Ibovespa recua com apreensão sobre aumento em mortes e casos de coronavírus na China

Ibovespa recua com apreensão sobre aumento em mortes e casos de coronavírus na China

Reuters  | 13.02.2020 12:41

Ibovespa recua com apreensão sobre aumento em mortes e casos de coronavírus na China

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - O Ibovespa recuava mais de 1% nesta quinta-feira, refletindo o sentimento global mais negativo após aumento recorde no número de novas mortes provocadas pelo coronavírus e milhares de novos casos da doença, enquanto Suzano (SA:SUZB3) descolava do viés de baixa e saltava 4,5% tendo no radar resultado trimestral e estimativas.

Às 12:34, o Ibovespa caía 1,41 %, a 115.031,81 pontos. O volume financeiro somava 7,997 bilhões de reais.

A queda vem após o Ibovespa avançar nos dois pregões anteriores, acumulando no período ganho de 3,65%.

Autoridades de saúde de Hubei, província chinesa epicentro do surto do novo coronavírus, disseram que 242 pessoas morreram por causa do vírus na quarta-feira, o crescimento mais acentuado na contagem diária desde que o patógeno foi identificado em dezembro, após mudança no método de diagnóstico.

Isso levou o número total de mortos por causa do recém-descoberto vírus na China para 1.367, um aumento de 254 em relação à véspera, disse a Comissão Nacional de Saúde.

Como resultado, outros 14.840 novos casos foram registrados na província na região central do país nesta quinta, contra 2.015 novos casos nacionalmente na véspera. Cerca de 60 mil pessoas foram infectadas pelo vírus, a vasta maioria na China.

"Notícias do coronavírus seguem trazendo volatilidade aos mercados", destacou a Elite Investimentos em nota a clientes, observando maior aversão a risco nos mercados no exterior em razão das últimas novidades.

DESTAQUES

- VALE ON (SA:VALE3) caía 2,6%, em sessão de ajustes, contaminada pelo viés negativo no exterior, apesar da alta dos preços do minério de ferro na China. No setor de mineração e siderurgia, CSN ON (SA:CSNA3) perdia 3,4%, GERDAU PN (SA:GGBR4) recuava 2,4% e USIMINAS PNA (SA:USIM5) cedia 0,9%.

- PETROBRAS PN (SA:PETR4) e PETROBRAS ON (SA:PETR3) perdiam 1,3% e 2,3%, respectivamente, também refletindo a maior aversão a risco, descolando do movimento positivo dos preços do petróleo no exterior.

- BANCO DO BRASIL ON (SA:BBAS3) recuava 0,9%, após resultado do quarto trimestre de 2019, com crescimento de 20% no lucro líquido recorrente frente ao mesmo período do ano anterior, além de projeções para 2020. O presidente do banco disse que o retorno sobre o patrimônio (ROE) deve ficar acima de 18% neste ano. No setor, BRADESCO PN (SA:BBDC4) e ITAÚ UNIBANCO PN caíam 2% ambos.

- EMBRAER ON (SA:EMBR3) cedia 2,4%, também entre as maiores quedas do Ibovespa. O Ministério Público Federal (MPF) apresentou recurso para que o Tribunal do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) analise novamente a operação de venda do controle da divisão de aviação comercial da companhia para a norte-americana Boeing, que havia sido aprovada sem restrições por decisão do superintendente-geral da autarquia.

- SUZANO avançava 4,5% mesmo após divulgar queda no lucro líquido do quarto trimestre, para 1,175 bilhão de reais de outubro a dezembro, uma vez que ficou em linha com expectativa média de analistas compilada pela Refinitiv de 1,77 bilhão. A empresa também atualizou projeções sobre sinergias com a Fibria (SA:FIBR3), entre outras, assim como estimou potencial crescimento da demanda de papéis tissue em razão da crise sanitária com o surto de coronavírus na China.

(Edição de José de Castro)

Relacionadas

Últimos comentários

Adicionar comentário
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Hudson Batista
Hudson Batista

interessante q TDS mercados subiram, inclusive na China, e parece q só aqui se preocupa com vírus....  ... (Leia Mais)

14.02.2020 12:53 GMT· Responder
Bruno Ben
Bruno Ben

bobagem pé de pano..  ... (Leia Mais)

14.02.2020 10:40 GMT· Responder
Zé Luís
Zé Luís

Estranho é que o economista chefe de uma das maiores bolsas mundiais diz exatamente o oposto... as apreensões com os impactos do corona vírus dimuiram... Tanto que os principais índices mundiais subiram... e aí?!?! Certeza que a culpa é do virus?!   ... (Leia Mais)

13.02.2020 21:29 GMT· Responder
Edson Silva
Edson Silva

Se as importações da China afundarem vai ser bom para os brasileiros.. a maior parte, a que não é dona de terra! Queremos indústria de volta!!!  ... (Leia Mais)

13.02.2020 19:57 GMT· Responder
Cezar Pilatti
Cezar Pilatti

E a desculpa mais esfarrapada para a manipulacao do mercado pelos donos do mercado de acoes no Brasil   ... (Leia Mais)

13.02.2020 19:56 GMT· Responder
Nardes
Nardes

/comissao-do-senado-aprova-proibicao-de-venda-de-automoveis-a-combustiveis-fosseis-em-2030/  ... (Leia Mais)

13.02.2020 18:43 GMT· 1 · Responder
Wagner David
Wagner David

Bolsa cai = investidores apreensivos com mortes causadas pelo corona vírus, bolsa sobe = investidores não vêem corona vírus com tanta preocupação, bolsa cai....bolsa sobe...etc.. a faça me o favor, fala logo que a bolsa segue um padrão de um jogo de manipulações, se está em tendência de alta seguirá os canais e ondas de alta, e baixa o mesmo padrão, ou é topos e fundos ascendentes, ou é topos e fundos descendentes...fim  ... (Leia Mais)

13.02.2020 18:38 GMT· 2 · Responder
Wagner David
Wagner David

Bolsa cai, investidores apreensivos com mortes pelo corona vírus, bolsa sobe, investidores não vêem corona vírus com tanta preocupação, bolsa cai....bolsa sobe...a faça mil favor , fala logo que a bolsa segue um padrão e que é um jogo de manipulações  ... (Leia Mais)

13.02.2020 18:35 GMT· Responder
Francisco Amaral
Francisco Amaral

Vocês já perceberam que sempre que a bolsa sobe tem um vírus de plantão, esta é a isca dos Tubarões para pegar os peixinhos desavisados.   ... (Leia Mais)

13.02.2020 17:51 GMT· 2 · Responder
Trump Trade r
Trump Trade r

Só falta o “ploc” para essa BOLHA estourar ; )  ... (Leia Mais)

13.02.2020 17:10 GMT· 8 · Responder
Ronaldo Siqueira
Ronaldo Siqueira

Esse vírus é só um resfriado que mata gente já enfraquecida. Vai dar em nada. Fiquemos comprados.   ... (Leia Mais)

13.02.2020 17:05 GMT· 1 · Responder
Hygor Meireles
Hygor Meireles

Os leigos sempre caem nas mídias de manipulação do mercado. Soltam notícias sem fundamento nenhum pras sardinhas mão de alface venderem suas ações no prejuízo e eles comprarem mais barato e lucrarem milhões. Por isso apenas 10% das pessoas lucram...  ... (Leia Mais)

13.02.2020 16:55 GMT· 1 · Responder
Tiago Santiago
Tiago Santiago

só tem investidor arregao. qualquer notícia é já saem correndo vender  ... (Leia Mais)

13.02.2020 16:47 GMT· 1 · Responder
claubher Nascimento
claubher Nascimento

Mesma ladainha de sempre.  ... (Leia Mais)

13.02.2020 16:30 GMT· Responder
Eduardo Engel
Eduardo Engel

Números manipulados pelo partido comunista chinês... vc confia?   ... (Leia Mais)

13.02.2020 16:29 GMT· Responder
Eduardo Engel
Eduardo Engel

Concordo... é a festa dos tubarões comendo sardinhas. Esse vírus tem uma taxa de letalidade muito baixa até o momento. Propagação e taxa de mortalidade é o que importa.   ... (Leia Mais)

13.02.2020 16:26 GMT· Responder
Gustavo Marroni
Gustavo Marroni

Ontem teve corona vírus pra caramba e não abaixou a bolsa, pelo contrário. Isso é tudo especulação pra tubarão ganhar dinheiro de sardinha mão de alface  ... (Leia Mais)

13.02.2020 16:09 GMT· 2 · Responder
ANDRÉ CAMPOS
ANDRÉ CAMPOS

Quanta bobagem publicada  ... (Leia Mais)

13.02.2020 16:02 GMT· 1 · Responder
Discussão
Escrever uma resposta...
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.

Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas neste site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos neste site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos neste site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.

English (USA) English (UK) English (India) English (Canada) English (Australia) English (South Africa) English (Philippines) English (Nigeria) Deutsch Español (España) Español (México) Français Italiano Nederlands Português (Portugal) Polski Русский Türkçe ‏العربية‏ Ελληνικά Svenska Suomi עברית 日本語 한국어 中文 香港 Bahasa Indonesia Bahasa Melayu ไทย Tiếng Việt हिंदी
Sair
Tem certeza de que deseja sair?
NãoSim
CancelarSim
Salvando Alterações

+

Baixe o App

Mais informações sobre o mercado, mais alertas, mais opções de personalizar seus ativos em sua carteira, apenas pelo App