Ibovespa hesita após superar 102 mil pontos, mas caminha para semana positiva

Ibovespa hesita após superar 102 mil pontos, mas caminha para semana positiva

Reuters  | 23.10.2020 11:41

Ibovespa hesita após superar 102 mil pontos, mas caminha para semana positiva

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - O Ibovespa não mostrava uma tendência clara nesta sexta-feira, quando voltava a flertar com os 102 mil pontos, caminhando para mais uma semana positiva, com a temporada de balanços ganhando fôlego nos próximos pregões.

Às 11:20, o Ibovespa (BVSP) caía 0,25 %, a 101.657,85 pontos. O volume financeiro era de 6,4 bilhões de reais.

Na terceira semana de alta, o Ibovespa já acumula elevação de 3,4%. Em outubro, o ganho alcança cerca de 7,5%.

"Mesmo diante de um noticiário - político e econômico - negativo, a B3 (SA:B3SA3) vem surpreendendo em outubro", observou a equipe da corretora Planner, em relatório a clientes.

Para agentes financeiros, o patamar bastante baixo da taxa básica de juros e perspectivas de que o pior dos efeito da pandemia de Covid-19 nas empresas ficou para trás corrobora a migração para as ações.

Nos Estados Unidos, os pregões também mostravam alguma volatilidade, enquanto permanece a expectativa sobre mais estímulos fiscais, embora as negociações não tenham ainda apresentado nenhum avanço efetivo.

"A chance de aprovação de um pacote de estímulo antes da eleição presidencial está ficando mais distante. A discussão não tem avançado e existe resistência dos dois lados (democratas x republicanos) no Senado", observou a Planner.

DESTAQUES

- VALE ON (SA:VALE3) recuava 0,76%, acompanhando o declínio dos preços do minério de ferro na China, com o setor de mineração e siderurgia na bolsa como um todo mais fraco nesta sessão. A Vale reporta balanço na próxima semana.

- QUALICORP ON (SA:QUAL3) perdia 2%, mais uma vez na ponta negativa, um dia após a sede da empresa ser alvo de busca e apreensão pela Polícia Federal em investigação que envolve, entre outros pontos, sonegação tributária.

- JBS ON (SA:JBSS3) cedia 2,09%, em sessão negativa para o setor de proteínas no Ibovespa, apesar da alta do dólar ante o real (BRBY), com MARFRIG ON (SA:MRFG3) recuando 1,98% e MINERVA ON (SA:BEEF3) perdendo 0,53%.

- BRADESCO PN (SA:BBDC4) avançava 1,45%, oferecendo algum suporte ao Ibovespa, em semana marcada por recuperação de bancos com a temporada de balanços no setor começando na próxima semana. ITAÚ UNIBANCO PN (SA:BBDC4) subia 0,89%.

© Reuters. .

- PETROBRAS PN (SA:PETR4) mostrava estabilidade, enquanto PETROBRAS ON (SA:PETR3) cedia 0,29%, em meio à fraqueza dos preços do petróleo no exterior. A companhia também divulga balanço na próxima semana.

- AREZZO ON (SA:ARZZ3), que não está no Ibovespa, disparava 10,48%, após anunciar acordo de combinação de negócios com a rede de moda Reserva, que foi avaliada em 715 milhões de reais na transação.

Relacionadas

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Diego Ribeiro
Diego Ribeiro

suporte bancário mais nada  ... (Leia Mais)

23.10.2020 17:42 GMT· Responder
Cleber Neves
Cleber Neves

daí os bancos começam a correção e seu PM que estava tao perto começa a ficar taaaaao longe :/  ... (Leia Mais)

23.10.2020 17:06 GMT· 4 · Responder
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 简体中文 繁體中文 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+

Baixe o aplicativo do Investing.com

Receba gratuitamente cotações, gráficos e alertas em tempo real sobre ações, índices, moedas, commodities e títulos. Acesse gratuitamente as melhores análises e previsões técnicas.

Investing.com é melhor no App!

Mais conteúdo, cotações e gráficos mais rápidos e uma experiência melhor estão disponíveis apenas no aplicativo.

';