turno entre os candidatos Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT).

O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M) acelerou a alta a 1,34 por cento na segunda prévia de setembro, de 0,67 por cento no mesmo período do mês anterior, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta terça-feira.

O IGP-M é utilizado como referência para a correção de valores de contratos, como os de aluguel de imóveis.

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) de São Paulo desacelerou a alta a 0,30 por cento na segunda quadrissemana de setembro, sobre 0,40 por cento na primeira leitura do mês, informou a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) nesta terça-feira.

O IPC-Fipe mede as variações quadrissemanais dos preços às famílias paulistanas com renda mensal entre 1 e 10 salários mínimos.

Indicador de Intenção de Investimentos da Indústria, medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), recuou 3,1 pontos no terceiro trimestre deste ano em relação ao trimestre anterior. Com a segunda queda consecutiva, o indicador atingiu 113 pontos em uma escala de zero a 200 pontos, o menor nível desde o terceiro trimestre do ano passado (105,1 pontos).

O indicador busca antecipar as tendências econômicas no país a partir da disseminação do ímpeto de investimento entre as indústrias.

Apesar da queda, o indicador se mantém acima dos 100 pontos, nível em que a proporção de empresas que preveem investir mais nos próximos 12 meses supera a parcela daquelas que pretendem investir menos.

Bolsas Internacionais

Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 1,41 por cento, a 23.420 pontos. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 0,56 por cento, a 27.084 pontos. Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 1,82 por cento, a 2.699 pontos. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 2,01 por cento, a 3.269 pontos.

Na Europa, com os mercados abertos, o dia é positivo para os índices acionários. Em Frankfurt, o DAX tem ganhos de 0,17% ais 12.117,16 pontos, enquanto que em Londres o FTSE soma 0,02% aos 7.303,00 pontos. Já em Paris, o CAC apresenta avanço de 0,18% aos 5.358,63 pontos.

Commodities

A sessão desta terça-feira, na bolsa de mercadorias de Dalian, na China, foi marcada pela valorização dos contratos futuros do minério de ferro. Os ativos com vencimento em janeiro do próximo ano encerram o dia com alta de 1,10% a 507,00 iuanes por tonelada, o que representa uma variação diária de 5,50 iuanes.

A jornada também foi positiva no caso dos contratos futuros do vergalhão de aço, que são negociados na bolsa de mercadorias de Xangai. O ativo de maior liquidez, para janeiro de 2019 apresentou ganhos de 56 iuanes para um total de 4.166 iuanes por tonelada. Já o ativo mais curto, para outubro, apresentou valorização de 47 iuanes, para um total de 4.541 iuanes por tonelada.

O barril do petróleo segue a tendência da alta nos mercados internacionais. O barril do tipo WTI, referência de Nova York, tem ganhos de 1,24%, ou US$ 0,85, a US$ 69,53. Já em Londres, o Brent tem valorização de 1,18%, ou US$ 0,92, a US$ 78,97.

Mercado Corporativo

O conselho de administração da International Meal Company (SA:MEAL3) Alimentação, dona das redes Frango Assado e Viena, decidiu rescindir acordo de associação com a Sapore, empresa de refeições corporativas, de acordo com fato relevante divulgado na noite de segunda-feira.

A decisão de cancelar o acordo de fusão, anunciado em junho, ocorreu após realização de auditoria prevista no acordo, quando, segundo a IMC, as condições suspensivas previstas no acordo de não foram implementadas.

"Diante disso, e considerando que não houve consenso com os representantes da Sapore quanto a certas questões identificadas na auditoria, o conselho de administração da IMC, visando a preservar o interesse da companhia e de seus acionistas, se reuniu nesta data e deliberou rescindir o acordo de associação nos termos ali previstos", disse a IMC em fato relevante.

O conselho de administração da Brasil Pharma (SA:SA:BPHA3) se manifestou favoravelmente ao plano de recuperação revisado da companhia, que contempla a possibilidade de venda da rede de Drogarias Farmais, informou a empresa em comunicado na noite segunda-feira.

A inclusão da possibilidade de venda da Farmais foi apresentada por credores em reunião realizada no último dia 6 de setembro e aceita pelo conselho em reunião na segunda-feira.

Além da venda da rede Farmais, o plano de recuperação revisado também prevê foco na manutenção da operação de franquias de varejo farmacêutico, dada sua baixa necessidade de capital de giro e reduzido custo de expansão, para desenvolver operações nas regiões Norte e Nordeste, por meio de franquias das bandeiras Farmácias Santana e Drogarias Big Benn, cujas marcas têm grande força regional, disse a empresa.

O Wall Streel Journal, citando fontes, publicou que a Natura (SA:NATU3) procurou recentemente a Avon para uma possível aquisição do negócio.

A notícia chega poucas semanas após a Avon ter divulgado um inesperado prejuízo trimestral, sob impacto da greve dos caminhoneiros no Brasil no fim de maio, que atrasou embarques, enquanto a empresa contratou menos representantes de vendas, fazendo as ações caírem 10 por cento.

O presidente-executivo da Avon, Jan Zijderveld, tem tentado transformar a icônica marca de cosméticos que enfrentou uma série de problemas, incluindo queda nas vendas e pressão dos acionistas. A ação que foi negociada acima de 10 dólares menos de quatro anos atrás agora valem um quinto disso.

A Suzano (SA:SUZB3) anunciou ter precificado nesta segunda-feira uma captação de um bilhão de dólares em bônus no mercado internacional, como parte dos esforços para pagar a compra da rival Fibria (SA:FIBR3).

As notas, com vencimento em 2029, embutem rentabilidade ao investidor de 6,125 por cento ao ano e cupom de 6 por cento, que serão devidos e pagos semestralmente.

Acionistas da Suzano e da Fibria aprovaram na quinta-feira em assembleias gerais extraordinárias, a proposta de fusão anunciada por ambas em março, que criou a maior produtora de celulose do mundo.

Agenda de Autoridades

A terça-feira do presidente Michel Temer tem início com uma reunião com o deputado Carlos Bezerra (MDB/MT). Em seguida, recebe a delegação da Câmara dos representantes dos EUA, chefiada pelo deputado Ed Royce, presidente do Comitê de Relações Exteriores da Câmara, e integrada pelos deputados Marha Roby, Norma Torres, Alex Monney e Terri Sewell. Ao final do dia, Temer participa da Cerimônia da 27ª edição do prêmio Anamaco.

O ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, começa o dia participando do Seminário Sefel: Agenda de Governo no setor de energia: aspectos regulatórios e concorrenciais. Na parte da tarde, estará presente na 118ª Reunião do Conselho de Ministros da Camex. Em seguida, tem reunião com Valter Casimiro, Ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil.

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 简体中文 繁體中文 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+

Baixe o aplicativo do Investing.com

Receba gratuitamente cotações, gráficos e alertas em tempo real sobre ações, índices, moedas, commodities e títulos. Acesse gratuitamente as melhores análises e previsões técnicas.

Investing.com é melhor no App!

Mais conteúdo, cotações e gráficos mais rápidos e uma experiência melhor estão disponíveis apenas no aplicativo.