Ibovespa cai com exterior e aprovação de tabelamento de juros no Senado

Ibovespa cai com exterior e aprovação de tabelamento de juros no Senado

Investing.com  | 07.08.2020 10:59

Ibovespa cai com exterior e aprovação de tabelamento de juros no Senado

Por Leandro Manzoni

Investing.com - O tom negativo prevalecia na bolsa paulista na manhã desta sexta-feira, contaminada pelo aumento da tensão nas relações entre Estados Unidos e China, enquanto, no Brasil, o Senado aprovou teto para juros de cartão de crédito e cheque especial.

Na primeira hora de negociação na B3, o Ibovespa opera em queda de 0,77% a 103.323 pontos às 10h46. As maiores altas são IRB Brasil (SA:IRBR3) (3,70% a R$ 8,13), CVC Brasil (SA:CVCB3) (2,35% a R$ 20,02) e Cogna (SA:COGN3) (1,79% a R$ 7,40). Enquanto lideram as perdas Cielo (SA:CIEL3) (3,75% a R$ 5,40), ações ordinárias da Petrobras (SA:PETR3) (2,22% a R$ 23,31) e ordinárias do Bradesco (SA:BBDC3) (2,01% a R$ 20,00).

No exterior, os EUA proibiriam os aplicativos chineses de mensagens WeChat e de compartilhamento de vídeo TikTok, aumentando um confronto com Pequim sobre o futuro da indústria global de tecnologia. A China disse que as empresas do país cumprem as leis e regulamentações norte-americanas e alertou que os EUA teriam de "arcar com as consequências" de sua ação.

Em Nova York, o mini contrato futuro do S&P 500 perdia 0,5%, tendo como contrapeso um relatório do mercado de trabalho norte-americano, com criação de vaga acima do esperado em julho e queda na taxa de desemprego. Ainda da pauta externa, as exportações chinesas em julho tiveram a maior alta do ano, enquanto algumas importações de matérias-primas atingiram máximas recordes.

No Brasil, o projeto aprovado no Senado, entre outras medidas, limita os juros para o crédito rotativo do cartão de crédito e todas as demais modalidades de crédito ofertadas por meio de cartões de crédito e da linha de crédito do cheque especial a 30% ao ano durante o estado de calamidade pública. O texto segue para a Câmara dos Deputados.

Confira abaixo o desempenho das ações que movimentaram o noticiário corporativo desde o fechamento do pregão de ontem.

- Oi (SA:OIBR3) e BTG

As ações ordinárias da Oi, com maior volume de negociação, sobem 1,28% a R$ 1,58, enquanto as preferenciais têm alta de 0,83% a R$ 2,44. O noticiário de interessados em ativos da tele em recuperação judicial, que se arrasta desde 2016, continua a todo vapor.

A empresa latino-americana de redes de fibra óptica Ufinet, controlada pela Enel (MI:ENEI) e pela firma de private equity Cinven, fez uma oferta não vinculante para a unidade de fibra do Oi, disseram duas fontes familiarizadas com o assunto a Reuters. A Oi pretende vender até 51% de sua participação na divisão para financiar sua expansão.

Além da Ufinet, um fundo de infraestrutura administrado pelo Banco BTG Pactual (SA:BPAC11) e a Highline do Brasil, uma empresa do portfólio da empresa de private equity Digital Colony, também estão entre os concorrentes da unidade de fibra da Oi, disseram fontes. Uma reportagem da revista Exame nesta semana disse que qualquer acordo com a InfraCo poderia envolver cerca de R$ 11,5 bilhões, incluindo um aumento de capital.

As ações do BTG são negociadas com baixa de 0,88% a R$ 88,85.

Além disso, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu ontem que a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) não tem preferência sobre outros credores no plano de recuperação judicial. A Oi deve à Anatel mais de R$ 11 bilhões relativos a multas e outras penalidades impostas pela autarquia ao longo dos anos por descumprimentos de normas do setor.

- Bancos

As ações dos bancos operam com queda após o Senado aprovar o tabelamento de juros do cartão de crédito durante a pandemia. As ações do Itaú Unibanco (SA:ITUB4) caem 1,38% a R$ 25,67, as preferenciais do Bradesco (SA:BBDC4) perdem 0,96% a R$ 21,76, as do Santander Brasil (SA:SANB11) recuavam 1,65% a R$ 29,13 e as do Banco do Brasil (SA:BBAS3) tinham baixa de R$ 1,05% a R$ 33,99.

Além disso, os quatro maiores bancos listados do Brasil deram meses de prazo extra para consumidores e empresas pagarem R$ 235 bilhões em empréstimos pendentes, como resultado de medidas para compensarem os impactos da pandemia de Covid-19 no país. Os empréstimos sujeitos aos programas de prorrogação, que variam de 13% da carteira do Santander Brasil (SA:SANB11), 12,75 do Bradesco, 11,6% do Banco do Brasil e 10% do Itau Unibanco, são indicadores de possíveis inadimplências futuras.

O Bradesco também respondeu um ofício enviado pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM), motivado por matéria do Valor Econômico, informando que ainda está em conversas iniciais sobre uma oferta ou venda da bandeira de cartões Elo. O banco afirmou que "está sempre atento a oportunidades de negócios e investimentos".

- Intermédica

As ações do grupo Notre Dame Intermédica (SA:GNDI3) avançavam 1,30% a R$ 71,49. A companhia divulgou balanço com lucro líquido de R$ 223,4 milhões no segundo trimestre, mais do que dobrando o resultado de um ano antes, de R$ 89,6 milhões de reais, em período marcado por crescimento de receitas e margens, além da conclusão de algumas aquisições. O resultado ficou acima da previsão do mercado de R$ 154, 42 milhões, de acordo com dados da Refinitiv.

- Multiplan (SA:MULT3)

Os papéis da administradora de shopping caem 1,36% a R$ 23,29, após reportar queda de 39% no lucro do 2º trimestre. A companhia registrou lucro líquido de R$ 70,8 milhões.

-BK Brasil (SA:BKBR3)

A rede de fast-food subiam 2,37% a R$ 10,82. A companhia registrou prejuízo no segundo trimestre, impactada pelas medidas de isolamento social. A companhia teve perdas líquidas de R$ 186,7 milhões.

- Tenda (SA:TEND3)

A construtora opera em alta de 0,27% a R$ 33,54. O lucro da empresa reduziu 44,8% no segundo trimestre, para R$ 40,3 milhões.

- Wiz (SA:WIZS3)

As ações da seguradora caíam 0,48% a R$ 10,27. Os investidores monitoram a aquisição de 40% da corretora de seguros do Banco BMG (SA:BMGB4) por R$ 89,9 milhões.

Além disso, a empresa teve queda de 37% do lucro líquido no segundo trimestre, registrando ganhos de R$ 34 milhões.

- BMG

Além da venda de participação de sua corretora de seguros a Wiz, o banco BMG divulgou balanço ontem após o fechamento. A instituição mineira teve um lucro líquido de R$ 101 milhões no segundo trimestre, alta de 4%, mas abaixo da estimativa do mercado de R$ 367,13 milhões.

As ações do banco são negociadas em alta de 4,61% a R$ 5,45.

- Ser (SA:SEER3)

As ações da Ser saltam 4,08% a R$ 15,80. A companhia educacional informou aquisição da Facimed, de Rondônia, por R$ 100 milhões.

(Com contribuição de Reuters e Estadão Conteúdo)

Relacionadas

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Helmuth Strobel
Helmuth Strobel

Kd a notícia da mulher do presidente miliciano? kd ? Maia Rbo preso... 50 pedidos de impeachment no colo. A casa desses vagabundos e milicianos vai cair um dia. O Bozo e a Michequi vão juntos  ... (Leia Mais)

07.08.2020 23:46 GMT· Responder
jonatas souza
jonatas souza

Exterior subiu uai kkk  ... (Leia Mais)

07.08.2020 23:46 GMT· Responder
Jake Dolar
Jake Dolar

"Vamos tabelar os juros do cartão de crédito, os bancos malvados irão parar de explorar as pessoas inocentes". Falou o político que governa um país com 60% da população em estado de inadimplência, com uma das taxas mais baixas do mundo de recuperação de crédito inadimplente, além de ter um sistema bancário dominado por 5 bancos. É brincadeira. A você, que não tem histórico bancário forte o bastante para justificar uma taxa de juros tão baixa, sinto muito, mas seu cartão será bloqueado, e você perderá acesso ao crédito. Milhões de pessoas quem pagam suas contas em dia serão penalizadas pela irresponsabilidade de políticos que acham ser deuses, podendo comandar o mundo na base da canetada. A única saída para esse país lixo e o aeroporto mesmo...  ... (Leia Mais)

07.08.2020 16:28 GMT· Responder
Mamoru Uehara
Mamoru Uehara

não é Eneel é Enel ...   ... (Leia Mais)

07.08.2020 14:31 GMT· Responder
Coelho Lucio
Coelho Lucio

quem precisa de inimigo quando tem o 5TEEFE, a CAMA DOS DEPUTA DOS E O CENADA  ... (Leia Mais)

07.08.2020 14:29 GMT· Responder
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 简体中文 繁體中文 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+

Baixe o aplicativo do Investing.com

Receba gratuitamente cotações, gráficos e alertas em tempo real sobre ações, índices, moedas, commodities e títulos. Acesse gratuitamente as melhores análises e previsões técnicas.

Investing.com é melhor no App!

Mais conteúdo, cotações e gráficos mais rápidos e uma experiência melhor estão disponíveis apenas no aplicativo.

';